Não é novidade para ninguém as inúmeras barreiras de acessibilidade que as pessoas com deficiência enfrentam em cada canto desse Brasil.

No que tange ao dia a dia das pessoas com deficiência visual a coisa pode ficar ainda mais séria, porque muitas vezes os obstáculos aparecem sem que a pessoa os perceba.

Não é atoa que muitos colegas cegos vivem batendo a cabeça nas armadilhas das ruas e calçadas por ai. E foi pensando justamente nesse tipo de problema que um garoto de 14 anos, estudante de um curso de tecnologia em Belo Horizonte, teve a ideia de criar um boné capaz de avisar a pessoa cega sobre eventuais obstáculos na altura da cabeça.

Um rapaz cego segurando um boné e conversando com um garoto próximo a uma bancada de trabalho.

O Faça Parte foi lá conferir esse protótipo e, para mostrar na prática como funciona, eu levei o Lucas Vicente, um colega cego super autônomo e independente, para testar o dispositivo. Confira a matéria e compartilhe!

Lembrando, se você tiver alguma sugestão, denúncia ou relato para o nosso quadro, envie para: facaparte@recordminas.tv.br

Clique aqui para acessar a nossa playlist completa.