Rosana Hermann

28 de março de 2005 às 22h24

Do you wanna dance?

Tá todo mundo dançando Roupa Nova com a platéia da Hebe, total revival em clima de 'eu perguntava Do you wanna dance'. Mas quem é que lembra da música original, do Johnny Rivers,'Do you wanna dance'? Eu tinha o compacto duplo. Ou melhor, minha irmã mais velha tinha. Pra quem não sabe, compacto duplo é uma espécie de CD de vinil, com quatro faixas, duas de cada lado. Nesse tempo, quando uma pessoa repetia a mesma coisa a gente dizia 'vira o disco!'. CD não vira, né. Só tem um lado.

O mais louco é ter vivido tudo isso, ter visto os LPs dos avós em 78 rotações por minuto e hoje, fazer download de música sem mídia, em mp3, em conexões medidas em kilobytes por segundo.

28 de março de 2005 às 22h11

Bom dia

Não sei se o dia foi bom mas eu vou catalogá-lo assim. Porque fiz o que tinha que fazer (ou quase), porque agradei a todos na família, porque tentei ser gentil, porque fui verdadeira. Porque me diverti no blog. Porque conversei com pessoas que conheço e que não conheço. Porque respondi os emails que eu pude. Fiquei devendo algumas coisas pra mim, mas amanhã eu recupero. Hoje, foi um dia, sincero.

Posts Relacionados

28 de março de 2005 às 21h17

Ganhador

Já temos um ganhador.  Está nos comentários. Agora é fácil de achar. Já vou explicar.

fogosverdes Ganhadorfogosamarelos Ganhadorfogosazuis Ganhador

.Em seu caráter simbólico, = caráter, como caracter, simbólico, um símbolo, um ícone
.no Google, nada acharás. = digitando apenas este símbolo no google não há resultados
.Para chegares aqui, com ele, cruzarás. = ele está no teclado do computador, no celular
.Lógico e bucólico? = jogo lógico, antigo, da infância
.Ora bolas! O xis da questão é o fim! = bolas, zeros e xis
.Terminando a vida, a disputa, será dela. = velhice, jogo, dela
.Uma prova dos nove, enfim, = um jogo, nove possibilidades, 3 x 3 , uma matriz, um quadrado
.diagonal ou paralela.  = linha diagonal ou paralela

# JOGO DA VELHA

Parabéns, Marcos Amorim!!

 

28 de março de 2005 às 20h46

Charada

Gastei uns bons neurônios pra criar esta charada. O primeiro que acertar ganha um livro de presente. Descobri que adoro fazer charadas. Se eu continuar ganhando livros, vou fazê-las sempre.

Em seu caráter simbólico,
no Google, nada acharás.
Para chegares aqui, com ele, cruzarás.
Lógico e bucólico?
Ora bolas! O xis da questão é o fim!
Terminando a vida, a disputa, será dela.
Uma prova dos nove, enfim,
diagonal ou paralela.

 

Posts Relacionados

28 de março de 2005 às 19h27

Charada, já já

Está tudo em um post mais pra baixo, mas eu conto de novo. Recebi uma pilha de livros, um deles era repetido, resolvi dá-lo para um leitor que matasse uma charada. Reinaldo foi o primeiro e acerto. Vou mandar o livro pra ele. Mas... como será que os caminhos entre o blog e o ganhador se cruzaram no mundo real? Ele contou. Muito legal. Leia abaixo o email dele. E a próxima charada, já vem.

Rosana, veja como são as coisas:

Apesar de morar em Bariri, interior de São Paulo, estava hoje na cidade de Garça, trabalho numa propriedade rural de lá.

Já tinha feito tudo na cidade, mas precisava esperar até o meio-dia para levar uma marmita para um topógrafo que trabalhava na fazenda.

Para “fazer hora” fui até um cyber-café. Sempre abro o seu blog. Li sobre o seqüestro do orkut. Fui em outros sites, li outras coisas, até que resolvi dar um “refresh” no “Farofa”.

Apareceu a charada. Fui ao Google, digitei: “grão mestre”+“priorado de siao”.

