Rosana Hermann

29 de abril de 2014 às 20h35

Não faça isso na sua formatura

Diploma não é nada.
Noção é tudo.

Estava no LiveLeak. Um cara viajandão no LSD, cruzando o deserto, faz um selfie em vídeo totalmente fora da casinha.

feitas por um drone

viaArkansas Tornado Damage Aerial Video 4-27-2014 - YouTube.

28 de abril de 2014 às 21h39

Indiquei o Streem. Vamos ver no que dá.

Rosana Indica serviço Streem que promete espaço na nuvem ilimitado - Vídeos - R7.

Saí de casa, de jeans e camiseta, sem maquiagem, sem pentear o cabelo, de óculos e assim gravei. Queria experimentar. Agora já posso me arrepender. AAHAHAHAH

28 de abril de 2014 às 17h45

Famosos comendo bananas – veja quem comeu

Certeza que você já viu um mirante, aquele lugar de onde se tem uma linda vista. Mirante chama mirante porque é de lá que a gente mira. Mira, de mirar o alvo, de apontar o olhar para algum lugar. Admirar vem do latim é quer dizer olhar para, dirigir, direcionar o olhar para algo que nos chama a atenção, nos surpreender.

Admirar algo ou alguém é olhar para este objeto ou pessoa com olhos maravilhados.

fh7MCVj A diferença entre inveja, recalque e admiração

Quando a gente sente admiração por alguém sentimos  amor feliz, torcemos por ela, tem osorgulho dela mesmo sem motivo ou proximidade.  Admiração é uma coisa que a gente DÁ para o outro. Admiração não tem nada a ver com inveja.

Inveja pode fazer cosplay de admiração, porque socialmente ninguém admite ser invejoso. Mas se a admiração faz bem pra quem admira e pra quem é admirado, a inveja faz mal pros dois. Faz mal pro invejado porque é um pequeno furto de energia e faz mal pra quem sente a inveja porque é  a inveja é intoxicante.

"Ah, mas tem inveja boa, inveja branca". Não, não tem. O que tem é uma dificuldade da gente aceitar esse sentimento ruim porém humano de inveja e que nos faz criar eufemismos de intenção suspeita como 'inveja branca'.

Se na admiração você apenas CELEBRA o que o outro é ou tem, tem querer ter pra si, na INVEJA você quer que o outro DEIXE de ter ou ser o que tem ou é. Diferente, por sua vez da cobiça. Cobiçar é querer ter o que o outro tem, ser o que o outro é. Invejar é querer DESTRUIR o que o outro tem, DESTRUIR o que outro é, simplesmente porque a pessoa não se conforma de não ser o o que o outro é, ter o o que o outro tem!

E, como tudo evolui, até Pókemon, a inveja se socializou, evoluiu e virou o recalque.

Mas o recalque é um pouco diferente da inveja.

Digamos que a inveja é mais teórica e o recalque, prático.

A inveja arquiteta, o recalque tira satisfações. O recalque é a inveja fazendo barraco.

I7w1ewm A diferença entre inveja, recalque e admiração

O recalque é histérico é genérico, é a virose da inveja.

A inveja é o lixo e o recalque é o chorume.

O recalque é o subproduto industrial de tudo que há de pior, porque o recalque frequenta redes sociais com ousadia. Tudo o que ele não tem, não pode, não é e nunca será ele despreza, zomba, humilha e tenta destruir.

Se a vaca comesse a inveja, o que ela deixaria no chão seria justamente isso, o recalque.

Viver de recalque, que bosta.

 

 

 

Uma brincadeira no Twitter que gerou várias recomendações

27 de abril de 2014 às 16h24

Melhor bolo do mundo: vulcão em erupção!

Eu estava procurando vídeos de vulcão e achei esse bolo.
Sensacional!

E achei outros relacionados:

E isso?? Senhoooo!

26 de abril de 2014 às 08h16

Hoje tem Programa da Sabrina!

Gosto tanto da Sabrina, torço tanto por ela! Conhecida por 97% do Brasil e adorada por 100%, Sabrina estreia hoje seu programa na TV. Além de ter ganhado autonomia, de ter firmado seu status de estrela, Sabrina está realizando um sonho e conquistando sua liberdade.

Esta noite estarei ali, no sofá da sala, numa noite friazinha, sendo aquecida pelo sol de Sabrina.

Vai lá brilha, querida!

Sabrina Sato fala sobre a expectativa da estreia de seu programa: “O nervoso que me dá é de emoção” - Entretenimento - R7 Famosos e TV.

O Adnet é um gênio. E olha que digo isso muito raramente.

Suas primeiras incursões na Globo não deram certo, mas não por culpa dele e sim da inadequação dos programas em que ele foi colocado. Primeiro como ator naquele seriado do Dentista Mascarado. Depois, fazendo quadros de arquivo no Fantástico. Adnet é árvore de grande porte, precisa de muito espaço, sol, ar, água e liberdade para fincar raízes e criar copa sombreada. Finalmente ele conseguiu.

O programa Tá no Ar na TV é incrivelmente criativo. E bem realizado. E bem escrito. Tem coisas que não gosto muito, como as piadas construídas a partir de trocadilhos sonoros. Como o cartão de crédito YanoMoney (trocadilho sonoro de Yanomani com money). Mas isso é mínimo e de gosto pessoal, diante das coisas maravilhosas que temos visto, como o Jardim Urgente (foca pra mim), o zapping, o incrível Militante Revoltado que me faz rir sempre que lembro.

E ontem teve o GENIAl clip de propaganda eleitoral gratuita. O Adnet não apenas cria, representa, escreve, mas canta e faz letras perfeitas. Perfeitas.

O clip está neste link.

frame 450x275 Clip final do programa do Adnet: não é original, mas é genial

Mas a ideia não é original (a letra, o clip, evidentemente são originais porque ele escreveu, digo a ideia). Me lembrou na hora desse vídeo do YouTube:

 


Que por sua vez foi a aplicação política de outro vídeo com Rafinha Bastos.

Que por sua vez foi a versão nacional da talvez original ideia da Reportagem Genérica da BBB que publiquei

num post aqui no blog em 2010 . O vídeo que publiquei foi tirado do ar, mas o Daniel Guth mandou outro link no Twitter.

 

 

Então é isso. Tudo é remix, todo mundo é influenciado por tudo e cada um vai tentando fazer melhor e mais adaptado.

E a essa adaptação dá-se o nome de evolução.

O humor de Adnet e Melhem não é 100%original, não veio do zero, veio de tudo o que já foi feito.

O humor de Adnet não é revolucionário. É melhor, é evolucionário.

 

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com