Tem que mudar tudo agora na CBF ou não vamos ter seleção brasileira na próxima Copa do Mundo. As eliminatórias começam em outubro.

Ainda pior do que o indigente futebol mostrado pelo Brasil na Copa América, mais uma vez eliminado pelo Paraguai, foi a inacreditável entrevista dada por Dunga após o jogo, mostrando que, com este técnico, não corremos o menor risco das coisas melhorarem.

"Acho que foi uma boa Copa América, foi uma ótima lição", teve a coragem de dizer, sem ficar envergonhado. Depois de atribuir o vexame a uma misteriosa virose que teria atacado 15 dos nossos jogadores, o técnico preferiu falar do futuro. "Vamos fazer reflexões, arregaçar as mangas junto com minha equipe de trabalho e trabalhar muito para encontrar soluções".

Deus nos livre de depender das reflexões desta equipe de trabalho montada por José Maria Marin e seu escudeiro Marco Polo Del Nero, um já preso e outro ameaçado de ir para as grades, os herdeiros de Ricardo Teixeira que levaram o nosso futebol para o fundo do buraco.

Precisamos nos livrar de todos eles o mais rápido possível. E Dunga ainda teve a desfaçatez de citar seu chefe Gilmar Rinaldi, o empresário coordenador de seleções da CBF, ao pregar humildade para a seleção retomar a vida das vitórias.  "Como diz o Gilmar, agora é que vamos ver se somos bons ou não".

Como assim? Alguém ainda pode ter dúvidas? Não, não precisamos ver mais nada. Desde a vergonha que passamos na Copa do Brasil, já sabemos que com esta gente não tem salvação. É hora de recomeçar do zero, fazer uma intervenção na CBF e colocar gente séria para cuidar da maior paixão esportiva do nosso povo. Ninguém aguenta mais ver e ouvir vocês justificando-se, com a maior cara de pau, após cada nova derrota.

Com esta gente no comando, não tem jeito. Esta virose que atacou a seleção são vocês, que deveriam pedir o boné e cair fora o mais rápido possível.

Acabou a nossa paciência com tantos desmandos, maracutaias e incompetência. Fora Dunga, Marco Polo Del Nero e Cia.!

http://r7.com/pLwa