Rosana Hermann

23 de março de 2005 às 16h37

Maria Rita Kehl

pregnant Maria Rita KehlAdoro a Maria Rita Kehl, psicanalista, autora, ensaísta, poeta, uma mulher sem comparação. Já li muitos ensaios dela, livros, artigos, tudo. Acabei de ler um, ótimo, sobre a Nazaré, vilã de Senhora do Destino. Só a vi uma vez. Eu estava grávida do meu filho, talvez de oito meses. Faz tempo, ele já é um adolescente.

Eu havia terminado de ler um ensaio que ela escreveu num livro e achei que ela era a pessoa certa para me tratar. Fui lá e falei com ela. De forma tão direta que ela deve ter me achado completamente louca. Disse que não tinha horário ou algo assim. Na verdade, eu é que não tinha dinheiro. Já viu trabalhadora dura, morando de aluguel, com filho na barriga, ter dinheiro pra pagar psicanalista? A vontade ficou. A vergonha não passou. Não tenho coragem de falar, telefonar ou escrever para ela. Mas leio tudo o que ela escreve, sempre que posso. Sempre que lembro. Sempre que fico um pouco menos maluca do que sempre fui.

Se você tiver tempo leia os artigos dela no portal da AOL. Alguns são primorosos e, esses sim, deveriam rolar pela web com créditos pra ela. Este sobre auto-estima é perfeito.

 

23 de março de 2005 às 16h05

Google só quer vendedor

Comentei aqui, que meu amigo Ballona, fera na rede, foi chamado pelo Google para uma reunião. Eu estava aqui na torcida, achando que nosso velho sonho de representar o Google no Brasil fosse acontecer de fato. Pra ele,digo, eu, fico só observando e dando palpite. E torcendo. Ballona voltou decepcionado da reunião, quando soube que os gringos só queriam um vendedor. Agora, a vaga já foi até liberado para envio de curriculo por email. Pra quem quiser e tiver talento pra vendas, boa sorte.

23 de março de 2005 às 15h25

Pelé Club

Não consegui ir à inauguração do Pelé Club ontem, uma pena. Estava tudo programado. Mas a chuva, o cansaço, o rodízio, tudo fez com que eu não pudesse ir. Mas foi um sucesso. Vi as fotos no babado. Lá está o Isaías, marido da nossa querida Cláudia La Japa que aliás, está em São Francisco neste momento. A festa estava badaladíssima. E sabe quem organizou todo o evento? O Maurício Negão, que era da AllTv. Só amigos.

23 de março de 2005 às 13h35

Leia a matéria com Dra. Ruth

Liberaram! Ieba. Obrigada à  Adriana Reis, editora do Caderno de Informática do Diario de Pernambuco e do portal Pernambuco.com.

PS - Mandei um email pro Fred Figueiroa, que fez a matéria. Ele foi super legal e respondeu em seguida. Disse que já tinha feito uma boa pesquisa sobre o tema e tinha lido tudo aqui no blog, inclusive, que o Denis havia conversado com a Dra.Ruth pelo celular. Acho que tenho novos amigos em Pernambuco depois deste episódio!

 

23 de março de 2005 às 13h08

Dra. Ruth : li tudo

Li toda a extensa matéria exclusiva do jornal Diário de Pernambuco, do jornalista Fred Figueiroa, sobre a Dra. Ruth Lemos, nutricionista. Ela é muito gente boa. Durante muito tempo não sabia o que estava acontecendo até ver o vídeo no Pânico na TV. Depois, viu as animações, tudo. Riu de muitas. O problema foi mesmo o delay de áudio, sobre o qual falamos tantas vezes aqui e que pouca gente aceitou como sendo um fato. Inventaram de tudo, até ecololalia. Dra. Ruth é nutricionista há 25 anos, experiente, já deu muitas entrevistas pra ta. Mas não com o delay que aconteceu. Todos admitem que o resultado foi cômico, mas constrangedor.

Apesar de ter achado graça, ela constitui um dos melhores escritórios de advocacia, especializado em Internet. Ela não autorizou direito de uso de imagem e quanto mais visitado o site/programa que divulgou, maior a indenização. Ela disse que isso não atrapalhou sua vida profissional até agora, que não aumentou o preço da consultas como disseram que, enfim, não ficou tão chateada assim, nem entrou em depressão, mas acho que tem muita gente maligna na web, que deprecia a pessoa. Palmas para Dra. Ruth!!!! Adorei tudo o que ela disse. Virei fã.

