Ricardo Kotscho

Comentários

Feed RSS para comentários sobre este post.

O URL de TrackBack deste post é: http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2010/02/02/receita-para-quem-perdeu-documentos-rezar-uma-salve-rainha/trackback/

  1. Koscho,vou sugerir um assunto a corrupção endêmica no DF,as escolas e os hospitais públicos,estão em penúria,várias escolas interditadas pela defesa civil,e os corruptos daqui,não são punidos,observando-se que há denúncias gravíssimas,contra o Governador,Vice-Governador,Presidente da Câmara Legislativa,Procurador Geral do MPDFT,membros do Tribunal de Contas,quase a totalidade dos Secretários de Estados,Diretores de Autarquias,membros do judiciário,etc,uma verdadeira máfia,como vc achou seus documentos,faça um comentário sobre porque não funciona a punição a curruptos no Brasil,porque não há nenhum Jader Barbalho preso,só vai para a prisão ladrão de galinha,nesse país,tente nos explicar um jornalista experiente e conceituado,porque não há só um corrupto preso no Brasil,porque só o que rouba sabonete em supermercado é preso,é dificil de se entender o nosso judiciário,aqui em Brasília-DF.,é uma tristeza,não há reação e os ladrões estão entocados,o governador há sessenta dias não sai as ruas,porque o judiciário é complacente com esse máfia camorra Braziliense.

    Comentário por Rodrigo Alves — 2 de fevereiro de 2010 em 13:04

  2. Estimado Ricardo boa tarde!

    Será que funciona para memória?

    Peraê rezar oquê mesmo?

    Bem deixando as brincadeiras de lado, o que vale é a fé !

    Mas tem também uma santa que ajuda a ver, acredito ser Luzia!

    Tinha até um lance que minha mãe as vezes repetia quando perdia alguma coisa, tipo: Santa Luzia passou por aqui com seu cavalinho comendo capim!

    Até hoje eu não sei se era a santa ou o cavalo, pois a imaginar que a Santa estivesse em cima do cavalo galopando pelos prados e olhando altivamente para a frente , mais fácil seria pro animal encontrar qualquer coisa que estivesse para baixo , isto se ele não enfiasse a cabeça em uma árvore malvada no meio da estrada!

    Bem: "Que bom que vocês encontraram os seus documentos." Já se livrou do Perdetempo, que aliás melhorou em muito a obtenção de documentos. Sem ele seria bem pior!"

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

    Comentário por Manoel Ferreira — 2 de fevereiro de 2010 em 13:13

  3. Kotscho, sei quem rezou a Salve Rainha várias vezes este ano até o "deste desterro mostai-nos"................e tá aguardando as AGUAS de MARÇO passar.........e junto um tal MONTE (bola nossa), e um tal de DITABRANDA.........
    .
    .
    PS.: estava de mal contigo desde o post sobre e contra o mst......mas já PASSOU.

    PS.: a reza pra São Longuinho já conhecia, a Salve Rainha se e quando precisar vou testa-la.

    Abraços!!!!!!!!

    Comentário por Vanda — 2 de fevereiro de 2010 em 13:14

  4. Kotscho, já passei por isso - ter que refazer documentos - e é muito, muito chato. Mas, para quem gosta de Estado grande, como a maioria por aqui gosta, não há do que reclamar. Essas pessoas, inclusive, devem se sentir orgulhosas - quanto mais certidões, maior o controle, maior a força do Estado, certo? Brasil-sil-sil!!!

    Curioso - tantas certidões, tantos registros e 50% do país está na informalidade. O fato é que quanto maior fica o Estado, mais burocrático ele se torna. Isso é fato - não existe empresa, pública ou privada, que tenha simplificado processos à medida que crescia. O que ocorre é sempre o contrário, quanto mais se cresce, mais burocrática a organização se torna.

    Triste - enquanto você Kotscho é obrigado a se submeter a filas e burocracia para provar que é uma pessoa de bem, o Presidente, numa penada, manda uma banana para o TCU e continua tocando suas obras como se o errado fosse o TCU e não o a obra.

    O Estado não precisa provar nada, nem se submeter a nada, Políticos de fichas sujas disputam eleições e ocupam Ministérios e nada precisam provar. Agora, tente você tentar tirar uma @%&#* de um passaporte e veja quantas certidões e documentos te exigem.

    Essa é a "democracia" que a turma PT, PSDB, DEM e PMDB gostam e admiram - convenhamos que, de democracia, só leva o nome. O que temos aqui é um descarado autoritarismo, sustentado pelo voto obrigatório.

    Comentário por Renato — 2 de fevereiro de 2010 em 14:17

  5. são longuinho pra mim funciona, mas não pode esquecer de cumprir a promessa dos três pulinhos, senão na próxima o santo emburra... rs... parabéns, ótimo assunto... estou tentando escrever todo dia... que nem você...

    Comentário por Marcia Scherer — 2 de fevereiro de 2010 em 14:31

  6. Eu não acredito que eu li isso.

    Comentário por Maurício — 2 de fevereiro de 2010 em 15:04

  7. Caro Ricardo:

    Na maioria das vezes que perdemos alguma coisa, principalmente documentos pessoais, parto do princípio de
    que eles não estão perdidos, mas sim não lembramos onde os ditos cujos foram guardados. Normalmente isto acontece a partir do momento em que a nossa memória começa a falhar, e ao entrarmos na casa dos "enta" começamos a esquecer de determinados procedimentos em nossa casa. Sempre que um amigo ou parente fala que
    irá mudar de residência eu lhes dou uma caixa de sapato e
    peço para guardar toda a documentação lá dentro, e não tirar a caixa de sapato debaixo do braça em momento algum!
    Cerca de 10 anos atrás eu perdi o meu RG e CIC , os quais
    eu procurei por todo lugar, até em minha casa na praia e não os encontrei. Acabei fazendo o Boletim de Ocorrência na
    delegacia e providenciei a segunda via de cada um, antes de ficar bastante preocupado com o que poderiam fazer com
    os documentos perdidos. Final da história, os documentos
    foram achados dentro de um livro que eu acabei emprestan-
    do a um amigo, livro esse que eu estivera lendo naquela época de férias.

    Comentário por Paulo S.Arruda — 2 de fevereiro de 2010 em 15:35

  8. Caro Ricardo.
    Sempre que perco minhas chaves, recorro à intercessão de Sto. Antônio. Até hoje deu certo. Dizem que São Longuinho é mais rápido- já fui atendido por este santo.
    Agora, a Salve Rainha vou tentar quando precisar.
    Os santos são nossos intercessores no céu.
    Grato!
    Pe. Raimundo Rosimar

    Comentário por Pe. Raimundo Vieira — 2 de fevereiro de 2010 em 16:17

  9. responso de sto antonio é bom...Uma vela "usada" para neguinho do pastoreio, aqui no sul, é INFALIVEL....rs

    Comentário por conceicao — 2 de fevereiro de 2010 em 16:26

  10. realmente dá certo, aprendi com minha madrinha há muitos
    anos, e não é so para dctos perdidos, rezo qdo alguém sai de casa ou viaja e demora muito voltar , rezo até o trecho mostrai, e digo o neme da pessoa, num instante já me dão
    notícias

    Comentário por sueli — 2 de fevereiro de 2010 em 16:33

  11. Gente, pra São Longuinho são só os 3 pulinhos; esse negócio de 3 gritinhos deve ter sido uma biba que ensinou (caiu na viadagem hein...kkkk) ... e... Manoel, Sta Luzia com o cavalinho é pra sair cisco do olho - Sta Luzia é a protetora dos olhos e o cavalinho que come capim, come os ciscos de dentro do olho, oras......

