Rosana Hermann

Cliquei num link e fui parar numa página do jornal O Globo, com sua linda 'imagem do dia'.

bogjrsH Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

O texto é um tanto quanto redundante e o crédito da imagem é bem questionável. Se é a imagem do dia, por que não procurar o fotógrafo que FEZ a imagem?

Mas vamos para o texto abaixo da imagem:

TMkRnNz Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

A escada é essa que aparece na foto? Não dá pra vê-la melhor? Tem foto do monge? E das ruínas bizantinas? Não seria melhor usar 'mudou-se' em vez de 'se mudou'?  Não entendi a ideia de 'passou a usar o local como lar mesmo'. Lar não é justamente o lugar que a gente escolhe pra morar, seja um mosteiro ou estábulo? Sentir a presença de D'us é o mesmo que 'ficar pertinho do céu' ? Foi por isso que o monge escolheu esse lugar?

Saí em busca de respostas para tantas informações que não foram explicadas ou ilustradas.. Sim, eu entendo que pra vocês é só uma imagem do dia. Mas resolvi usá-la para mostrar como se faz um post num blog, a partir de uma informação e muita vontade de clicar pra pesquisar e aprender. Antes de mais nada quero agradecer a oportunidade de ter aprendido tanto por causa dessa imagem. Bem-vindo.

 

1. OS ESTILITAS

Em tempos de Fashion Week a gente lê 'estilitas' e vai logo achando que é um erro ortográfico. Não é. Fui ver na Wikipedia. Estilita vem do Grego, STYLOS, pilar. Estilitas eram os Santos do Pilar, ascetas cristãos  dos primeiros anos do Império Bizantino que, para evitar as tentações mundanas, viviam em cima de pilares, pregando, jejuando e rezando. O primeiro estilita teria sido "Simeão Estilita, o Velho, que subiu num pilar na Síria em 423 d.C. e lá permaneceu até morrer, trinta e sete anos depois."

Além de pilares construídos, os estilitas também escolhiam lugares altos, pilares naturais,. O Katskhi Pillar é um monolito  na Geórgia, no vilarejo de Katskhi perto da ciade de Chiatura.  O Pilar sempre foi venerado por moradores da região embora estivesse desabitado até 1400. Uma ossada de 600 anos foi descoberta no alto da pedra por montanhistas liderados por Alexander Japaridze que chegaram ao topo pela primeira vez em séculos, em 1944, numa expedição documentada. Além dos ossos do provável 'último estilita', foram encontradas ruínas de uma igreja.  

A primeira pergunta é...e como construíram uma igreja lá em cima?

 

2. O KATSKHI PILLAR

bnvqirF Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

Esta foto dá uma boa ideia do isolamento do Katshki Pillar, que tem 40 metros de altura. Para chegar ao topo é preciso subir uma escada,  um tanto quanto inóspita e assustadora, especialmente para quem tem fobia de altura como eu.  Demora 20 minutos pra descer a escada toda. Não sei quanto tempo demora pra subir, acho que depende do fôlego. 

XyHU1pK Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

 

Há também um sistema de cordas e roldanas para içamento.

 

soXNx9M Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

Pensei em flipar a foto pras cordas ficarem no eixo correto, mas ia inverter os créditos icon smile Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

BSP1rhB Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

 

E a chegada de suprimentos sendo recebida lá no alto

ml511FW Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

 

A redescoberta em 1944 reviveu o Pilar. Entre os anos de 2005 e 2009 o mosteiro construído no alto foi restaurado com ajuda da National Agency for Cultural Heritage Preservation of Georgia.[3] .

 

3.  O MONGE

MHUcSMe Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

Maxime Qavtaradze nasceu em Chiatura, em 1954. Em sua juventude, segundo ele conta, viveu uma vida de muito álcool, drogas, chegou a ser traficante e acabou preso. Depois de sair da prisão, resolveu mudar de vida. Em 1993, aos 39 anos, resolveu aceitar os votos de monge e subiu ao pilar para viver sua nova vida.  Ou seja, deixou sua vida de etilista para tornar-se um estilita. Há vinte anos ele mora lá no alto, sozinho, mas conta com a ajuda de amigos e discípulos. 
Veja também o trailer do documentário sobre o Estilita moderno, Upon this Rock, que foi crowdfunded e terminado.


Tem também um vídeo bem bom (só não dá pra entender nada), onde podemos ouvir a voz do monge e vê-lo na escada.

E assim poderíamos continuar pesquisando e publicando tudo o que já foi dito, mostrado, esclarecido sobre o Monge, o Pilar e tudo mais.

A foto realmente é linda, O Globo, e é do fotógrafo Amos Chapple, profissional conhecido por fazer fotos de incontáveis cidades do mundo . Bota no crédito, por favor, em vez de 'reprodução da Internet'. A pauta de vocês é 'imagem do dia', portanto, não faz sentido escolher uma foto e não publicar o crédito.

