Feliciano vira astro e não vai querer largar o osso

Entre uma confusão e outra na sala da Comissão de Direitos Humanos, o até outro dia obscuro pastor Marco Feliciano, dono da Igreja Catedral do Aviamento Assembléia de Deus, deputado federal em primeiro mandato do Partido Social Cristão (PSC), está vivendo seus momentos de glória.

Depois de passar a semana dando entrevistas em programas populares de televisão, Feliciano é forte candidato a ser um dos Judas mais malhados neste Sábado de Aleluia, mas ele não se importa com isso.

A fama repentina que ganhou, atravessando sempre sorridente e altivo os corredores poloneses armados na Câmara desde a sua posse na presidência da comissão, deram-lhe seguidas manchetes na mídia, e era tudo o que ele queria.

Com suas posições radicais na linha da ultra direita comandada pelo ex-militar Jair Bolsonaro (PP-RJ), seu grande defensor, e de ter feito declarações de racismo e homofobia, na mesma proporção em que provocou a ira dos defensores dos direitos humanos e das minorias, o pastor Marco Feliciano certamente não perdeu nenhum adepto da sua igreja, fundada recentemente em Orlândia, já com várias filiais no interior de São Paulo, e se instalando em outros Estados _ e ainda corre o risco de multiplicar seus votos nas próximas eleições, ganhando novos fiéis que concordam com a sua pregação, agora amplificada.

Só se fala nele no Congresso Nacional, a ponto de obscurecer a atuação dos novos presidentes da Câmara, Henrique Alves, e do Senado, Renan  Calheiros, recentemente eleitos, que se sentem impotentes diante do fato consumado.

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
7 Comentários

"Feliciano vira astro e não vai querer largar o osso"

30 de March de 2013 às 11:27 - Postado por rkotscho

Lamento, os comentários para este post estão fechados.

Comentários
  • cleudecir
    - 30 de março de 2013 - 14:48

    Porque discordar de casamento entre homossexuais torna a pessoa homofóbica? Quantos vezes, eu como evangélico, fui tripudiado por portar uma Bíblia na rua? Quantas vezes fui denegrido como inculto, fanático e outros 'elogios' por expressar minha fé sem medo? Quantas vezes meus amigos mundanos me chamaram de froxo, porque eu insisto em ter somente uma mulher (Minha esposa) e rejeitar conquistas fora do casamento sendo fiel a ela? Nunca acusei ninguém de cristofóbico e nunca vi a sociedade fazer passeatas a meu favor por estas perseguições religiosas. É opinião. E até agora não vi o deputado citado prejudicar nenhum direito humano como presidente da dita comissão. E porque ele é racista? Porque disse que o continente africano é vítima de maldições por práticas de várias de suas religiões pagãs? Ora, racismo é contra uma RAÇA, não contra um espaço geográfico ou uma religião. Pode-se acusá-lo de intolerância mas de racismo não. E é verdade mesmo, assim como vocês liberais de esquerda e de direita são intolerantes com o nosso direito de ter opinião diferente, somos mesmo contra práticas que consideramos inadequadas no aspecto espiritual, mas não exigimos que todo mundo concorde conosco e não acusaremos ninguém de 'crentofóbico' por discordar da nossa discordância. Eu não sou contra os homossexuais, como cidadãos. Discordo de suas preferências e escolhas sexuais mas não deles como seres humanos. Tenho repúdio por quem os persegue por estas escolhas, ou os discrimina por serem o que são. Acredito que ferir ou matar alguém por ser homossexual deveria ser considerado crime hediondo, como sequestro e estupro.

  • Rubi
    - 30 de março de 2013 - 14:30

    Apoiadíssimo o Pastor Feliciano! Em defesa da moral, da família e dos bons costumes, já tem meu voto na próxima. E que o Senhor Jesus seja com ele! Parabéns Feliciano pela sua postura. Desculpe-nos sociedade, mas para nós servos do Senhor a Palavra de Deus é o que vale! E não adianta dizer que somos homofóbicos, preconceituosos, etc, etc, etc. Assim como nosso Deus, amamos o pecador, mas abominamos o pecado. Coisa mais imunda 2 homens ou 2 mulheres se agarrando. #nojoeterno!#eca!

  • patricia
    - 30 de março de 2013 - 13:28

    podem até nao publicar como fez uma revistinha chinela, mas a maioria concorda com o feliciano .

  • RGS(PESQUISADOR)
    - 30 de março de 2013 - 13:02

    Na miha modesta(porém real,com base nos fatos) opinião - O deputado Marcos Feliciano, pode ser considerado astro tanto quanto os seus pares famosos ou será "famigerados"?O deputado Henrique Eduardo Alves - Também é estrela,na mesma concepção noticíosa!.Portanto,tornar, qualquer um deles em "BODE EXPIATÓRIO" - Não é a solução completa e definitiva para os problemas no Legislativo brasileiro.Se bem que - O povo brasileiro,com mais este episódio,envolvendo parlamentares e eleições á presidência - Esqueceu da eleição á presidência do Senado,o grande "herói"- Senador Renam Calheiros!.

  • Robson de Oliveira
    - 30 de março de 2013 - 12:11

    Boa tarde Ricardo! Com certeza, já encheu o saco esse teréré. Qual o crime que esse infeliz cometeu afinal? De opinião? Não existem criminosos verdadeiros já fazendo parte de comissões? Por que só caem em cima desse? Não é caso de defender nem de atacar, mas de seguir o bom senso de entender que foi tudo lícito. Salvo se houver algum crime já imputado, tramitado e julgado pela condenação como rege a lei, deixa o cara. Boa páscoa a todos também! Robson de Oliveira http://ecoblog-blogeco.blogspot.com.br/

  • ANÍBAL DOS SANTOS FILHO
    - 30 de março de 2013 - 12:02

    Como dizem por aí, opinião é igual à b..., cada um tem à sua! Portanto, o Pastor/Deputado tem a dele. Sei que é campo minado, mas é opinião e ninguém é obrigado a concordar, seja lá o que for. Eu não gosto de jiló, mas tem gente que gosta, então está confirmado que cada um tem seu gosto, cada um tem sua opinião/preferência e não se fala mais nisto. É só respeitar!

  • Johnny
    - 30 de março de 2013 - 11:44

    Caro Kotscho, alianças são necessárias (KKKKKKK). Tem até condenados na Comissão de Constituição e Justiça porque não haveria um pastor palhaço, reacionário, homofóbico e racista na Comissão de Diritos Humanos ?? Puro preconceito de alguns setores da sociedade que estão botando a boca no trombone. O homem foi eleito estritamente dentro da Lei, assim como o Genoino e o João Paulo também. Tudo certo na republiqueta de bananas. Tudo em nome da governabilidade. Nada como coerência e critério para governar.