    Comentário por EVA — 2 de fevereiro de 2010 em 16:35

  12. Eu tbm conheço as simpatias (ou pedidos) pra são Longuinho (sempre infalível) e o responsório de Sto. Antonio (esse é mais longo e mais demorado).

    A Salve Rainha é novidade pra mim

    Comentário por Márcia — 2 de fevereiro de 2010 em 16:36

  13. Ah!!! Tenho um assunto pra um possível post.

    Lula elogia serviço público de saúde (UPA) mas vai tratar seus problemas de hipertensão em hospital particular. hehehe.

    Tem coragem????

    Comentário por Márcia — 2 de fevereiro de 2010 em 16:39

  14. Ricardo eu liguei para um amigo que já perdeu o filho dentro da sua casa, o seu cachorro dentro do carro e a sua sogra só de sacanagem nas areias do Deserto do Saara!

    Ele bastante experiênte com o lance de perder me enviou umas dicas as quais sugiro a você que leia com carinho:

    Dicas para perdedores de objetos de pessoas e de cachorros(Repare que aqui não consta a sogra!)

    1 Não procure pelo objeto! (Espere até ter uma idéia de onde procurar. E os próximos métodos irão te ajudar nisso!)

    2 Não é o objeto que está perdido e sim, você! (Você já parou pra pensar que talvez seja você que está perdido, e não aquelas chaves ou o guarda chuva?)

    3 Preste atenção nos 3 C s : Os 3 c s são:

    Conforto
    Tenha certeza de estar confortável em uma cadeira ou sofá, você pode tomar um chá ou algo que lhe agrade

    Calma
    Depois tente liberar sua cabeça de qualquer pensamento inquietante. Imagine ondas do mar batendo em seus pés ou que você está em um jardim repleto de pássaros e flores.

    Confiança
    E finalmente, diga a você mesmo que você VAI encontrar o objeto perdido.

    Agora sim, você está pronto para começar uma procura sistematica

    4 O objeto está onde deve estar! (Acredite ou não, as coisas sempre estão onde elas devem estar.)

    5 "Correnteza" Doméstica (Esses objetos sofrem correnteza doméstica, eles podem estar em qualquer lugar da casa ou quintal.)

    6 Você está olhando exatamente para ele! (Sabia que é possível olhar diretamente para um objeto que esteja procurando mas não vê-lo?)

    7 Efeito camuflagem: (Estava embaixo de alguma coisa? Não, ta legal, passemos ao 8° passo!)

    8 Pense no que passou! (Imagina a cena de quando você estava com o objeto, você estava lá na última vez que o viu.)

    9 Procure uma vez, procure bem (Encontrou?). Não? (Então volte e faça novamente o “circuito completo” )

    10 Zona "Eureka" =(A maioria dos objetos perdidos estão onde você imagina, desde que você pare por um momento e imagine!)

    11 Investigação! (Se você ainda não encontrou o objeto é hora de "recriar a cena do crime". Encontre o detetive que existe em você e procure sua própria trilha.)

    12 Não foi você: (Chegue nas pessoas e pergunte "Por acaso você não viu meu..." (com tato, claro” )

    13 Que será, será ! (Você fez o que pode então relaxe e aceite o destino de seu objeto...)

    Método é método e eu não vou questionar isto !

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

    Comentário por Manoel Ferreira — 2 de fevereiro de 2010 em 16:47

  15. Entre rezas e festas, entre corruptos e asseclas, entre todos que mantém as crendices que norteiam a falta de ciencia e tecnologia. Perder algo é normal, mas pedir ajuda a divindades, elfos, bonecos imóveis, às águas marinhas, as núvens do céu revela o estagio da evolução mental da imensa maioria dos brasileiros presos a ritos e mitos que há séculos lavam como as águas da Iegambá a mente dos crentes e simplórios mortais.
    Tudo isso muito bem usado por políticos, mídia, religiões e todos que tentam manipular o livre pensar.

    Comentário por Stonis — 2 de fevereiro de 2010 em 16:48

  16. Sabe, devias ter mais respeito com a fé alheia... Oração não é "simpatia", nem pirraça, do tipo "só rezo pra vc até o fim se eu encontrar"... Não é joguinho de "eu faço isso vc me dá aquilo". Tudo bem, reze por aquilo que você precisa, peça sim pra Nossa Senhora, mas poxa... ela não é nossa escrava. E não vai fazer pirraça com você se você rezar até o fim, pelo contrário, isso só vai agradá-La!

    Comentário por Izabel — 2 de fevereiro de 2010 em 16:50

  17. Prezado Ricardo,
    Sempre que perco algo, recorro a essa oração e sempre deu certo!!!!!

    Comentário por Koscho — 2 de fevereiro de 2010 em 16:51

  18. Apelo sempre para o sao longuinho e normalmente da certo. Mas junto uma pitada de pesquisa cientifica que sempre diz que o objeto perdido estara a poucos metros do ultimo lugar que voce lembra te-lo visto....mas essa do Salve Rainha foi muito boa, vou usar para casos mais complicados...

    Comentário por ALe — 2 de fevereiro de 2010 em 16:58

  19. Ricardo esta vai e quebra:
    Curiosidades sobre os Santos a quem se recorrem para se encontrar algo perdido:
    São Longino ou Longuinho, como é popularmente conhecido, é um santo da Igreja Católica. Viveu no século primeiro, tendo sido contemporâneo de Jesus Cristo e, acredita-se, que tenha sido o centurião na crucificação, que reconheceu Cristo como "o filho de Deus" Em virtude dos pouquíssimos relatos existentes sobre a vida desse santo, também pode ser encontrado como tendo sido o soldado que "perfurou Jesus com uma lança" (João 19:34), provavelmente pelo fato do nome ser derivado do grego e significar "uma lança".
    De acordo com relatos dos Evangelhos, em razão de ao por do sol iniciar-se o Shabat, para que os corpos dos condenados não profanassem o dia santo, suas pernas deveriam ser quebradas para apressar a morte. Chegando a Jesus, viram que já estava morto, então um dos soldados, no lugar de quebrar seus pés, perfurou o corpo de Jesus com uma lança, como forma de certificação do óbito. O líquido saído de Jesus teria respingado em seus olhos, curando-o instantaneamente de uma grave doença ocular. Assim o soldado se converteu e abandonou o exército, transformou-se num monge a percorrer a Cesarea e a Capadócia, atual Turquia.

    Comentário por Manoel Ferreira — 2 de fevereiro de 2010 em 17:02

  20. Essa reza é perfeita e da certo mesmo, não falha uma.

    Comentário por norma souza — 2 de fevereiro de 2010 em 17:07

  21. Essa foi boa !

    Todo mundo já passou por isso.
    De uma hora para outra cade dos documentos ??
    A gente vai procurando e vai achando outras coisas. Quando a gente desiste é que aparece.

    Fotografias pra documento também gostam de sumir.
    Chave da porta quando a gente volta de viagem.
    Documento de transferencia do carro.
    Caderneta de vacinação.
    E comprimido pra dor de cabeça então, é so precisar e sair procurando que a gente acha todos os comprimidos que comprou pra dor de dente.