KwENNz1 Prezado O Globo: deixa eu te explicar como se faz um post

 

Links

http://lasmonedasdejudas.wordpress.com

The sun

Daily Mail

Fotos de Amos Chaplle

Huffington Post

 

 

CSJVkAt Turista de 23 anos cai da ponte e morre ao tentar fazer selfie
Dá até uma tristeza de ver a foto da moça.

A turista polonesa Sylwia Rajche, de 23 anos, estava passando férias na Espanha, as 'férias de seus sonhos'. Ao tentar fazer uma selfie na ponte de Triana, em Sevilha, ela escorregou, caiu de uma altura de 7 metros e morreu.

4KpC9J2 Turista de 23 anos cai da ponte e morre ao tentar fazer selfie

Não, ninguém vai condenar a moça, a 'selfie', a ponte, a Espanha por essa tragédia. Vale só para lembrar o quanto a vida é frágil.

Aproveite o dia, cuide-se bem.

fonte original:

Polish tourist dies while snapping 'selfie' - NY Daily News.

4 de novembro de 2014 às 17h04

A chave do sucesso

A chave do sucesso não é a genialidade. Nem o talento. Ou a sorte.
O talento fazia sucesso na era do rádio, quanto cantor tinha que cantar bem.
A sorte é necessária pra chegar, mas pra ficar no sucesso é preciso mais que isso.

Hoje, com a Internet, a chave do sucesso é a representatividade.
Se você representa muita gente, você fará sucesso inevitavelmente.

Quem você representa?
Se o grupo que você representa for grande, você fará muito sucesso.

O problema é justamente encarar a realidade do mundo.

Pra você, como é a 'massa' do mundo? Como é o humano dessa grande humanidade? Inteligente? Sedento de cultura? Carente? Simplório? Tonto?

Descubra sua resposta!
Porque eu, ainda não tenho certeza, não.  

 

 

 

3 de novembro de 2014 às 13h58

Uma lista de coisas que Amamos Odiar

31 de outubro de 2014 às 19h14

Uma entrevista sobre jornalismo na era digital

Fui entrevistada pelo José Luiz Goldfarb pra um programa da PUC, o Nova Stella.
Aqui está o vídeo.

ah, e teve um programa anterior

30 de outubro de 2014 às 10h57

61 Ferramentas para Social Media

vi esse tweet, entrei no site, usei a lista.

Tem muita coisa que a gente já conhece, mas é tão bom ver tudo reunido num lugar s´!

61 Best Social Media Tools for Small Business.

 

Em tempo, usei o Social Rank e achei ótimo. Ele enumera, por exemplo, seus seguidores 'mais valiosos'. Tem pesquisa por palavras na Bio também. Aí você pesquisa, por exemplo, 'jornalistas'. Ele faz uma lista e você exporta a lista direto pro seu Twitter.

 

MUITO BOM!

30 de outubro de 2014 às 10h45

Peça pela versão desktop

Tem coisas que mudam a vida da gente.

Eu, por exemplo, me incomodava muito quando abria uma página no chrome do celular e encontrava a versão 'mobile', muito feia e diferente do que estava procurando.

Até que alguém me deu o 'toque'. Quando você abre o chrome no celular ele vai, automaticamente, para a versão móvel. Veja o r7.com, por exemplo

IMG 0038 360x640 Peça pela versão desktop

Mas a solução está perto dos olhos e do coração, no Chrome mesmo. Bem ali no ícone com aquelas 3 linhas,

 

IMG 4295 360x640 Peça pela versão desktop

Abra o menu no icone das linhas do Chrome e vá pra baixo até encontrar Request Desktop Site

IMG 4296 360x640 Peça pela versão desktop

E ai, a versão do desktop aparece no seu celular

 

IMG 4297 360x640 Peça pela versão desktop

 

Se isso for óbvio e você já sabia, desculpe.

Se foi útil, de nada!

 

UPDATE - o Pedro avisa que no Safari também dá pra fazer!

 

29 de outubro de 2014 às 15h50

Ideias gráficas

nbdOkQC Ideias gráficas

Bela maneira de aprender os nomes dos ossos.
Deveria ser usado em sala de aula!

Fonte

29 de outubro de 2014 às 15h35

AHAHAHAH Demais, demais! Meias “Sushi”

OC2F5JS AHAHAHAH Demais, demais! Meias Sushi

clique e veja QUANTAS opções para suas meias estilo Sushi.

Sushi Socks.

 

 

Links - O livro na Amazon

A capa

sBvE7l9 O que é o que é? ou ninguém quer perder a discussão nas redes

 

Posts Relacionados

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com