Rosana Hermann

12 de março de 2005 às 22h01

Baralho

Compramos o baralho mais vagabundo da história dos jogos de azar. É de plástico, supostamente, mas as cartas são tão finas que dá pra ver o naipe pelas costas! Além do que não são brancas, são acinzentadas. Tenho quase certeza que são feitas de saco de lixo reciclado. Nunca vi uma coisa tão miserável. Dá até nervoso. Mesmo assim, joguei e me diverti muito. Jogar com criança é muito gostoso.

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 21h52

Filmes na TV

Praia combina com filme na televisão. A gente acaba vendo todos os filmes que já viu, de novo. Eu acho ótimo. Eu sempre esqueço o fim dos filmes. Se não for alzheimer precoce é disco cheio. TEnho esquecido tudo, tudo mesmo. Mas não esqueço de você, querido ... querido... eleitor??

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 21h25

Chove?Chove?

Aqui o banquete é dos pernilongos. E o calor, reina. Ouvi dizer que chove em alguns lugares do Brasil, é isso mesmo? Está precisando.

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 21h01

Sai de Baixo do Destino!

Maridão viu o primeiro e último capítulo da novela Senhora do Destino e já entendeu tudo: Nazaré virou Caco Antibes e Giovanni virou Magda. Só falta agora a imigração ilegal pros istêites aumentar por causa da nova novela das 8-9. Sem contar que o padre que fez o casamento da anta com o anto é o São Nunca do comercial da ford.

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 17h12

TRIP e TPM

O Paulo Lima é um cara muito admirável.Gosto dele, gosto da revista TRIP, gosto da TPM. Gosto do Arthur Veríssimo e da Milly Lacombe. Acabei de ler as duas revistas agora. Mas tem muita coisa que eu não gosto não. Não gosto por exemplo, dos incríveis erros de português e da falta de revisão. Sim, sim, (ai como é chato sempre explicar as exceções e os erros pessoais) eu também erro e tal. Mas existe uma diferença entre um blog pessoal e uma empresa, uma editora, a maior editora de custom publishing, por exemplo. E a trip sempre tem muitos erros. Hoje, por exemplo, vi uma referência à caderneta de poupança "aspa", assim, sem H. Me deu até um choque. Outro. Não era um erro de ortografia, porque estava na pergunta e na resposta. OK, uma bobagem. Mas editora não tem revisor? Como esses já vi muitos mas não acho legal.

 

Acho legal, sim, a matéria sobre releases estupidos que a redação recebe. Os da Amanda Françozo são hilários. Realmente, quem se importa se ela foi para a Disney pela primeira vez?

 

A matéria de capa da TRIP, com Athayde Patreze, foi estranha. O repórter, Bruno, parece ter acreditado em tudo. O que é muito louco. O microfone do Athayde não é de ouro, ele não tem esse dinheiro todo, quase tudo que ele aparenta ter era permuta e a casa dele é no fim do mundo e não é nenhuma mansão. Tudo por fazer, tudo de muito mau gosto. A começar pela cama redonda. Lembro de ter perguntado onde ele comprava lençóis circulares.

 

Tudo nele é fake. Mas a revista acredita em tudo. O que não invalida meus sentimentos. Continuo gostando do Paulo Lima, do ARthur, da Milly, da TPM, da Trip, de tudo. Mas se precisar de um revisor ou revisora, eu conheço alguns ótimos!

 

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 15h31

Mergulhando

swimlady Mergulhando

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 15h18

Mar e peixinhos, chocante

fish Mar e peixinhos, chocanteVocê sabe, eu tive um sábado chocante. Não sei se o choque foi 110 ou 220v, porque eu levei o choque justamente no transformador que deveria converter 220 em 110volts. Acho que não converteu. Fiquei mal depois, deu tontura, escureceu tudo, nesse sol. Não sei se o cabelo arrepiou como acontece naquelas experiências de física no Van der Graaf. Mas estou bem obrigada. Já me recuperei.fish01 Mar e peixinhos, chocante

pingfish Mar e peixinhos, chocanteO mar, verde, lindo, translúcido e calmo, não permite que ninguém fique infeliz em seus braços... Sem contar que mergulhei com minha filha com óculos de natação, durante uma hora e vimos muitos, muitos cardumes de peixinhos. Foi maravilhoso, revigorante. E ainda com direito a milho cozido e eskibon, numa praia praticamente deserta.Foi demais de bom.

 

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 15h07

Almoço

Almocei vendo o programa Receitas da Vida e saboreando um prato que aprendi no programa que gravamos com o Justus. Não dá pra acreditar na cestinha de queijo parmesão ralado que a Ana ensinou. É a coisa mais simples do mundo e, no entanto, o resultado é fantástico. Qualquer ser humano que saiba que a panela não é para ser usada da mesma forma que faz o menino maluquinho pode fazer em casa.

A idéia é: uma panquequinha de queijo parmesão ralado que você molda num potinho de sobremesa e vira uma casquinha, ua cestinha porta-saladas, comestível, semelhante a casquinha de sorvete de biscoito.

Você simplesmente pega uma frigideira anti-aderente, polvilha 3ou 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado grosso (não serve aquele em pó, de saquinho, tem que ser o raladão) , espalha, formando uma panqueca. O queijo derrete e frita, fica pururuca. Vire do outro lado, até que fique consistente. Não gruda, não faça nada, apenas espere e vire. Tire a panqueca e coloque-a quente sobre o potinho, pirex o que quiser, e delicadamente molde o fundo e os lados. Pronto. A cestinha está pronta. Faça uma cestinha pra cada um e encha de salada de folhas e tomate, bem temperada. É um luxo só.

 

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

12 de março de 2005 às 08h00

Sol!

Tá um sol maravilhoso. Vou para a praia. Isso acaba com os planos de ser infeliz de qualquer pessoa. Ah, e não esqueça, hoje tem reestréia do Receitas da Vida em novo formato, novas integrantes e entrevista com Nuno Cobra. às 3:30 da tarde na REdeTv,novo horario também. Valeu.Fui.

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook

11 de março de 2005 às 23h12

Sábado

Vou para a praia. Levo laptop. E um mundo de trabalho...

comentarios-iconComente
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com