Na primeira página apareceram vários nomes. Quando li “Isaac Newton” fiz uma sinapse com o que você escreveu: “Seu nome é lei: um, dois, três!”

Conclusão: graças a você e graças a uma marmita, minha semana começou boa.

Obrigado.

 

Posts Relacionados

28 de março de 2005 às 19h13

À parte

Desço a rampa da garagem do meu prédio falando ao celular. O portão sobe. Sei que entrando, a ligação cairá. Não entro. O portão fecha. Estou quase terminando a conversa. O portão abre. Entro. A ligação termina. Subo. Meu PC está ocupado. PC não é mais computador pessoal é computador do pessoal. Ligo a TV, aparece o TV Fama. O texto me mata. Agora, além de 'a loira', 'os pombinhos', 'a bela', tem a mania do 'à parte'. Beijos à parte, paixões à parte, brigas à parte. Eu sei quem parte. A pessoa aqui parte.

28 de março de 2005 às 17h39

Sua hora chegou!

reloginho Sua hora chegou!

Foi a Glauce Janoski que passou a dica:
.Abra o Painel de Controle
.Vá para Opções Regionais e Idiomas
.Personalizar
.Abra a aba Horas
.Na caixa formato de Horas, digite seu nome antes do HH:mm:ss, entre aspas simples 'seunome'HH:mm:ss
.Dê ok em tudo
.Pronto, seu nome aparece no canto direito do seu PC, ao lado das horas.
.Você, a toda hora
Lindinho.

PS - Chegou a hora de ir pra casa, por falar nisso. Fui.

28 de março de 2005 às 16h15

O bebê de Chantilly

Ninguém tem certeza Cicarelli e Ronaldinho esperam mesmo um bebê. Mas se não for agora, poderá ser um dia. Então, imaginei como o casal escolheria o nome do bebê:

 

. Se for homem,e o parto por cesariana, Ronaldinho, relembrando a dispensa do seu assessor Rodrigo Paiva, mandando o garoto embora:
"Tá demitido, Rodriguinho! Tá demitido!"

. Se for mulher, na hora do parto normal, fazendo força pra expulsar a menina, Cicarelli gritaria:
"Sai Caroline! Sai já, Caroline, agooooora!!!"

 

. E a torcida do lado de fora, perguntando:
"Mas, afinal, o bebê entrou com ou sem convite??"

 

28 de março de 2005 às 15h47

Pelado no armário

Se você não leu a notícia, o link está aqui: tenista croata encontra amigo francês, nú, dentro do seu armário.

Eu explico: o tenista tenista francês Michael Llodra, resolveu tirar a roupa e brincar de esconde-esconde. Sabe, Pelado, com o bilu-bilu do lado de fora, naquele clima de bate o sino pequenino, pensou com sua melhor cabeça e teve a idéia de se enfiar num buraco apertado e escuro, o interior do armário de vestiário do colega, o tenista croata Ivan Ljubicic.

Lá estava o pequeno Llodra, com o salsichon francês esmagado no pequeno espaço, o derrière comprimido, quando Ivan, que se preparava pa ra sua partida na terceira rodada no Masters Series de Miami, abriu a porta do armário no vestiário e...voilà. Deu de cara com o amigo nú.

O croata olhou pro francês, o francês olhou pro croata e depois daquele hiato de tempo típico das situações nuas e cruas, o francês perguntou:  'que diabos você está fazendo aí'? Ao que Llodra respondeu : 'estou tentando captar sua energia positiva. Você está ganhando muitos jogos neste ano'.

Depois disso, o Croata jogou a partida e ganhou do Vincent Spadea.

Moral besta da História: Spadea que é Spadea, perde o jogo mas não sai do armário!

 

28 de março de 2005 às 14h40

RSS

Meu leitor de feeds endoidou. Comeu chocolate demais e apagou todos, todos os endereços dos feeds. Tive que começar tudo de novo. Tá difícil. Boa parte dos sites/blogs não colocam o lindo retângulo laranja que diz xml. Por enquanto só adicioneis os meus, os da folha, do estadão, do blue bus e... faltam tantos!

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com