    E ferramentas ?
    Procura uma das vinte chave philips que se tem em casa, cade?
    Pilha é bom de sumir também, e quando é pra colocar no relogio de parede da cozinha, esqueça, compre logo

    Certificado de garantia ? Se quebrar alguma coisa na garantia durante o ultimo mês de validade nem vá procurar, pague o conserto; pode pagar que ele aparece.

    Cartão telefonico, cartão com numero do telefone do oculista, cartão com o bonus na pizzaria. cartão com o numero do autoeletrico.

    O guarda chuva foi inventado pra sumir, não perca tempo lamentando, adquira logo o seu.

    E guarda chuva é gozado, aonde eles vão parar ? Eu ja perdi tantos e nunca sei de alguem que os encontre. Deve ter um buraco negro no universo onde eles vão parar.

    Nem nas leis de murphy há algo registrado, não há lenda, simpatia, que os traga de volta. Já mandei até voltar os registros do controle das cameras é nada.

    Guarda chuva é mistério.

    Comentário por Jucapirama — 2 de fevereiro de 2010 em 17:12

  22. Gostaria de uma oração para afastar o PT, o PSDB, o DEM e o PV do Brasil rss

    Será que tenho que rezar um Vade Retro para São Bento????

    Comentário por Rodrigo — 2 de fevereiro de 2010 em 17:16

  23. Você deve ser obreiro do Edir Macedo!

    Comentário por Mário — 2 de fevereiro de 2010 em 17:16

  24. Caro Ricardo,
    Só para informação:
    1) A cédula de identidade não leva muito tempo não. Perdi há alguns anos atrás e consegui tirar uma nova em 7 dias no Poupa Tempo de Santo Amaro.
    2) O CPF é um pouco mais demorado (cerca de 30 dias). Vem pelo correio após solicitação em algum posto da Receita Federal.
    3) Título de Eleitor: Esse é bravo. Quando precisei tomei uma tremenda canseira no Posto Eleitoral (será que é sse mesmo o nome?). E ainda demorou quase 60 dias pra sair.

    Já foi muito pior Ricardo. Meu falecido pai precisou tirar um novo Certificado de Reservista na década de 70 e levou quase 6 mêses para que o exército localizasse o processo em que constava que meu pai fez o chamado "tiro de guerra" em 1942, inclusive tendo sido convocado para a campanha na Itália em 1944.
    Ainda bem que "Salve Rainha" te ajudou. Um abraço companheiro.

    Comentário por Johnny — 2 de fevereiro de 2010 em 17:17

  25. Kotscho, você é engraçado pra caramba, sabia? rsrs
    Só neste Balaio a gente encontra uma variedade imensa de assuntos.
    Essa da Salve Rainha é novidade pra mim também...rs.

    Ah!!! Em tempo: amanhã a humilde filial do teu Balaio, o nosso Boteco, completará um aninho de vida. Eu comemoro muito por todos os presentes que você, indiretamente, me deu. Obrigada!

    Beijinhos

    Comentário por Aliz — 2 de fevereiro de 2010 em 17:27

  26. crendice popular é algo muito sério. Realmente acontece coisas que nos fazem ficar boquiaberto e temerosos em duvidar de tais forças.
    Salvo as orações a qual realizamos intimamente com nosso Deus, os outros tipos de manifestações são um apoio ao que muitos exotéricos chamam de firmar o pensamento.
    Quando voce ora com fé uma Salve Rainha, mãe de Deus..., com fé, você esta realizando uma forte operação energética pelo seu subconsciente que te leva a achar ou ver exatamente o que procuraras.
    è a força do pensamento funcionando como , acender uma vela para tal santo, ou rezar uma novena para que tal coisa venha acontrecer e acaba acontecendo.
    Uma vez, na casa da minha mãe, que era evangélica, estavam fazendo toda quinta feira uma reunião de oração para que um pai de santo que se mudou para perto da igrja deixase o lugar, fosse embora, coincidencia ou não, em tres meses o pai de santo morreu! È o que um mestre espiritual um dia falou para mim:" Cuidado com o que pedes em oração por que podes conseguir!" A força do pensamento é fantastica, a força que temos para a criação é enorme só que a desconhecemos, não sabemos trabaçhar com ela, então, surgem as crendices como plataforma para essa energia fluir e realizar casos.
    Acho bonmito estas crenças, folcloricas. Acho bonito a fé do povo, as peregrinações de milhares de sertanejos a estátua de Padre Cícero para agradecer uma graça por ele atendida. Mal sabem da real história do Pe. Cícero naqueles sertões, mas para que saber? O que importa é a fé e a intenção no coração de quem pede. São as varias formas do religare que cada um tem e temos que respeitar pois na realidade, todos os caminhos levam a Deus.
    A Salve Rainha que sua esposa recitou, recitou com fé, ou seja recitou energizando o subconsciente que a levou onde estava os documentos. Mas, a Da. Mara, rezou com muita fé se não não empregnaria os nucleos do inconsciente com a tarefa pedida.
    Agora, antes que alguem me jogue bosta, os santos também são poderosos firmamentos. Eles existem e são espiritos de luz prontos a nos ajudar quando somos verdadeiros, não todos os santos, mas muito deles formam realmente a falange de anjos a serviço de Deus, que aliás, é o mais importante desta história toda.
    Hoje, dois de fevereiro é o dia de Yemanjá, na Bahia, tem uma festa que se realiza a 80 anos ponde oferendas são feitas para o Orixá do mar, cada oferenda vem acompanhada de um pedido ou um agradecimento, é o firmar pensamento, é a plataforma para a fé, a qual a intenção que manda.
    Hoje é dia da Marmota nos Estados Unidos, se a marmota sair da toca e olhar para sombra, o inverno vai durar mais seis semanas.
    E tantas coisas da crença popular existem, que realmente passamos a acreditar no sobrenatural quando na verdade é super natural.
    Que bom que acharam os documentos pois a burocracia do estado, de qualquer estado nem com ladainha, novena, culto ecumênico, gira de umbanda, missa e oferendas aos Orixás consertam estas mazelas.

    Comentário por marcus benedictus candian rangel — 2 de fevereiro de 2010 em 17:34

  27. Caríssimo KOTSCHO, uma sugestão de pauta : estabelecer uma comparação entre o q disse o presidente do IBOPE( Carlos montenegro) em 29 de abril de 2009 ( neste balaio aqui ), e os atuais resultados das pesquisas eleitorais divulgados pelo vox populi e cnt/sensus....que tal ? Ah , tem alguns politicos da oposição precisando de um ''salve rainha''.....abraços kotscho

    Comentário por jean carlos — 2 de fevereiro de 2010 em 17:51

  28. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    Nada como um texto "leve" depois de tanta aporrinhação.

    Mas incrível como o pessoal politíza até isso.

    Mas vamos lá!

    Quando perco algo, eu primeiro sossego, e em seguída faço uma varredura mental, e física em todos os lugares possíveis, e depois também os impossíveis.
    O objeto perdido antes de tudo, tem que estar em algum lugar. Não desapareceu.
    Depois faço um interrogatório sobre os últimos fatos com as pessoas ao meu redor, ou as que tíve os últimos contatos.
    Normalmente o objeto é encontrado no último lugar que eu pensaría em procurar.
    A única oração que faço então, é de agradecimento. Nada mais.

    Agora eu vou "politizar" um pouquinho também.

    Gostaría de pedir ao São Longuinho, e se possível a todos os Santos, para que nossos administradores dos nossos impostos, ponham a mão na consciência, e ENCONTREM logo a vergonha na cara.
    Devem ter perdido em algum lugar muito difícil de encontrar.

