post-icon

15 outubro 2009

comentarios-icon42 Comentários »

Ritual macabro numa tribo de canibais

Publicado por: Andrea Beron

Era fim de tarde quando chegamos à aldeia dos Small Nambas, em Malekula. A pequena ilha fica no arquipélago de Vanuatu, um país praticamente perdido no Oceano Pacífico e que ganhou destaque nas últimas semanas por causa de terremotos submarinos e de um alerta de tsunami.

Depois de dias de viagem - entre a saída do Brasil e minha primeira refeição "decente", foram 40 horas - e de muito suor para vencer a subida de uma montanha, eu estava cansada, sem ar e apreensiva.

crânio Ritual macabro numa tribo de canibais

Os Small Nambas têm um histórico de canibalismo. Ficaram conhecidos por comer carne humana em rituais de poder. Rivais mortos em batalhas eram sacrificados e engolidos pelos chefes e feiticeiros da tribo.

Eu sabia que o costume não era mais tão forte entre os nativos, mas não estava segura do que iria encontrar. Você confiaria num ex-canibal?

A aldeia ficava no topo de uma montanha e tivemos que subir com o peso das mochilas nas costas. A cada passo, pensava: "não vou me separar do Marcão". Markus Bruno é repórter cinematográfico e a essa altura seguia meus passos para registrar as imagens do sufoco da escalada. Ter alguém por perto é essencial nesse tipo de reportagem!

Minha ansiedade aumentava à medida que me aproximava da tribo. Passei a ouvir gritos e o som de tambores. Um chefe negociava conosco. Queríamos gravar um ritual que envolve sacrifícios, exatamente como os ancestrais faziam com seres humanos, num passado recente. Também pedimos para conhecer a Montanha dos Crânios, um lugar sagrado para os nativos e assustador para quem vem de fora.

Se conseguimos acompanhar o costume primitivo deste povo? Bom, você vai saber nesta sexta-feira, no Câmera Record, que começa às 23h.

Não perca!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks

tags-icon Tags: , , , , ,
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com