Estamos sendo vítimas há dois dias de uma greve selvagem promovida pelo banditismo sindical de uma dissidência dos motoristas de ônibus e todos se perguntam quando isso vai parar. Ninguém sabe. Até agora, ninguém foi preso. São Paulo, a maior... Continue lendo