    ...se isso acontecer, dou quantos "pulinhos" o Santo quiser.
    viro cambalhotas, e dou saltos mortais.

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

    Ps. Ricardo, voce respondeu para um xará, que não consta na lista de comentários.

    Comentário por Robson de Oliveira — 2 de fevereiro de 2010 em 17:53

  29. Acredito que possa dar certo... mesmo sem algo que prove...
    Sempre recorro a São Longuinho...
    Não cometa o crime de não agradecer depois de ter seu pedido atendido...
    Abços

    Comentário por Carina — 2 de fevereiro de 2010 em 17:58

  30. OBRIGADA, VOU USAR!

    Comentário por Carina — 2 de fevereiro de 2010 em 18:01

  31. Caro Kotscho

    Eu não conheço dessas "rezas bravas" mas conheço quem conhece: Toninho Novaes !!!
    Toninho Novaes era um vizinho que eu tive na infância e era marceneiro de ofício. O principal, pois além desse também no mesmo endereço onde funcionava a sua marcenaria, ele também atendia clientes com dores de dente embora jamais tivesse estudado odontologia. Era "prático". Mas o que dava dinheiro mesmo pra ele era a "tenda de umbanda que funcionava também no mesmo local - Teria sido ele o precursor da "multi diversidade" em prestação de serviços ?
    Isso eu não sei, o que sei é que o Toninho dava jeito de "achar" por preços bem baratinhos, TUDO o que estivesse perdido. Marido, dinheiro, emprego, saúde, DOCUMENTOS, guarda-chuvas, chaveiro, mulher que se perdia na vida, homem também, a casa, o rumo de casa, a coragem, a fé, a verdade, enfim...Tudo o que se pode perder nessa vida, MENOS UMA COISA: A VERGONHA NA CARA !!! Ele jurava que pra quem já tivesse perdido a vergonha, não tinha reza ou "trabaio" que desse jeito, perdeu, tá perdiida pra sempre !!!,
    Pois bem...A minha Tia Penha, morreu em 1971 aos 26 anos em consequencia da Distrofia Muscular Progressiva ( coisas da minha família ) e foi de insuficiência respiratória já que havia lhe atrofiado o músculo diafragma responsável pela respiração. Mas quando já desenganada por todos os médicos, tudo o que lhe fosse "oferecido" quanto a milagres, ela aceitava de boa e até com muito humor, ( quando o caso ) se divertia mas respeitando sempre qualquer religião.. Foi assim que ela pouco antes da sua partida conheceu o Toninho Novaes, o nosso vizinho "multi uso". Como a "tenda de umbanda" era ao lado de casa, íamos lá toda a família acompanhar a minha tia querida para as "fartas'" sessões de descarrego, "trabaios" e demais rezas bravas na tentativa de achar alguma coisa que já estava definitivamente perdida. Nós éramos pequenos ( meus primos e meu irmão ) e tudo aquilo era muito engraçado, não sabíamos direito o que era e para nós, o "terreiro" era um circo e o Toninho era um "mágico" já que acendia com charuto a pólvora na mão sem se queimar, virava uma taça com vinho pra baixo sem derramar, trocava de personagem ( seus "guias" ) e de roupa a cada momento pra impressionar seus "clientes", enfim, ERA UM ESPETÁCULO !!! Fora o batuque e as musicas tocadas pela sua mulher e os dois filhos que eram demais !!! E tome, "caboclo Ori de Tupinambá", exú "Pagão", "Maria Geralda", "Pai Preto de Angola" e mais "entidade" e mais "guia" e mais, muito mais. Eu só não entendia o que era "cavalo", descobri só depois. Minha tia depois que voltávamos pra casa sempre se sentia melhor, Mas é claro !!! Ela acabava era divertindo a todos nós quando comentava o que tinha acontecido nas sessões morrendo de rir, imitava direitinho cada um dos "guias" o que deixava todos nós mais animados, pois ela tinha encontrado uma forma de descontrair todo aquele seu drama. Ela era muito engraçada.
    MAS TINHA UM PROBLEMA: Meu Tio Zé Ferreira !!! Família mineira, de forte tradição católica, tinha nele o baluarte da fé e da religiosidade . Esse meu tio mais velho, que morava na cidade de Passos não poderia em nenhuma hipótese saber dos novos "caminhos místicos" que a parte paulista da nossa família ensaiava seguir. Era uma pedra, um messiânico carola tinhamos medo dele, tudo era pecado , tudo que não estivesse na Bíblia era motivo de castigo e de punição divina, apesar disso era respeitadíssimo por todos daqui e também pelos de lá. Certa noite chegou de surpresa para visitar a irmã caçula e doente. Chegou na minha casa e vendo tudo fechado, perguntou para a vizinha onde poderíamos estar e essa "faladeira" de pronto apontou a "marcenaria" logo ali em frente. Ele entrou no galpão com aquele seu terno preto e o silêncio foi generalizado. Menos o Toninho Novaes que nem imaginava quem fosse aquela figura gigante e empinada e continuo no seu "surugunguê" até que o meu tio Zé Ferreira gritou
    - Que palhaçada é isso aqui ? Que trouxe voces para o inferno ?
    Só aí é que acabou o batuque e o "cavalo" "desincorporou" na mesma hora ( descobri aí o que era "cavalo" !!! ) O "santo" subiu feito um raio e o tio Zé Ferreira puxou um terço do bolso, abriu a sua Bíblia e começou a rezar em tom alto ao mesmo tempo que arrastava um por um da família de volta pra casa. Seu sermão foi pior que a excomunhão que aquele Bispo de Recife fez recentemente com a mãe daquela menina que foi estuprada e fez um aborto. Em meio a vergonha e o silêncio das catacumbas, o Tio Zé Ferreira ficou com a minha tia Penha só mais umas duas horas e sem se despedir de ninguém :voltou para Passos e ficamos um bom tempo sem ter mais notícias e o com o abandono imediato do Terreiro de macumba do Toninho Novaes. A Tia Penha ainda ía lá vez em quando pra voltar e trazer as suas risadas que dividia conosco, mas ía sozinha e dizia "não estar nem aí" Um ano depois ela morreu. Meu TioZzé Ferreira veio pro enterro quando nos convidou ( exigiu ). que fossemos para Passos para a inauguração da sua nova sede de atividade religiosa que o tornou famoso por lá. Pediu que levássemos também o Toninho Novaes. Pensamos que o tio Zé Ferreira queria converte-lo de uma vez e de qualquer forma e em nome da Igreja
    Chegamos lá e no endereço da "sede" um casarão bonito e iluminado, muita gente na rua, velhos, crianças doentes, cadeirantes, muletas pra tudo que é lado, todos inflamados na fé e relatando os milagres do meu tio Zé Ferreira !!!
    A placa era assim:
    "Tenda de Umbanda Ori de Tupinambá" do iluminado e escolhido "PAI" ZÉ FERREIRA !!!
    Do Toninho Novaes só ouvimos um grito de espanto e de lamentação :
    -"FUI ROUBADO !!!" NA FÉ E NA CARA DURA !!!"
    Os "guias" e "santos" que o Toninho Novaes recebia eram os mesmos e com todas as cores e trejeitos dos que qgora incorporavam o "CAVALO NOVO" que foi era o ex-rato das sacristias, o ex-carola e mais dura que a pedra na sua fé !!!

