Tiraram da sala o bode da constituinte exclusiva, devolveram a bola ao Parlamento e aos líderes partidários, vão chamar até a oposição para conversar e, assim, teremos o plebiscito da reforma política provavelmente ainda neste ano. Melhor assim para o País. Voto em lista ou distrital, financiamento público de campanhas, cláusula de barreira, fidelidade partidária? O eleitor vai decidir.

A temperatura política estava atingindo níveis perigosos, mas parece que a febre começou a ceder, com a proposta de reforma feita pela presidente Dilma Rousseff segunda-feira (24). Mesmo com a presidente sendo atacada por todos os lados, sem ser defendida nem pelo PT, o tema tomou ontem o lugar dos protestos na liderança do grande debate das redes sociais.

Na mesma noite, a fulminante decisão tomada pela Câmara, por 430 votos a 9, de derrubar a PEC 37 que reduzia o poder de investigação do Ministério Público, uma das bandeiras do movimento, e destinar a receita do petróleo do pré-sal para educação e saúde, também deverá contribuir para que o País possa voltar a viver dias mais tranquilos.

protesto1 Eleitor vai decidir o que quer na reforma política

Na manifestação marcada para a chuvosa noite desta terça-feira (25) em São Paulo, para se ter uma ideia, nem o organizador apareceu, e apenas 70 gatos pingados fecharam uma das pistas da avenida Paulista. Pelo menos este é o clima antes da guerra anunciada para esta tarde no Mineirão, em Belo Horizonte, em que é anunciado um protesto com mais de 100 mil manifestantes contra os gastos da Copa e até o Exército foi chamado para garantir o jogo do Brasil contra o Uruguai.

Parece que a decisão de dar ao eleitor o direito de escolher o sistema político-eleitoral que achar melhor, apoiada pelos presidentes do Congresso e do STF, depois de atendidas algumas das principais reivindicações dos manifestantes, pode dar alguma trégua ao governo, embora surjam no horizonte outros desafios: as centrais sindicais já marcaram para 11 de julho uma greve geral para discutir as questões trabalhistas, como a jornada de 40 horas, e a oposição está se movimentando para criar a CPI dos gastos da Copa.

Agora é esperar para ver o que vai acontecer em Belo Horizonte. A cada dia, a sua agonia.

 

 

 

 

 

 

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
20 Comentários

"Eleitor vai decidir o que quer na reforma política"

26 de June de 2013 às 11:37 - Postado por rkotscho

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • etel kretzschmar
    - 28 de junho de 2013 - 15:18

    Assisti o seu comentário na Record News, mas, fiquei pasma quando você disse que a Presidenta Dilma tinha atendido quase todas as reinvindicações do povo. Faça-me um favor: nada foi feito de concreto. Os royalties do petróleo para o futuro, a reforma política é para enganar mais uma vez o povo. Os protestos são para solicitar menos corrupção, diminuição de ministérios, acabar com os cargos comissionados, colocar os mensaleiros na cadeia. As promessas feitas pela Presidenta Dilma não tem efeito imediato. Estas promessas são para enganar novamente o povo.

    Responder
  • alex
    - 28 de junho de 2013 - 12:46

    Hoje a notícia viral nos Blogs: GLOBO deve mais de 1.2 bilhão de impostos à Receita Federal. Inacreditável! E o governo Dilma não cobra esta grana? Estranho ... leiam a news...por incrível que pareça é verdade! http://www.viomundo.com.br/denuncias/miguel-do-rosario-mensalao-da-globo-resultou-em-multa-de-r-183-milhoes-por-sonegacao.html

    Responder
1 2 3 4 5
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com