Já que o venerando Juvenal Juvêncio, eterno presidente do São Paulo, mais uma vez contestado na Justiça como se fosse um Ricardo Teixeira, não tem mais moral para demitir ninguém, é melhor que este técnico perdedor, o tal de  Adilson Batista,... Continue lendo