    Kotscho !!!!
    Essa história é verdade e aconteceu. o meu tio Zé Ferreira també, já morreu, o Toninho Novaes eu não sei onde anda mas a julgar pelos acontecimentos já deve estar hoje em dia "ministrando".sua fé como Pastor de uma ;Igreja Evangélica qualquer por aí. Sabe como eu sei ?
    Como o Toninho também era "prático"em arrancar os dentes, nessa semana eu vi num desses programas evangélicos na televisão QUE O FIEL QUE ENTREGAR O SEU DENTE DE OURO PARA AQUELA IGREJA terá seu caminho encurtado para mais perto de Deus !!!!

    E eu ?
    Eu cresci, e estou criando as minhas filhas na religião católica MAS professando a Fé na igreja que existe dentro da gente e assim eu NÃO PERCO NADA com isso e não precisarei procurar NENHUMA REZA BRAVA quando me sentir perdido !!!
    A minha reza é bem calma, suave e honesta !!!

    Comentário por Enio Barroso Filho — 2 de fevereiro de 2010 em 18:10

  32. Boa tarde Ricardo, ficou uma duvida, adiantou a reza, conseguiu achar?

    Tem gente que diz, é melhor perder dinheiro do que perder documento.
    Com certeza, imagine os docmentos caindo nas mãos de pessoas inescrupulosas onde é que vão usa-los, para que fim serve os dados?
    Assisti pela tv senado um pronunciamento do Senador Pedro Simon e muito me agradou, dizia ele naquele dia, devia-se fazer uma identidade, baseada em código de barras das digitais desde que uma criança nasce, evitando-se assim duplicidades e uso indevido de documentos de terceiros, principalmente da classe trabalhadora e pessoas humildes.
    Para essa mudança nesse progeto tem que haver um cadastro geral num banco de dados e um leitor ótico das digitais de cada cidadão, facilitaria inclusive a identificação correta, em qualquer órgão.

    Comentário por Paulo Barbosa — 2 de fevereiro de 2010 em 18:32

  33. Para precaver-se o melhor é não andar com TODOS os documentos importantes, como Cédula de Identidade, CPF,
    certidão de casamento, cartões de débitos e de créditos, cartões de bancos, carta de motorista, etc
    Andar somente com aqueles extritamente necessários e deixar os outros em casa, em local conhecido por quem deixou e pelo cônjuge ou parente que more junto.
    Outros documentos tirar xerox e andar com o xerox.
    Só os documentos que tem que ser o original, usá-lo e colocá-lo no tal local conhecido..

    Comentário por Gentil — 2 de fevereiro de 2010 em 18:38

  34. Ricardo. Jesus disse em seus ouvidos e você não deve ter escutado o seguinte: Não foi a oração que te ajudou e sim a fé nela depositada. Ok? Um abraço.

    Comentário por ANIBAL DOS SANTOS FILHO — 2 de fevereiro de 2010 em 18:44

  35. se estab reza é boa pra achar, queria encontrar uma pra sumir, eu rezaria todos os dias e o dia inteiro pra sumir estes politicos corruptos, olha que eu ia ter que rezar muiiiiiiiiiiiiiito.

    Comentário por zulmira — 2 de fevereiro de 2010 em 18:45

  36. Creio que não leu todo o texto do Kotscho. A esposa, Mara, achou, após procurar novamente, em um lugar que não costumava guardar. Esse projeto do Senador Simon é bem interessante e certamente facilitaria a identificação do cidadão.

    Comentário por Gentil — 2 de fevereiro de 2010 em 18:54

  37. ERRADO!!! Esse conselho é bom pra quem perdeu o cérebro e acredita em seres inexistentes! Funciona mesmo! Igual milagre!

    Comentário por Piá — 2 de fevereiro de 2010 em 19:18

  38. Considerando que existem mais de um "santo" para cada dia do ano, percebe-se que lá, como cá, os mais espertos é que se dão bem. Cá, dos 270 milhões de brasileiros - afirmam algumas pesquisas -, menos de 1% é conhecido pelo resto. Como prova disso pego você mesmo, leitor: nomine aí em sua mente os brasileiros que vc conhece ou ouviu falar! No máximo vai lembrar de 30! (Óbvio que vc deve desconsiderar membros da família). E o pior: irá lembrar exatamente nesta ordem: política, religião, poder público e um ou outro do resto de nós, pobres e falíveis mortais. E juro: corruptos, bandidos e "salvadores da pátria" serão alguns dos nomes que lembrará. Lá, se ainda não sei como a coisa funciona, imagino ser tudo mais ou menos parecido: Sto. Antônio, São Pedro, São Longuinho, Sta. Clara, São João e Sra. Aparecida são os campeões de audiência cá. O resto é tão somente resto, como nós, anônimos e/ou quase anônimos. Por essas e outras é que, antes de prometer dar pulinhos ou cambalhotas, prefiro o Maluco Beleza quando nos ensina ficar com a boca cheia de dentes arreganhada esperando a morte chegar... De qualquer forma, foi um prazer a leitura de seu texto. Retrata nosso povo ainda com fé e esperança (difícil, sabemos, principalmente no cercadinho feito cordeiros); é cultura popular e, respeito a isso é igual tomar canja de galinha: não faz mal, alivia fome e nos dá ânimo.

    Comentário por Marcanto — 2 de fevereiro de 2010 em 19:22

  39. dá certo sim., eu já conhecia, foi uma madrinha quem me ensinou, uso tbém para outros objetos perdidos, inclusive qdo alguém de casa sai ou viaja e demora chegar rezo e logo me dão notícias

    Comentário por sueli — 2 de fevereiro de 2010 em 19:27

  40. Carissimo ênio
    Adorei o seu texto! Sim, porque ele é muito para ser tachado somente de "comentário"
    Vc devia escrever um livro! Sua vida deve ter sido deveras interessante, aliás , poque não um blog??
    garanto que o kotcho até te recomendava...rsrs
    Aplausos calorosos para vc
    Elciane lacerda

    Comentário por elciane lacerda — 2 de fevereiro de 2010 em 19:29

  41. Muita gente não acredita, mas da certo. Eu já fiz. Fui atendido.

    Comentário por Valdeir — 2 de fevereiro de 2010 em 19:41

  42. Legal, essa eu não conhecia.
    Mas sou adepta e fã do São Longuinho. Nunca falha!!!
    É só prometer e depois pagar os tres pulinhos!!!!

    Comentário por Rosane — 2 de fevereiro de 2010 em 20:17

  43. Ricardo Kotscho, escreve sobre os causos que o vice-presidente José Alencar conta a você ou, então, somente as boas, do cotidiano no Planalto da época em que você trabalhou lá, aliás, poderia ser uma sequência do "Do golpe ao Planalto". Deculpe-me de está dando picica no seu trabalho, então, escreve sobre o que você quiser.

    Comentário por dalvo — 2 de fevereiro de 2010 em 20:52

  44. Ei, Kotscho! Deixe de baboseira, vamos falar de coisa séria. O que você achou da pesquisa eleitoral? O Serra tá numa esquina de bico? E o teu "amigo" Montenegro, continua sustentando a profecia de que o governador "tá eleito"? Queremos saber a tua opinião sobre essas coisas que importam para o futuro do país, e a gente sabe que você trabalhou lá na "cozinha" do poder. Tem o que dizer, mas fica enrolando com essas rezas tolas e análises meteorológicas. Vamos mudar de assunto, meu caro?

