- Ricardo Kotscho - http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho -

“Rouba mas faz” e “malufar” agora dá cadeia?

Postado por rkotscho em 24/05/2017 às 12:16 em Sem categoria | 9 Comments

 Rouba mas faz e malufar agora dá cadeia? [1]

O deputado Paulo Maluf (Foto: Robson Ventura/Folhapress)

"Entendo devidamente constatada a materialidade bem como a autoria do réu Paulo Salim Maluf" (ministro relator Edson Fachin ao proclamar a sentença no STF).

***

Quis o destino que eu vivesse para ler esta notícia.

Em mais de meio século de vida pública, o nome de Paulo Salim Maluf foi associado a corrupção, mas ele sempre conseguiu escapar da lei.

Comecei a trabalhar no jornalismo em 1964. Somos, portanto, contemporâneos.

Acompanhei a glória e a queda do malufismo, uma escola política que até hoje tem seus seguidores.

A Justiça tarda mas não falha, costumam dizer os mais antigos.

E como tarda... Temos uma Justiça sem prazos a cumprir.

Acusado de crimes praticados nos anos 90 do século passado, quando era prefeito de São Paulo, Paulo Maluf só foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal na tarde desta terça-feira, 23 de maio de 2017.

"Rouba mas faz" era o slogan popularmente atribuído ao folclórico político populista Adhemar de Barros, um precursor dos propineiros modernos, ex-prefeito e ex-governdor de São Paulo, que chegou a ser candidato a presidente da República.

Assim como ele, Paulo Maluf ocupou os mesmos cargos no regime militar (depois se elegeria prefeito pelo voto direto) e foi candidato a presidente da República, derrotado por Tancredo Neves no colégio eleitoral, em 1985.

Por suas práticas pouco republicanas, o rico empresário deu origem ao verbo "malufar", sinônimo de quem se dedica a subtrair o dinheiro público.

Maluf já tinha chegado a passar 40 dias na cadeia, em 2005, denunciado pela Justiça Federal por corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e formação de quadrilha. Logo seria libertado pelo STF.

Dois anos depois, o processo foi remetido para o Supremo, quando Maluf se elegeu deputado federal e ganhou foro privilegiado. Aqueles crimes prescreveram.

Dez anos atrás, novo inquérito deu entrada no STF, em segredo de Justiça (por qual razão?) e assim ficou até ser aberta uma ação penal em 2013 por desvios de dinheiro público para contas da família Maluf nos EUA, na Suíça, na Inglaterra e ilha de Jersey.

O Ministério Público Federal acusou Maluf pelo desvio de US$ 172 milhões na obra de canalização do córrego Água Espraiada a cargo das empreiteiras Mendes Junior e OAS.

Foi este processo que a Primeira Turma do Supremo julgou agora e o condenou, por 4 votos a 1, a uma pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime fechado, além da perda do mandato de deputado federal.

Como Paulo Maluf já tem 86 anos, e ainda cabem recursos e embargos, depois que a decisão for publicada no Diário da Justiça, no prazo de 60 dias, no máximo ele irá ficar em prisão domiciliar na sua bela mansão do Jardim América, onde cultiva uma adega invejável.

Bobagem imaginar que esta foi uma decisão histórica, um divisor de águas na Justiça brasileira e que, daqui para a frente, com a Operação Lava Jato, tudo será diferente _ salvo honrosas exceções de alguns presos emblemáticos ainda à espera de julgamento na última instância.

Neste preciso momento em que você está lendo esta notícia, muito provavelmente, alguma mala preta com pacotes de dinheiro vivo está circulando pelo país ou sendo desviado para contas no exterior, sem que ninguém perceba.

A seguir no ritmo atual, caso venham um dia a ser julgados, Michel Temer e as centenas de denunciados nas delações da Odebrecht e da JBS só deverão ter suas sentenças proclamadas lá para 2040.

Paulo Salim Maluf poderá ser lembrado no futuro apenas como o símbolo de uma época romântica da corrupção, antes da chegada dos profissionais.

Vida que segue.

  [2]
  [3]


Artigo impresso de Ricardo Kotscho: http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho

Endereço do artigo: http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2017/05/24/rouba-mas-faz-e-malufar-agora-da-cadeia/

Endereços neste artigo:

[1] Imagem: http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/files/2017/05/maluf.jpeg

[2]  : http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2017/05/24/rouba-mas-faz-e-malufar-agora-da-cadeia//emailpopup

[3]  : http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2017/05/24/rouba-mas-faz-e-malufar-agora-da-cadeia//print

© 2010 R7.com. Todos direitos reservados.