Rosana Hermann

24 de março de 2005 às 21h37

Ponto de Encontro

Tem coisas que deixam a gente feliz. Uma das que fazem minh'alma cantar é saber dos encontros que acontecem através do blog. Tenho muitos amigos e amigas que conheci pelo querido leitor. Sei de muita gente que fez amizades aqui no blog. Os encontros, são frequentes, em diferentes estados. Outro dia, recebi um simpático email de duas vizinhas que se encontraram ao vivo numa padaria próxima a suas casas, depois que descobriram aqui, no blog, que eram do mesmo bairro. Algumas leitoras fizeram amizades interestaduais. Agora, soube que leitores de Belo Horizonte marcaram um encontro. Pode ter alguma coisa mais bacana? Um blog transcender assim seu lugar na rede e virar um catalizador de amigos?

Posts Relacionados

24 de março de 2005 às 19h43

Notícias

Li agora que Britney Spears está grávida. Que os italianos vão dar o nome do Papa para uma montanha, quando o pontífice fizer 85 anos. Que o adolescente nazista e assassino que matou um monte de gente e se suicidou tomava Prozac. São notícias, apenas notícias. Que não mudam a realidade. Chove, chove, chove. Chove por toda a cidade.

Posts Relacionados

24 de março de 2005 às 19h27

Água

Tudo bem, eu vim para o mar. Vim voluntariamente, ao encontro das águas do oceano e do rio. Mas eu esperava ir até as águas não imaginei que elas viessem até a mim. Mas vieram. Chove sem trégua, chuva barulhente e escandalosa. Tudo está inundado, a rua troca as vogais e vira rio. Chegamos hoje e o tédio já se instala. Estamos no segundo rodízio do laptop, com 3 logins no MSN. Daqui a pouco a fome vai chegar mas o fato de não termos feito nada e, portanto, não termos gasto calorias, traz culpa pra coitada da fome.
E se continuar assim, amanhã a gente volta.

Posts Relacionados

24 de março de 2005 às 17h37

Anoiteceu

Mas não ouvi nenhum sino gemendo. Conectei à rede e fiquei feliz em saber que mais um sequestro chegou ao fim. A mãe do jogador Rogério foi encontrada. Também vi a chamada na home do UOL sobre o caso sanduíche-iche, mas a gente já tinha falado de tudo isso ontem, quando saiu a primeira e exclusiva matéria no Diário de Pernambuco, que começou fechada e depois, abriu pra todo mundo.

Aqui no litoral, o dia acabou, a chuva não pára e os pernilongos vieram visitar.

 

Posts Relacionados

24 de março de 2005 às 12h49

Mareada

Fiquei enjoada ( mais ainda ) vendo um barco tentando voltar, sem conseguir. Parecia que ia ser engolido. Assustador. E um louco, num dia desses, de mar agitado e perigoso, na chuva, de caiaque. Saí antes de saber se eles ficaram bem. Tomara.

24 de março de 2005 às 09h51

Cordel pra Severino

Odorico Paraguassú,
Sinhozinho, Bush, anão.
Nem mesmo a melhor das piadas
me faz rir de coração
Esse homem me dá medo,
não quero ver ele não.

Não falo de nada que é físico,
não comento o corporal
Me incomoda a atitude,
o projeto pessoal
Esse homem, Severino,
me parece ser do mal.

Fala coisas que não deve
Faz coisas que D'us duvida
Contrata a família e defende
quer mandar na nossa vida
Aumenta salário de rico
na cara de gente sofrida.

Não entendo de política
pra compreender o sucedido.
Como ele foi parar lá?
Foi algum doido varrido?
Foi uma brecha da lei?
Azar ou mal entendido?
Eu não sei dizer, sei não.
só sei que estou irada:
voltamos a viver no Brasil
o velho clima de piada:
tem gente que na vida pública
o que sempre faz na privada.

Rosana Hermann

 

PS - Por curiosidade, fui ver no registro.br se o severino.com.br estava ocupado e deu que o "O domínio SEVERINO.COM.BR não pode ser registrado por estar penhorado por ordem judicial".

 

24 de março de 2005 às 09h39

Conjecturas

É normal. É assim. É a vida. Quando eu era diretora artística na Rede Mulher, recebia muitas propostas de programas, projetos e pilotos. As mulheres bonitas queriam fazer programa sobre beleza. As mulheres que emagreciam queriam fazer programa sobre saúde. As mulheres malhadas propunham programas sobre fitness. E todas, todas as mães de primeiros filhos tinham a idéia de fazer um programa sobre bebês. As mulheres mais cabeça queriam fazer debates. As mais alternativas, sobre terapias naturais. Todo mundo está certo. Porque nada pode ser melhor do que descobrir o que se é, aceitar o que se é e ter alegria nisso. Daí, o desejo de propagar-se.

Sem contar que tudo vai e volta. As revistas eletrônicas, os reality shows, as pegadinhas, os talk shows, as ondas de coisas nojentas, os programas de violência, os barracos na tv. Tudo vem e vai em ondas novas e velhas. Agora, a onda é o humor de paródia. A paródia em geral. Todo mundo imitando Silvio Santos. Outro dia, 3 emissoras tinhasm seus Silvios no ar, inclusive o verdadeiro. Há mais de dez campanhas de tv com comerciais que tocam paródias de músicas consagradas.

E de novo, é Páscoa. E os programas de jornalismo, claro, falam de bacalhau, chocolate, consumo. O que abre e o que fecha no feriado. Rádio é repetição e conversa fiada. Entretenimento, polêmica e ficção, é televisão. Revista é variedade e distração. Jornal é informação. Internet é velocidade, agilidade e expressão. Arte é criação. Tudo junto, é comunicação.

 

24 de março de 2005 às 08h26

Carta Capital

Fiz um Su & Cida em resposta ao belo anúncio de hoje da Carta Capital, que mostra Paulo Coelho na capa da Veja, Paulo Coelho na capa da Época e Paulo Coelho na capa da Isto É. E, à direita, a capa da Carta Capital, com a manchete 'Dantas a pique', dizendo 'nada contra os coelhos mas aguém tem que cuidar das raposas'. Muito boa.

24 de março de 2005 às 08h19

Bom dia

Friozinho, feinho, cinza, esse é o dia que temos. Mas está ótimo. É um dia. Novinho. Dá pra começar e terminar mil coisas. Como um lauto café da manhã.

Posts Relacionados

23 de março de 2005 às 23h28

Feriado

Vou passar os feriados na praia. Por isso, já troquei a foto da barra mostrando São Paulo do alto por uma visão do mar. Com chuva ou sem chuva a opção é me molhar. Me olhar. Jogar os olhos no além mar.

Posts Relacionados

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com