    Comentário por A.L.Mirri — 2 de fevereiro de 2010 em 20:55

  45. É verdade meus amigos, mas tudo isto junto com a fé.
    Mamãe, nascida em 1914 em meio a uma revolta da época, sempre rezava a salve rainha do mesmo jeito que voce disse, mas quando tinha tempestade, trovoada, e quando terminava a trovoada, ela termina de rezar. E nunca aconteceu nada de mal conosco, como raio, enchente e etc...

    Comentário por idreno — 2 de fevereiro de 2010 em 21:43

  46. Eu acho que em 2010, com a polarização do discurso e a afluência de radicais ensandecidos da web em todo e qualquer blog que disser um AI de qualquer posição política que seja, enchendo-os de palavrões em maiúsculas, creio que o melhor a se fazer é fugir mesmo das manchetes. :-)

    Comentário por Leonardo Kenji Shikida — 2 de fevereiro de 2010 em 22:20

  47. Que leveza de comentário. Gostei muito. De vez enquando é muito bom esquecer os assuntos costumeiros. Acho que faz bem a você e aos leitores. Também já recorri a São Longuinho várias vezes e ele nunca me deixou de atender. Numa delas foi quando dei por perdida uma pequena imagem de São Cristovão que foi de meu pai e que carrego dentro da minha carteira para me proteger em todos os meus caminhos. Um dia dei pela falta da mesma fiquei muito chateado e fiz o pedido a São Longuinho. O tempo passava e sempre me lembrava da pequena medalhinha de São Cristovão como não acreditando que a tivesse perdido e também sem aceitar a idéia de comprar outra imagem. Depois de mais de 6 meses perdida a encontrei no bolso detrás de uma calça jeans que já devia ter sido vestida e lavada diversas vezes nesse período sem que eu nem ninguém desse por ela. Minha primeira reação ao achá-la foi um grito de contentamento que assustou minha esposa que veio ver o que tinha acontecido e então ainda com grande alegria falei: Acabei de receber uma graça. Logo depois dei os três pulinhos em agradecimento ao São Longuinho. Relatos como esse e também o seu e dos colegas participantes é uma prova inconteste de Fé que remove montanha. Nossa Senhora, São Longuinho, Santo Antonio são os portadores aos quais recorremos para demonstrar a nossa fé para que se materialize se execute os nossos pedidos.

    Comentário por Francisco — 2 de fevereiro de 2010 em 22:42

  48. Prezados colegas Kotscho e Mariana
    Uma vez o saudosíssimo D. Luciano Mendes de Almeida (ainda era auxiliar de S. Paulo) perdeu a agenda em Roma (como foi no famoso ônibus 64... para quem conhece Roma... deve ter sido furto). A agenda de D. Luciano era das coisas mais preciosas do mundo, com anotações de alguns dos compromissos mais importantes do Brasil e do mundo, vocês sabem disso). Ele se lembrou da piedade popular e acreditou nela: rezou para Santo Antônio. Disse que foi infalível. Dois dias depois recebeu um telefonema da Santa Sé dizendo que tinham achado uma agenda com o nome dele depositada numa das caixas dos correios do Vaticano (naquele tempo - antes dos mensalões - ainda existiam "bons ladrões", se é que foi mesmo furto).
    Eu ouvi pessoalmente D. Luciano dar esse testemunho e o transmito para aumentar as chances de nós, brasileiros, nos livrarmos de algumas "perdições".
    Abraço do
    Domingos Zamagna

    Comentário por Domingos Zamagna (jornalista) — 2 de fevereiro de 2010 em 22:51

  49. No meu caso faço o seguinte:
    Procuro me lembrar onde deixei o documento, vou onde deixei e pronto.

    Comentário por Loira Inteligente — 2 de fevereiro de 2010 em 22:54

  50. Ainda bem, Kotscho, que você e sua esposa pertencem à um segmento religioso Cristão que não tem preconceitos; senão, coitado do escrevente Juliani.
    A Fé é um sentimento muito complexo e difícil de explicar com poucas palavras. Na realidade somos uma máquina que nada difere de um computador. Somos uma parte física e outra virtual, e na parte física exitem filamentos que interligam pontos levando informações codificadas para abrir certos programas que usamos sem saber como, por que e pra que.
    Para conseguirmos resultados desejados são necessários algumas ferramentas que emitam sinais para os comandos superiores, o subconsciente, e só através do consciente dispomos dessas ferramentas.
    Ferramentas podem ser qualquer simbologia que, dentro de nossa cultura, desperta a Fé. Uma imagem, palavras com conteúdos auto-sugestivos, gestos, etc, são objetos que despertam e fortalecem esta Fé. Águas Bentas, fitinhas, fogueiras, aneis, santinhos, estátuas e por que não as Orações que tem um peso imensurável.
    O nosso subconsciente nos guia quando recebe esses comandos vindo do consciente. Daí, chegamos aos resiultados. Mas que nunca esqueçamos de agradecer à Deus por essas maravilhas.
    Existem segmentos religiosos que "rasgam" trechos da Bíblia para adequá-la às suas pregações e seus dogmas. Manipulam trechos que lhes interessam, porém, não conhecem o porquê e tão pouco as consequências que sofreram os contraditores ou o por quê daqulas atitudes em determinados tempos.

    Podemos citar alguns exemplos típicos de Fé manifestada por ações e simbologias quando lemos Mateus 9,20-22
    Mateus 9,20-22
    Nesse momento, chegou uma mulher que fazia doze anos vinha sofrendo de hemorragia. Elafoi por trás, e tocou a barra da roupa de Jesus, porque pensava: "Ainda que eu toque só na roupa dele, ficarei curada." Jesus virou-se, e, ao vê-la, disse: "Coragem filha! Sua FÉ curou você." E, desde esse momento, a mulher ficou curada.

    Também, quando lemos Números 21,6-9
    Então Javé mandou contra o povo serpentes venenosas que os picavam, e muita gente de Israel morreu. O povo disse a Moisés: "Pecamos, falando contra Javé e contra você. Supleque a Javé que afaste de nós estas serpentes". Moisés suplicou a Javé pelo povo. E Javé lhe respondeu: "Faça uma serpente venenosa e coloque-a sobre um poste: que for mordido e olhar para ela, ficará curado". Então Moisés fez uma serpente de bronze e a colocou no alto de um poste. Quando alguém era mordido por uma serpente, olhava para a serpente de bronze e ficava curado.

    Não citarei exemplos em que fui atendido pela Fé por ser uma extensa lista. Foram muitos e creio piamente na intersecção de Maria, mãe de Jesus, junto ao seu Filho e junto à nosso Pai Criador de todas as coisas. As Bodas de Canaã foi onde Jesus deixou isto bem claro.

    Comentário por Ezio José — 3 de fevereiro de 2010 em 00:22

  51. Boa noite Kotscho

    Abrí o notebook imaginando um post para discussões e, encontrei , kkkkkkkkkkk esse, esse, nem sei dizer o que é.

    Foi bom, vou dormir sem discussões.

    Boa noite.
    Abraços
    Reginaldo Gadelha

    Comentário por Reginaldo Gadelha — 3 de fevereiro de 2010 em 00:30

  52. Uma informação. Para quem não conhece a capela de São Longuinho, fica em Guararema/ SP e a última vez que a ví, precisava de reparos, ainda conservava sua sigeleza de época antiga. Vale a pena visitá-la, bem como a antiga estação ferroviária, da então Estrada de Ferro Central do Brasil, das marias fumaças, hoje inativa e o saudoso rio piscoso Paraiba do Sul que banha aquela cidade.

