Rosana Hermann

19 de março de 2005 às 11h10

Vida, muita vida

Gisele é tão famosa que quando a gente fala "vida" muita gente pensa na cachorrinha de estimação da modelo. Não, me refiro a vida, no sentido biológico. Estamos cheios de vida por aqui. Nasceu o bebê da Ana e do Joel, que cuidam da chácara e moram aqui em Águas. Fui ver o menino e levar um presente. Que coisa a linda a vida.

Tudo aqui está assim, verde, intenso. Os cachorros a mil, cheios de vitalidade. Dá gosto e enche a gente de energia. Viver é o máximo.

 

Posts Relacionados

19 de março de 2005 às 07h30

Bom dia

A menina dos meus olhos deve ter ido à praia, porque tô sentindo as pálpebras cheias de areia. ô sono.

Posts Relacionados

18 de março de 2005 às 22h59

Banzo de web-amigas

Já que eu falei da Elaine Aguillera do Terra, conversei longamente com a Roseli Andrion (jornalista especializada em tecnologia), sugeri a coluna da Ale Blanco do IG, vou completar falando da minha querida amiga Maria Ercília Galvão Bueno, que durante tanto tempo foi do UOL. Maria Ercília abriu uma empresa chamada Try e vai muito, muito bem, obrigada. Achei agora uma matéria falando sobre ela e a Try. Ercília é a prova de que todas as combinações são possíveis neste mundo, inclusive a que a descreve, belíssima e muito, muito inteligente. E o mais incrível, ela age como se nem fosse. Admirável.

18 de março de 2005 às 22h49

Mulherzinha, no bom sentido

ale Mulherzinha, no bom sentidoHoje, recebi o email de uma amiga, usando este termo, 'mulherzinha', que não tem nada de pejorativo, não. Pelo contrário, 'mulherzinha' é o lado feminino-servil, aquele meio tradicional, consagrado e clássico, o da literatura, da mulher que só existe ao lado de um homem. A mulher feita para o lar.

Sem querer, agora, achei o mesmo termo várias vezes numa das delicosas colunas da Ale Blanco, diretora de conteúdo do IG. Sou fã da Alê, sempre gostei do jeito que ela escreve. Gosto de mulheres que escrevem com segurança, modernas, como ela. Acho uma delícia ler textos de mulheres resolvidas, de bem, do bem. Recomendo a coluna. Guia para Garotas. E me deu vontade de ver a exposição.

 

18 de março de 2005 às 22h39

Sexo

Elaine Aguillera é jornalista do portal Terra. Dias antes do 8 de março, dei uma entrevista por telefone, como parte de uma matéria sobre mulheres empreendedoras. Agora, navegando pelo Terra, fui capturada por uma chamada interessante, numa coluna de sexo, explicando para os rapazes que não é preciso dar aquele 'empurrãozinho' na cabeça da garota quando eles querem sexo oral. Fui ler. Adorei o tom, o jeito, tudo. E...grata surpresa. Assinada por Elaine Aguillera. Muito legal.

Posts Relacionados

18 de março de 2005 às 21h24

Coelhos

sapatinhos Coelhos
Toda vez que eu vejo um coelho branco com aqueles olhos vermelhos, como o que está sendo mostrado agora na Globo, lembro que já tive alguns, algumas vezes. Muitas crianças brasileiras já tiveram coelhos. Quando pequenos, são uns mimos. Depois crescem e a gente não sabe o que fazer com eles. Se for um casal, antes que você se decida eles já serão 248.563.982 coelhos. Ninguém deixa matar, ninguém quer comer, ninguém quer vender, mesmo porque ninguém quer comprar. Você tenta dar mas nem assim as pessoas querem seus coelhos. E enquanto você pensa, eles se multiplicam. Coelhos não botam ovos, não dão leite, nada. Só dão...mais coelhos.

18 de março de 2005 às 17h05

Longe do gato

Fátima (obrigada, Fátima!) me mandou o link do National Enquirer, aquele tipo de tablóide que não dá pra levar a sério. Olha a postura do jornal:

privadadegato Longe do gato- Gisele Bündchen vai com um vestido largo no Oscar, ao lado de Leonardo di Caprio. Eles gostariam de noticiar a mera suposição de que 'em sendo o vestido largo ela poderia estar grávida'. Mas precisam de mais 'argumentos'.
- Para que pudesse estar grávida, bastaria que os dois estivessem transando. O que a revista não noticia também, mas supõe. O que fazer?
- O tablóide então publica a manchete "Leo e Gisele, prontos para um bebê!". Ora, qualquer homem que possua espermatozóides com mobilidade normal e uma mulher que ovula, em tese, estariam prontos para ter um bebê, em caso de cópula.
- A idiotice do jornal não tem limite. Frases como 'Leonardo já tem 30 anos e não está ficando mais jovem'. Sem contar aquelas coisas do tipo 'ele sempre sonhou em ser pai'.
- Não, não acabou. Tem ainda observações geniais como 'Gisele se refere a sua cadela Vida como 'meu bebê', o que, evidentemente para o cérebro de ervilha dos editores, é um forte indício de que ela 'estaria pronta para ser uma mãe devotada'. E 'quero ter um casamento feliz'.
- Claro, termina com uma 'confissão' de Gisele sobre o desejo de ter 3 filhos.

Não me diga! Eu pensei que, como toda mulher, Gisele quisesse casal mal, ser infeliz e ter dois ornitorrincos e um texugo albino! Não é isso que é normal? Acho que vou fazer uma comunidade no orkut: tenho nojo de tablóides. E vou avisar para deixar o national enquirer longe do gato, porque se passar perto, o gato enterra.

 

18 de março de 2005 às 16h55

Saudades

6794221 e1b5c12239 Saudades

Da janela do carro, parada num semáforo, vi um monte de estudantes sentados num boteco, bebendo cerveja, cantando e jogando truco nas mesinhas de plástico. Meu deu muita saudade da vida de descompromisso. Sei que já vivi isso, já passei, já torrei meu carnê de universitária truqueira. Mas a saudade, bateu. Ainda mais em dias incertos de tanto trabalho.

 

18 de março de 2005 às 15h33

Emprego

emprego EmpregoImagino que a campanha do governo seja nacional, portanto, você deve ter visto o comercial em que este ator repreenta o 'emprego'.

Se eu tivesse que antropomorfizar o emprego não sei que cara daria a ele.
mas não pensei que ele estivesse tão careca.

18 de março de 2005 às 15h15

Pinto molhado

Realmente, a chuva, como diriam os maus tradutores, 'kicked the dick of the tent!' Saí para buscar víveres e voltei sob torrencial chuvarada. Neste momento, minha calça jeans pinga água sobre o carpete e meus sapatos, que viraram duas maquetes de pesque-e-pague, tomam vento na janela. Até carro espirrando água da poça na perna rolou. Só espero não ter esmagado o peixinho.

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com