image 1 1024x577 Dilminha bondade vai pagar promessas de 2010

A redução das tarifas de energia e o anúncio de que vai liberar R$ 66,8 bilhões para os novos prefeitos eleitos investirem em saneamento, pavimentação e mobilidade urbana constituem apenas o início da ofensiva programada pela presidente Dilma Rousseff para distribuir seus "pacotes de bondades".

"Dilminha bondade", como já é chamada no Palácio do Planalto, vai priorizar o nordeste, região que lhe deu a maior vantagem sobre José Serra em 2010 e principal reduto de um possível concorrente em 2014, o governador pernambucano Eduardo Campos.

Depois de ir ao Piauí na semana passada para entregar obras, nesta terça-feira Dilma esteve no Sergipe, onde inaugurou uma ponte e um parque eólico (energia produzida pelos ventos).

As próximas viagens ao nordeste para cumprir promessas que fez em 2010 serão a Pernambuco, Ceará, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte.

No encontro de segunda-feira, em Brasília, com milhares de novos prefeitos eleitos em 72% dos municípios em outubro,  que terão papel importante nos dois últimos anos do governo Dilma, a presidente prometeu a ampliação do programa "Minha Casa Minha Vida", mais recursos para o Bolsa Família e a construção de creches.

Aliar-se aos prefeitos será fundamental para Dilma na sua campanha pela reeleição, pois eles são responsáveis pelos cadastros dos beneficiários dos programas sociais e importantes parceiros na construção de creches.

Entre outros benefícios, a presidente também prometeu entregar retroescavadeiras e motoniveladoras compradas pelo governo federal aos prefeitos de municípíos com menos de 50 mil habitantes _ ou seja, a grande maioria das 5.500 cidades brasileiras.

Dilma sabe que só distribuir verbas não basta. Por isso, chamou os prefeitos a Brasília para que aprendessem o caminho das pedras da burocracia da Esplanada dos Ministérios, ou seja, onde e como conseguir recursos da União para os seus projetos, além de oferecer assistência técnica para a sua implantação.

Antes arredia, parece que agora "Dilminha bondade" pegou gosto em fazer política.

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
34 Comentários

"“Dilminha bondade” vai pagar promessas de 2010"

29 de January de 2013 às 15:23 - Postado por rkotscho

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Victor Hugo
    - 3 de fevereiro de 2013 - 16:32

    J Leite, seu texto de 12h02 é abjeto. Jamais o Divaldo defendeu aqui no Balaio os oportunistas que apoiam governo do PT (como apoiaram os governos passados e apoiarão os futuros). Mas voce, sim, J Leite, pois o PSDB que voce apoia é da mesma laia desde PMDB, que temos que engolir em nome da governabilidade. E para provar que suas afirmações sobre o PT ser de direita são maldosas basta lembrar o "Imposto Sobre Grandes Fortunas" proposto por Dilma e barrado (as vesperas da eleição) pelo PMDB que, repito, é da mesma laia do PSDB que você defende, como defendeu a candidatura de Bruno Covas à prefeitura de São Paulo apesar das denuncias de que este recebeu propina e não denunciou o esquema (mensalão das emendas do Alckmin), pois limitou-se a sugerir que doassem o dinheiro sujo pra Santa Casa. Voce já foi melhor, J Leite. Que decepção !!!!!

    Responder
  • J. Leite
    - 3 de fevereiro de 2013 - 12:02

    Caro divaldo. Você não citou nomes mas. Acredito que você se referiu a mim. Não sou oposição muito menos psdebista. Voce ja declarou aqui que votou em Fernando henrique e com serteza votou no Fernando Collor. Resumindo. Quando o PT era um partido que nos trazia esperaça de um brasil grande e um povo independente financeiramente voce era antiPT. Hoje que o PT representa a extrema direita. está sustentado por toda a base que deu sustentação ao governo militar e todos os escandalos de corrupção voce se diz um apaixonado pelo Lula e o PT. Acredito que quem é do contra é voce.

    Responder
1 2 3 4 5
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com