    Comentário por Brasil de Abreu — 3 de fevereiro de 2010 em 00:32

  53. Caro Kotscho

    Esse negócio de reza é muito complicado. Depende muito da ocasião e da "precisão". Para alguns funciona que é uma beleza enquanto que para outros,,,

    REZA BRAVA !!!

    Um sujeito chegou no bar e gritou:

    - "Me vê uma pinga aí !!! "

    O balconista encheu o copo e advertiu:

    - "Aqui, todo mundo que toma pinga joga um pouco no chão e oferece pro santo !!!

    O freguês deu uma banana com o braço.
    - "Pro santo ? ... eu dou é uma banana !!! Óia aqui ó !!!

    No mesmo instante, o braço do "caba" endureceu de tal forma que não se mexia.

    - "O que aconteceu?" gritou o "caba" desesperado.

    - "O senhor ofendeu o santo !!! eu não disse ? E ele te castigou !!!. Mas como é a primeira vez que o senhor vem ao bar, vou resolver isso."

    O balconista chamou todos os fregueses e pediu que rezassem todos juntos em voz alta. O braço do sujeito foi voltando ao normal novamente e aquele susto passou.
    Um velhinho viu tudo e ficou impressionado Foi ao balconista e pediu uma pinga também. Tomou tudo de um só "golo" ( como diz o outro querido "véinho" e vice Presidente do Povo, Zé Alencar ).
    O balconista perguntou:

    - "E pro santo?"

    O "véinho" abaixou as calças e tirou a "minhoca" dele pra fora e mostrou:

    - "Aqui pro santo, ó !!!

    A "minhoca" do "véio" endureceu na hora. E ele sacando de um revólver pro alto gritou:

    - "E o primeiro filho da puta que rezar aqui, eu mato e mando pro inferno !!!"

    Tem hora que é bom não rezar, né não ? Ou então é por demais perigoso !!!

    Comentário por Enio Barroso Filho — 3 de fevereiro de 2010 em 02:09

  54. Caríssima Elciane Lacerda

    Eu agradeço de coração o incentivo e as palavras mas como pode ler, eu nem sei escrever direito. Erro muito. Quem escreve !muito bem! por aqui é aquela "turminha da Kombi" ( os 6% que acham o Brasil uma desgraça ) e que vivem aqui só corrigindo a "gramática alheia". Pensam que aqui é o Blog do Prof° Pasquale sabidos e doutos que são !!!
    Mas eu tenho sim o meu blog, conto minhas histórias, meus "causos" de militância petista, dou meus "pitacos" e vou tocando o meu "trem".
    Basta clicar aí acima no meu nome sublinhado que já cai lá !!! Todos aqui deveriam ter um endereço nem que fosse o e-mail para que a gente pudesse se comunicar também fora do nosso Balaio. Se a tal "ferramenta" existe por que não dela se utilizar.
    Mas não conta pra "turma da Kombi e do contra" porque se não eles vão lá para me encher o saco como já fez o Gadelha há um tempo atrás. Foram 31 ofensas num "post" só !!! Mas eu já perdoei o "cumpadi" e agora estamos na paz !!!

    Obrigado de novo !!!

    Comentário por Enio Barroso Filho — 3 de fevereiro de 2010 em 02:27

  55. Ricardo, bom Dilma com muita alegria!!!
    De fato, a Salve Rainha é uma prece poderosa e se algo perdido for importante ou de grande valor, rezá-La de trás prá frente não falha, a mãe de Jesus é providencial, é só lembrarmos o que ela fez nas bodas de Caná da Galiléia, e a alegria da festa continuou, por ser seu filho o próprio vinho novo......
    E por falar em alegria vc viu que o Cara desacelerou e a Dilma já encostô no governadô pedagiante e traidô, que desrespeita e desmerece 80% dos professô que se encontraram numa provinha ontê, especialidade de uma fabriqueta chamada psdb, ou seja pior salário do brasil...

    Comentário por Sergio Fioravante Alvarez — 3 de fevereiro de 2010 em 03:31

  56. É triste ver um Jornalista com a credibilidade, experiência e a competência de um Ricardo Kotscho usar um espaço tão importante para falar desse tipo de besteira.
    Concordo com o A.L. Mirri.
    É o apocalipse...

    Comentário por ABNER — 3 de fevereiro de 2010 em 07:21

  57. Para não esquecer os documentos, guarde-os junto ou perto do dinheiro. Tem como esquecer?
    E essa da Salve Rainha eu não sabia.
    Kotscho, outra coisa.
    Voce já fez as contas de quanto custa a tinta dos cartuchos das nossas pequenas impressoras de jato de tinta?
    E os próprios cartuchos?
    Tem um cartucho que tem o conteúdo de 5ml de tinta, e pelo preço, o litro de tinta então chega a mais de
    R$ 10.000,00.

    Comentário por jg — 3 de fevereiro de 2010 em 07:23

  58. Gostei, bom ler algo assim antes de começar o dia,histórias 'banais' são parte integrante de nossas vidas.
    fez-me lembra d´uma nota de quinhentos mil cruzeiros - a com o índio , o negro e o branco-que apareceu onde não estava e pagou nossa conta de luz,faz tempo...
    tudo de bom pra ti .

    Comentário por moliveira — 3 de fevereiro de 2010 em 07:40

  59. O que há de gente falando disso já virou chatice.

    Comentário por Anonimo.com — 3 de fevereiro de 2010 em 07:57

  60. Loira inteligente não esquece, posto que, nunca decorou.

    Comentário por Anonimo.com — 3 de fevereiro de 2010 em 08:00

  61. Caro Ricardo, esta mesma situação me ocorreu esses dias. Quando perdi meu celular em um shopping center, aqui mesmo em Brasília. Procurei pelos corredores, fiz ligações, fui no achados e perdidos e nada do celular aparecer. Ao fim da tarde, desisti e fui aproveitar o passeio com minha namorada. Resultado? Encontrei o celeluar quando retornei ao carro. Lá estava ele, caido no banco de trás. Só não foi Salve Rainha, mas valeu do mesmo jeitooo..Abração, ótimo texto.

    Comentário por Vinícius Ferreira — 3 de fevereiro de 2010 em 08:17

  62. Prezado Ricardo, Bom dia...

    Se rezar uma "Salve Rainha" ajuda a encontrar coisas perdidas, acredito que já passou da hora do nosso solerte governador, o twittero da madrugada anômala, José Serra, começar a rezar um terço diário só delas.

    E não custa nada também, ao acordar, alí pelo meio dia, dar os pulinhos e gritinhos para São Longuinho. Nunca se sabe de onde pode vir ajuda quando estamos desesperados...

    Assim, quem sabe ele não reencontra o rumo perdido de sua "teórica" campanha presidencial.

    Forte abraço.

    Comentário por Bento Bravo — 3 de fevereiro de 2010 em 09:23

  63. Olá Ricardo
    Lendo os comentários dos Balaieiros, chego à conclusão de que existem orações para todos os casos/problemas que desesperam as pessoas.
    Acho que contra as enchentes em São Paulo só o Toninho Novaes, amigo do Enio é quem resolveria o problema. Como, provavelmente, ele já tenha partido dessa para outra se conclui que não há santo ou reza que nos livre das enchentes.
    Abraços

    Comentário por JoãoBand — 3 de fevereiro de 2010 em 10:02

  64. Olá Kotscho!!
    Adorei!!
    A mãezinha sempre vem nos ajudar! E acho que não é necessário exatamente o Salve Rainha, mas sim recorrermos a ela!
    Alias pessoal, já que gostam tanto de política se todos nós rezássemos Salve Rainhas para achar melhores políticos acho que ajudaria muito!!!!!

