De todas as denúncias que recebemos no Faça Parte, sem dúvidas os problemas com acessibilidade no transporte público coletivo são os mais frequentes. Trata-se de um problema crônico que infelizmente se repete nos quatro cantos do Brasil.

Esse assunto já foi pauta de outros episódios do nosso quadro, mas no Faça Parte dessa quarta (30) nós preparamos uma matéria especial, reunindo vários flagrantes em diversos locais da região metropolitana de Belo Horizonte a fim de mostrar uma dura realidade que muitos políticos, gestores públicos e empresários insistem em ignorar.

Elevador de um ônibus emperrado

O município de Contagem e a capital mineira (que tem o preço de passagem mais caro do país), seguem entre as cidades com maior número de relatos de humilhações e constrangimentos.

Na forma da lei o direito acessibilidade não pode ser concedido pela metade. Se um elevador não funciona o ônibus nem deveria sair da garagem. Mas o grande problema continua sendo a falta de fiscalização. Enquanto as prestadoras de serviço público não sentirem no bolso o peso do constrangimento de cada usuário com deficiência a situação não vai mudar.

Assista a matéria, conheça a realidade e saiba o que fazer diante desse tipo de violação de direitos. Seguimos firmes no controle social e aguardando uma fiscalização descente.

Clique aqui para acessar a playlist com todas as matérias do Faça Parte! E quem tiver alguma sugestão pode enviar para nossa equipe através do e-mail: facaparte@recordminas.tv.br.