Já deu, Rogério, vai pra casa e leva o Fabuloso

Como ninguém na desmoralizada diretoria de Juvenal Juvêncio, que está levando o São Paulo para o vinagre, tem coragem de fazer isso, eu faço este apelo: Rogério Ceni, em defesa da tua própria biografia, pede licença, pega o boné e vai logo pra casa. Tua soberba para exigir bater e perder mais um pênalti, foi para mim a gota d´água.

E aproveita e leva junto o Luís Fabiano, outrora conhecido por "Fabuloso", agora um atacante com prazo de validade vencido, que não pega na bola, só reclama do juiz, vive mais caído do que em pé, não dá assistência, não chuta, não marca, e teve seu contrato renovado pelo Juvêncio até 2015, com aumento de salário.

Vocês três poderiam montar um time de veteranos para fazer exibições pelo interior. Podem levar também o Paulo Autuori, com sua cara de quem nunca está gostando do que vê, embora ele tenha escalado o time, e só fica na beira do campo balançando a cabeça.

Quem sabe assim o São Paulo ainda consiga encontrar força e jeito para sair da zona de rebaixamento, depois de mais um vexame em pleno Morumbi, ao tomar um passeio do Criciúma na noite desta quinta-feira, com a sorte de perder só por 2 a 1, e afundar ainda mais na tabela.

Não é que o Criciúma, outro time ameaçado pelo rebaixamento, tenha feito um grande jogo. É que o São Paulo não jogou nada, seus jogadores não sabiam o que fazer em campo, o inacreditável Paulo Miranda virou o maestro do time no meio de campo, de onde Jadson e depois Ganso sumiram, e o técnico não tinha a menor ideia do que fazer para evitar o desastre anunciado.

Talvez seja o caso de cair mesmo para a Segundona, de onde o Palmeiras parece estar saindo, e começar tudo de novo, com um pouco de humildade e talento, com outra diretoria, outros jogadores e outro técnico, para relembrar os tempos em que o São Paulo não jogava para não cair, mas para ser campeão. Chega de passar vergonha!

http://r7.com/_Evw