    Comentário por Josiane — 3 de fevereiro de 2010 em 11:10

  65. Marcia, nossa social-democracia é hipócrita.
    Político só se auto-proclama "do povo" até a porta do hospital. Pergunte para qualquer uma das lideranças do PT ou PSDB quando foi a última vez que entraram numa fila do SUS. Ou em que escola pública os filhos estudam. Ou seja é bom pros outros - pra eles não.

    A social-democracia é o maior conto do vigário que já chegou por essas terras. São os picaretas do welfare-state. Triste é ver que a bozozada ainda cai - e vai continuar caindo por muito tempo.

    Comentário por Renato — 3 de fevereiro de 2010 em 11:35

  66. Ricardo!
    Também sou jornalista e fã de tudo que vc escreve. Fiz faculdade lendo seus livros, e posso dizer que me orgulho de ter colegas tão brilhantes como vc!
    Abraços, sucesso sempre!

    Comentário por Márcia — 3 de fevereiro de 2010 em 11:38

  67. Pois é Renato, canso de escrever isso por aqui, mas o povo ainda idolatra e reza pela saúde dos políticos....fazer o q, + importa a saúde dos políticos do q do povo....

    Comentário por Luisinho — 3 de fevereiro de 2010 em 12:18

  68. sempre convoco São Longuinho para me socorrer nestes momentos de aflição... e NUNCA falhou...

    Comentário por nANCI — 3 de fevereiro de 2010 em 12:29

  69. Será que o Salve Rainha serve para encontrar-mos ou aplicar-mos vergonha na cara de políticos ?
    Quem sabe dá certo!
    Reginaldo Gadelha

    Comentário por Reginaldo Gadelha — 3 de fevereiro de 2010 em 12:48

  70. Realmente, agora me lembrei do Stanislau Ponte Preta,
    Será que a crônica é que faz a pauta e não a pauta que faz a crônica...
    A piedade popular só é ridícula para quem não passa os sufocos do dia a dia, eu tive a infelicidade de perder meu passaporte na Espanha, mandei um email para a embaixada e fiz uma prece para Santo Antonio....bem, Santo Antonio me ajudou e meu passaporte foi encontrado e entregue no achados e perdidos do Metro , já a embaixada não respondeu meu email até hoje.....e olha que já se passaram uns 5 anos.
    Valhei-me Santo Antonio

    Comentário por Donizete — 3 de fevereiro de 2010 em 15:32

  71. Manuel,
    Acho que vc se confundiu. Santa Luzia é invocada para ajudar em casos de ciscos nos olhos. A invocação:
    Santa Luzia passou por aqui com seu cavalinho comendo capim.
    Abraços
    Vanda

    Comentário por vanda — 3 de fevereiro de 2010 em 19:01

  72. E novamente nosso povo brasileiro inovando com suas crenças. Pode falar o que for, o ateu-brasileiro crê! E crê ser o super homem de Nietzsche onde tudo é possível sozinho, desde que se tenha uma ''mãozinha'' seja ela simpatia, energia superior ou o ser superior, risos. Nós cremos, arriscamos e conseguimos.

    Comentário por Mayara Jacques — 5 de fevereiro de 2010 em 08:15

  73. PUBLIQUE ESTA ORAÇÃO E TERÁS UMA SURPRESA AINDA ESTA SEMANA: Dindin... dindão ainda este ano ganharei o meu primeiro milhão, pelas forças do trovão eu marcarei os seis numeros do meu cartão e ganharei o meu primeiro milhão para comprar a minha mansão e também o meu maravilhoso carrão. Depois que eu publicar esta oração terei uma grande inspiração para poder ganhar nesta grande premiação. Daí no próximo verão viajarei de avião para conhecer Campos de Jordão isto não será nenhuma ostentação mas sim para mim muita diversão. Dindin... dindão publique esta linda oração e logo verás uma rápida transformação Din-din... din-dão entre no site http://www.realalternativa.net e tenha uma grande revelação após baixar gratuitamente o áudio da mega-sena tenha em mãos a apresentação em power point sobre a lei da atração para se sentir de posse desta premiação dentro do seu coração. Aqui fica o nosso abração para uma pessoa que apartir de agora terás determinação, visão e revelação. .................................................................................. .................................................................................. ......................................... ORAÇÃO PARA FICAR RICO oração da mega sena oração para ganhar na loteria oração dos milionarios . oração dos ricos. oração para ganhar na mega sena. oração da riqueza oração da prosperidade simpatia para ganhar na loteria VEJA TUDO ISTO E MUITO MAIS PELO SITE: http://www.realalternativa.net ............INFALÍVEL.....FUNCIONA!!!!!!!!!!!!!!!!!!.......................................... Pelas forças do trovão tudo que eu faço não é em vão vou comprar a minha mansão e conhecerei o mundo todo viajando de avião... Marcarei os seis números do meu cartão para ganhar nesta magnífica premiação... Terei a feliz alegria de viajar no verão para Campos de Jordão guiarei o meu própio carrão depois que eu ganhar o meu primeiro MILHÃO!!! Não quero ser famoso e nem aparecer na televisão só quero paz e diversão... pra isso não vou fazer bolão mas terei uma revelação com os seis números que me fará ganhar um dinheirão para que eu leve um vidão. Não adianta nenhum tipo de bajulação pois não dividirei parte da minha premiação. A todos deixamos aqui um abração e não se esqueçam que a vida é mais que arroz e feijão pois temos que usar sim a lei da atração para que haja uma manifestação. Entre no site e aprenda mais sobre a tal meditação que lhe fará ganhar o seu primeiro MILHÃO... vc sentirá uma enorme emoção o que lhe fará alcançar a perfeição na hora de vc marcar o seu cartão. Vc de inicio já se sentirá de posse desta premiação por meio de uma singela sensação que brotará em seu coração. Lembre-se que para toda reação tem que haver uma ação por isso vc tem que usar a lei da atração para ganhar o seu primeiro milhão. Entre no site da Real Alternativa (www.realalternativa.net) e adquira determinação, visão e transformação. http://www.realalternativa.net PUBLIQUE ESTA SIMPATIA EM DOIS FORUNS DIFERENTES, EM SEGUIDA JOGUE NA MEGA-SENA E VC RECEBERÁ A VISITA DA MÃE SORTE!

    Comentário por Marcia — 25 de fevereiro de 2010 em 10:59

  74. ...rezar uma “Salve Rainha”, até o trecho que fala ”deste desterro mostrai-nos…”.
    Servirá não somente para encontrar documentos,mas para vários outros temas; Ex:-Por favor mostrai o melhor caminho que devo tomar para conseguir me curar de tal e tal doença, 2- mostrai a melhor maneira de resolver tal ou tal assunto. No entanto ficar atento a própria intuição, a resposta vem por alguma palavra que se ouve, texto que se leia. Repetir diariamente e ficar atento que a resposta sempre vem; Pedi e serás atendido.

    Comentário por Maria Lopes — 20 de abril de 2010 em 14:05

Deixe um comentário

Quebras de linhas e parágrafos são automáticos, os endereços de email nunca são exibidos, HTML permitido: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Fechar esta janela.

0,304 Powered by WordPress