Tendo perdido o controle do espetáculo na sessão anterior, Gilmar Mendes resolveu partir para o tudo ou nada. Logo no início do terceiro dia de julgamento, sem passar a palavra ao relator Herman Benjamin, o  presidente do TSE colocou em cena três... Continue lendo