Rosana Hermann

20 de julho de 2015 às 15h37

>—> Verão, mar e a brisa de Estoril

Estoril from rosana on Vimeo.

Verão em Portugal

Cheguei hoje de madrugada em Lisboa e vim para Estoril. Depois de muitos passeios e pés exaustos, estamos de volta no nosso estúdio alugado. Aqui alguns minutos do Periscope no final da tarde à beira=mar.

18 de julho de 2015 às 09h25

>—–>As coisas que eu não

Sempre que alguém me pergunta se eu vi alguma coisa que não vi, sinto um pequeno tremor de vergonha que me estimula a procurar e conhecer a obra em questão.

Sempre que alguém me pede pra fazer algo que não sei fazer, sinto um pequeno abalo sísmico de medo que me estimula para tentar aprender e fazer a tarefa em questão.

O que não si, não vi,não conheço, é por isso que me interesso.

Bom dia.

Fiz um periscope e subi o vídeo vertical pro Vimeo. Espero que seja útil. icon smile >   > Fãs de vlogs ou fãs de vlogueiros? Pensando a comunicação

Video 15-07-15 8 48 33 PM from rosana on Vimeo.

 

PS - quando subir pro vimeo eu troco, por enquanto vai com tarja preta no youtube

Eeeeeee Sexy lady!

Queria muito saber quanto esse vídeo do YouTube reverteu em grana. Mera curiosidade.

Fato é que Gangnam Style foi publicado no dia 15 de julho de 2012 e 3 anos depois ele ainda é o vídeo mais visto da história do YouTube.

 

gangnamstyle 640x571 >>   >> 15 de julho: 3 anos depois Gangnam Style de Psy ainda é o +visto da história do YouTube

Dois bilhões, trezentos milhões e mais um monte de views.

E o mais incrível, ninguém previu nem explicou por quê tanto sucesso.

Essa é a graça. O sucesso imprevisível, sem fórmula, incompreensível.

Acontece apenas. Como a chuva, a avalanche, o tsunami, o sereno.

E qual o segundo vídeo mais visto?

 

Bom, você pode clicar aqui e ver a lista dos 30 mais vistos até hoje. 

 

 

Só sei que esse vídeo passa todo dia na tela da academia.
icon smile >    > O vídeo é antigo, mas é muito legal. Já copiaram no Brasil?

8 de julho de 2015 às 16h24

>—> Feijão no pote de sorvete

Publiquei meu primeiro livro em formato ebook, na Amazon.

É o volume I de uma coleção chamada "Dicas pra Vida". O título é "Feijão no pote de sorvete" e conta histórias reais de soluções que conheci ou inventei para melhorar o dia a dia ou resolver problemas cotidianos.

O livro está à venda na Amazon e o link mais fácil para lembrar é o do encurtador Bi.ly :

bit.ly/feijaonopote

Entrando na Amazon você vai encontrar essa página:

 

feijaonopote 640x247 >   > Feijão no pote de sorvete

 

Se você tem Kindle é só comprar e baixar. Se você quiser comprar um Kindle, use esse link.
Se você tem outro tipo de e-reader, pode comprar, baixar e, se precisar, converter pra outro formato.

MAS VOCE NAO PRECISA TER KINDLE OU E-READER PRA LER O LIVRO!

É só baixar o aplicativo gratuito do Kindle pro seu tablet, celular e tudo mais!
Os aplicativos (apps) do Kindle são gratuitos, clique aqui.

Você também pode ler no PC, no Mac, do jeito que quiser.

Por enquanto obrigada.

Mande suas dicas e descobertas pra mim, assim e incluo na próxima edição.

<3

 

 

2 de julho de 2015 às 09h34

>—-> Você vem do meu planeta?

Enquanto você lê essas linhas, uma mulher está abraçando seu bebê que acabou de nascer no Quênia. Mas uma menina em Serra Leoa sofre ao ter seus genitais mutilados aos doze anos de idade. Um casal celebra feliz seu casamento na Noruega, mas outro casal perde a vida assassinados num assalto.

Agora, nesse momento, crianças estão sendo abusadas, jovens apanham da polícia, adultos trabalham em condições análogas à escravidão explorados por outros adultos, ao mesmo tempo que avós celebram cinquenta anos de casamento, amigos se reencontram depois de anos de separação.

O mundo é feito de histórias de vida de todos os tipos, das mais cruéis às mais nobres, histórias de amor e de abandono, de dominação e libertação. E acontece tudo ao mesmo tempo, sempre aconteceu. E não estou falando da crueldade ímpar de Westeros, em Game of Thrones. Falo da realidade Da raça humana, aqui no Planeta Terra mesmo.

Por causa de todas as barbaridades, torturas, abusos, que acontecem de fato no mundo, não me surpreendo quando vejo notícias sobre coisas agressivas ou estúpidas que vejo na Internet, como por exemplo, o 'adesivo da bomba de combustível com a foto da presidente Dilma'.

