Rosana Hermann

12 de setembro de 2012 às 17h50

Saiu o iPhone 5. Compro ou não compro?

iphone5 Saiu  o iPhone 5. Compro ou não compro?

Ainda tenho meu primeiro iPhone, o que deu início à série. Claro, a bateria não dura nem 5 horas. Tive outros. E, no momento, sou muito feliz com meu iPhone 4. Não, não tem S. Não tem Siri. Eu não faço questão de ter comando de voz pra me obedecer. Eu prefiro fazer eu mesma, ou teclar o que quero. Nâo lido bem com ordens. Nâo gosto nem de dar nem de receber ordens. Quando quero brincar de comando de voz, uso o app Dragon Dictator, que escreve pra mim. Uso o Spreaker pra ouvir minha Timeline do Twitter. Não ligo a mínima pra Siri. De verdade.

Eis que chega o dia 12 de setembro e o iphone 5 é lançado. O Twitter para. Todo mundo comenta. Coberturas em tempo real pipocam na Internet. O que ele tem de novo? Ah, a tela é maior! É mais alto e mais fino! 18% mais fininho. E mais leve. E mais rápido. E uma tela melhor. E uma câmera melhor. E uma câmera frontal em HD. E tem cinco filas de ícones na tela. E tem um nanochip.

Um nanochip? E é compatível com o microSIM do Brasil, dá pra cortar? Não, não é, não não dá.

E o 4G LTE? Parece que também não é compatível com o 4G do Brasil. Me lembra aquela discussão antiga do sistema de cores brasileiro ter sido o Pal-G quando todos eram Pal-M. E a nossa tomada de energia, que também não é compatível com a americana. Antevejo problemas.

1314306210 infographic evolution of iphone 1 Saiu  o iPhone 5. Compro ou não compro?

O preço, felizmente, é o mesmo do iPhone 4S. A ideia é vender milhões de iPhones 5 a partir de agora. E os de 3a geração saem de linha.

E, sim, mudou o conector. Mudou tudo. Fizeram até um adaptador para acoplar o cabo antigo no novo, um benjamin. Deveria se chamar Benjamin Button, porque vai do velho pro novo.

Ok. Tudo isso está postado na Internet. Mas a pergunta é: compro ou não compro?

Vamos analisar.

A Apple não pode parar de lançar novos produtos. Ela precisa inovar, renovar, recriar. Ela vive das vendas e as vendas são estimuladas por novos lançamentos. Por outro lado, eu não preciso ter tudo o que ela lança.

Claro, ter um iPhone 5 antes do vizinho, antes do colega, é um símbolo de status. Significa não apenas que você é moderno, cool, antenado e tem dinheiro, mas pode viajar ou pedir pra alguém que viajou trazer um pra você antes dos outros. Antes de chegar ao Brasil. Não é mais o simples fato de TER um iPhone 5, mas de tê-lo IMEDIATAMENTE e antes de todo mundo. Antes de virar mainstream. Antes de ter no Brasil.

É isso que conta, pra muita gente. A partir de agora, ter um iPhone 5 na mão é ter um upgrade na sua imagem pública. Você será visto em HD frontal, vai parecer mais alto e mais fino. Mais rápido. Mais moderno.

Na verdade o upgrade do iPhone 5 é um upgrade pra QUEM COMPRA.

Se eu vou comprar?

Bom, se em outubro eu estiver viajando e encontrar com ele na minha frente, sem filas e sem dor, é bem provável que eu compre, ainda mais que tenho a desculpa de não ter comprado o 4S.

Vamos aguardar.
Só posso dizer que não fiquei encantada com nada. Talvez pegando um iPhone 5 na mão e sentindo sua leveza eu mude de opinião.
Minha preocupação agora é só saber se ele vai caber no bolso da minha calça.

Uma coisa é certa: seu celular é o aparelho que você mais usa na vida, o que fica mais tempo com você, na sua mão. É quase uma extensão de você. Não dá pra não se apegar, dá?
Vou contar com isso. Porque o vídeo diz que você só sente a mágica quando... pega o iPhone 5 na mão.

vídeo.

26 Comentários

"Saiu o iPhone 5. Compro ou não compro?"

12 de September de 2012 às 17:50 - Postado por rosana

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • valentine
    - 01/05/2013 - 8:11 PM

    cara, melhor não! espera uns 6 meses ou um ano que já vão ta lançando o 6 e vc só gasta dinheiro

    Responder
  • Alan Leitão
    - 10/12/2012 - 11:43 PM

    Rosana, Só uma coisa: O sistema de TV analógica brasileiro é o PAL-M. PAL-G é usado somente na Europa, onde o PAL e suas variantes dominam. O NTSC era usado nos EUA e no Japão existia uma variação compatível chamada NTSC-J.

    Responder
1 2 3 4 5
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com