Acho que a partir de agora vai ter gente correndo pra tirar tudo ar. Se bem que eu acho que a advogada dela já deve ter tudo em arquivos.

 

23 de março de 2005 às 12h06

Dra. Ruth

Está no Blue Bus. Ela deu uma entrevista em primeira mão falando sobre a repercussão do caso para o Diário de Pernambuco. Demorou. Mas até que enfim. Todo apoio à Dra. Ruth. Agora só falta login e senha para ler a matéria. Se bem que, se eu conheço minimamente a rede, em minutos a matéria vai estar disponível em todo lugar. Bom, acho que vou fazer a assinatura online trimestral, por 15 reais no cartão. É à vista? Não sei se a curiosidade matou o gato mas deve ter deixado o bicho mais pobre.

PS - Preenchi todo o cadastro. Optei pela assinatura trimestral. E eis que aparece uma confirmação dizendo que vou receber uma resposta em até 48 horas. Sem chance. 48 horas na web é uma era geológica. Em 2 dias, vai ter texto da entrevista com a nutricionista Dra. Ruth Lemos no analfabetos ponto com ponto br

PS2 - Nem precisa visitar o registro.br e procurar por analfabetos.com.br , eu conto: tanto no singular quanto no plural, ambos os domínios estão em processo de liberação.

 

23 de março de 2005 às 12h04

Maquiagem Hedionda

Acabei de ver um comercial com criancinhas fantasiadas de coelho. Fiquei assustada. Quem cometeu aquela maquiagem hedionda? Deveria ser proibida pelo Ibama. Pela Anvisa. Pelo Procon. Coitadinhos dos pequeninos. As criancinhas não tem culpa, são lindinhas. Mas a pergunta que não quer descer do salto é... quem assina o trabalho de maquiagem, o Michael Jackson? Ou o profissional que fez aquilo não tinha material, tempo e orçamento ou a produção economizou e com a mesma maquiagem gravou 2 comerciais trocando só o figurino, um pra páscoa e outro pra halloween. Ou então, economizaram no maquiador mesmo. A menos, claro que as próprias criancinhas tenham se auto-maquiado. Aí a gente entender, retira o que disse e perdoa. A marca? Ah, não tenho certeza. Não quero ninguém espetando meu vudu de coelhinho nesta páscoa. Tenho medo de ser derretida num tonel de chocolate quente e envasada em formato de ovo.

Veja um crop de uma foto tirada do ar, da TV, só para efeitos jornalísticos.

 

23 de março de 2005 às 11h43

Legal, web na tv

As charges do Maurício, do charges.com há muito tempo ganharam a amplitude da TV. Ontem mesmo, a Hebe elogiou o trabalho dele que é de fato, muito criativo. Hoje, muito atrasada, num raro momento diante da TV nesse horário, vi que o Porteiro Zé virou um quadro no SPTV. A web parece ser mesmo um 'celeiro' de novidades para a mídia-mãe. Diretamente da mother-board para a mother media, sem passar pelo motherfucker...!

23 de março de 2005 às 10h38

Escriba

Acabei de escrever uma breve história do menu, texto em off que ficou faltando em um roteiro anterior. Interessante aprender que os menus foram criados pela corte de Luis XV para que os convidados do Palácio de Versailles soubessem quais seriam os 48 pratos do banquete. E que no século XIX, já reduzidos e aperfeiçoados, os menus eram distribuídos nas mesas dos restaurantes finos de Paris, com a lista de pratos e ilustrações de Manet, Chagal, Toulouse-Lautrec e Picasso. Também já aprovei o release de divulgação do programa com a Cláudia Matarazzo. Ainda falta escrever a origem do tomate, uma crônica para o site do programa Receitas da Vida desta semana, dois textos em off. O texto da espera telefônica divulgando o programa e os horários de exibição, eu já fiz e gravei em estúdio.

E tem gente que diz que eu não trabalho.

 

23 de março de 2005 às 09h56

Home office

escadaebalde Home office
Estava indo para o trabalho, de carro, quando soube que a chuva que caía minha cabeça lá na agência não tinha nada a ver com o mago Paulo Coelho, era só um vazamento de um cano do ar condicionado. Agora que sei que não é nada pessoal, nem mesmo a imensa placa de metal que caiu sobre o teclado e poderia ter me esmagado, fico mais tranquila. Aviso que estou em casa trabalhando online e que minha cabeça e corpo foram substituídos temporariamente por um balde e uma escadinha.

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com