Ela ficou 11 anos na TV Globo, onde trabalhou em vários telejornais, no Fantástico e passou dois anos no Ceará fazendo reportagens para o Jornal Nacional. Gostava tanto do que fazia, e os colegas gostavam tanto dela, que cheguei a pensar que iria se aposentar na emissora.

Só que aí vieram os três filhos, um atrás do outro, e ela simplesmente não conseguia mais conciliar os horários de trabalho com as obrigações de mãe.

No começo deste ano, tomou uma decisão muito difícil para profissionais como ela: resolveu não renovar seu contrato com a Globo e não foi para nenhuma outra empresa. Foi cuidar dos filhos.

Fez alguns frilas para ajudar nas despesas de casa e começou a produzir com antigos colegas um programa independente voltado para as mães, que está com o piloto pronto. Recebeu várias propostas para voltar à TV, mas não queria nem podia mais trabalhar no jornalismo diário.

Até que um dia cedeu à sua velha paixão pela reportagem. O SBT, onde ela começou ainda menina, logo que entrou na faculdade, a convidou para fazer uma reportagem por mês, sem horário nem contrato fixo, e ela ficou feliz da vida com a proposta. Topou na hora. 

Ela é Mariana Kotscho, 35 anos, minha filha mais velha, e seus filhos são por acaso meus netos queridos, Laura, Isabel e André. E, hoje, às onze e meia da noite, ela volta ao ar com um programa especial do SBT Repórter sobre a eterna juventude.

Abaixo, o texto da chamada do programa que ela me mandou e pediu para repassar aos leitores deste Balaio:

"O SBT Repórter vai em busca da eterna juventude. Como viver mais e melhor?

Comer, meditar, manter corpo e mente na ativa.

A repórter Mariana Kotscho revela os caminhos para o elixir da vida.

O segredo da longevidade _ que não custa nada _ ensinado pela arte marcial e pela natureza.

Tinoco, 88 anos. O ídolo da música sertaneja tem agenda lotada e fôlego de menino.

Seu Chiquinho. Aos 91 anos ele quer sair de férias.  Mas só depois dos 100.

A clínica que atende apenas centenários.

E as pequenas porções de comida que nos ajudam a ir mais longe.

Fusae e Reiko. Duas jovens senhoras que tiram a maior onda aos 78 anos de idade.

E o que você faria se pudesse viver mil anos? Um cientista inglês explica como ainda seremos milenares.

Nesta quarta, onze e meia da noite, no SBT Repórter".

Não percam! 

   

http://r7.com/eChm