Sim, eu vi as duas fotos que circulam pela Internet. Sim, é uma ideia indigna, abusiva, desrespeitosa.  Mas uma das fotos que circula como 'prova' é uma MONTAGEM.

Alguém pegou uma foto do ator Cássio Reis, de 2011, publicada na Revista Quem e fez uma MONTAGEM com a imagem do suposto adesivo.

 


 

 

"Ah, mas o adesivo estava à venda no Mercado Livre, era real!".

Sim, é possível que alguém tenha recortado uma imagem, colado, feito cópias e ter colocado à venda no Mercado Livre, mas isso não significa que EXISTE UMA NOVA MODA DE ADESIVOS AGRESSIVOS CONTRA A PRESIDENTE, etc.

Desde quando a atitude isolado de uma pessoa, divulgado com uma fotomontagem é uma MODA? Um movimento? Um acontecimento?

"Ah, mas mesmo assim, mesmo sendo falso, mesmo sendo um hoax é de muito mau gosto!"

Sim, MUITO mau gosto. Mas jornalista tem que noticiar fatos REAIS ou apurar coisas que estão de fato acontecendo!

Jornalista, cidadão, todo mundo pode entrar no google, gastar 10 minutos e ver que trata-se se uma fotomontagem.Não custa nada.

Mas, talvez, ninguém queria De FATO mudar o mundo. OU lutar contra a mutilação genital das meninas de Serra Leoa. Ou lutar contra o machismo que mata mulheres no Brasil diariamente. Ou assinar petições contra o trabalho escravo, o abuso que é o trabalho infantil.

Talvez uma parcela pequena do mundo queira de fato melhorar o mundo e dar-se ao trabalho de fazer alguma coisa. Talvez a maioria queira apenas ficar na janela observando as notas, os boatos, as mentiras, as fofocas, os acontecimentos, as piadas, os memes, as pessoas, passando na janela da tela pra poder apontar dedos, julgar e comentar. Até que venha a hora de dormir, de acordar, de voltar, de comentar, de morrer.

Lá do planeta onde eu venho, a gente tenta dar sentido pras nossas vidas.
E parte desse sentido consiste em ainda ser capaz de diferenciar a verdade da mentira.

23 de junho de 2015 às 11h36

>—-> O talento e a persistência

Tem gente que nasceu pra dançar. Ou correr, pintar, escrever, plantar, cantar, cozinhar, etc e etc e etc..

Gente que nasce com um dom, um talento um biotipo perfeito para aquela atividade. Para essas pessoas o caminho pode ser mais ou menos fácil, mas esse talento sempre será uma chave-mestra que abre portas.

tumblr n17486L6pd1qha0swo1 250 >    > O talento e a persistência

Dependendo das circunstâncias que a vida nos dá, podemos ou não descobrir nossos talentos. Dificilmente uma criança que vive na miséria, em total privação de alimento, saúde, terá condições de descobrir se tem ou não um talento para a música, ou para o esporte, ou qualquer outra coisa, quando a sobrevivência é sempre a questão prioritária.

Mas uma vez supridas nossas condições prioritárias, logo aflora nosso desejo de fazer bem alguma coisa. De conquistar um espaço, de se destacar em alguma atividade.

O primeiro problema é nem sempre a gente sabe qual é nossa vocação, a que nos 'chama'. O segundo é que muitas vezes o que a gente QUER ser ou fazer é mais um desejo do que um chamado natural.

1527103 499245  1 multipart 1  >    > O talento e a persistência

Correr, por exemplo, parece ser possível pra qualquer pessoa. E pode ser. Mas os corredores que chegarão na frente, os que sempre vão ganhar provas, serão aqueles cuja biomecânica faz deles corredores naturais. Todos os outros serão pessoas esforçadas, tentando atingir seus desejos, muitas vezes lesionando o corpo pela insistência.

Insistir não é bom quando algo está errado. Insistir é tentar sempre do mesmo jeito achando que  milagrosamente o resultado vai ser diferente. Não vai. Mesmo método, mesmo resultado. O interessante é persistir. Persistir é tentar TODOS os métodos até atingir o objetivo.

E as pessoas persistentes sempre são vitoriosas, em todos os sentidos. Porque acreditam e vivem com fé, porque se desdobram em busca de novas formas de atingir suas metas, porque se mostram sempre entusiasmadas com novos caminhos. Pessoas persistentes tocam as outras, inspiram as outras.

Faz a gente concluir que ser persistente é, certamente, um dos grandes talentos que a gente pode desenvolver na vida.

icon smile >    > O talento e a persistência

 

 

 

Aqui está o streaming na íntegra:

Picharam a avenida em frente o prédio do Jô Soares com 'Jô Soares Morra" from rosana on Vimeo.

NanoPalestra01 - Estratégia para alcançar sua meta from rosana on Vimeo.

Fiz a primeira experiência com nanopalestras ao vivo pelo Periscope. Essa é a minha meta.