27
agosto
às 17h47

Adriano Bezerra de Andrade foi agredido até a morte por causa de uma briga de vizinhos por um terreno, no bairro de Austin, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. Ele era amigo do proprietário que sobreviveu ao ataque de quatro homens. Os criminosos teriam atirado na direção do dono do terreno e do amigo dele, mas Adriano não conseguiu fugir e foi levado para um matagal onde foi agredido até a morte. Tiago Batista e Rafael Oliveira, suspeitos de terem cometido o crime, foram presos.

Mais um crime cometido por motivo fútil e tolo. Vê se pode tirar a vida de alguém por uma briga de terreno? É o que sempre digo: falta mais amor às pessoas. Aonde vamos parar, em?!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
25
agosto
às 16h41

Viviane Silva Carvalho foi agredida e teve a casa incendiada pelo ex-companheiro em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A cabeleireira viveu durante oito anos com Moisés Gomes de Souza, de 28 anos, mas, segundo ela, nos últimos quatro anos vinha sofrendo ameaças. A vítima relata que já tinha tentado fugir de casa diversas vezes. Ainda segundo Viviane, Moisés usava cocaína e era imprevisível.

A polícia fez o trabalho dela e já prendeu o suspeito.  A vítima também fez o certo em buscar a separação do suspeito que, segundo ela, era obsessivo e ciumento. No Cidade Alerta nós cansamos de mostrar casos de companheiros que agridem mulheres por ciúmes ou obsessão. Por isso, fica aqui o nosso alerta para as mulheres.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
24
agosto
às 20h17

Na época do Balanço Geral eu tinha um bordão muito conhecido: escracha. Mas, agora, a frase de efeito mudou. No comando do Cidade Alerta Rio, fiquei conhecido nas ruas pela interpretação do nome da novela da Rede Record: Os Dez Mandamentos. É muito legal acompanhar o reconhecimento do povo e ver o quanto a população gosta do trabalho de toda equipe da Record. Obrigado, Rio!

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
20
agosto
às 19h12

A atendente de telefonia Elisangela dos Santos Pinto foi vítima de uma tentativa de assassinato. O crime ocorreu em Itaguaí, região metropolitana do Rio. O ex-marido Edinaldo de Souza Moraes tentou matar a mulher enquanto ela voltava para casa de biclicleta após deixas as filhas na escola. Um dia antes, ele recebeu uma intimação para pagar a pensão da filha.

Que covardia com essa mulher. Ela correu atrás do direito dela — receber pensão da filha do casal — e foi covardemente atacada. Que agora ele seja culpabilizado pela tentativa de homicídio e que seja homem o suficiente para garantir o amparo à filha dele.
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
18
agosto
às 16h09

Guilherme Frisch Barbosa, de 21 anos, foi preso suspeito de matar Marcos Henrique Chaves Ribeiro, marido da amante do acusado . Ele foi preso por policiais da Divisão de Homicídios em um baile funk em Quintino, zona norte do Rio . O crime ocorreu quando o esposo encontrou a mulher e o amante juntos na cama e começou a brigar com o homem . O marido acabou morto com um tiro no peito. A família acredita que a própria mulher encomendou o crime e preparou a emboscada.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
17
agosto
às 16h21

Está preso o homem suspeito de matar um amigo de infância por causa de uma moto no valor de R$ 5 mil em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.  Valter Duarte de Andrade, de 18 anos, compareceu a delegacia para prestar depoimento e acabou preso. A vítima foi Lucas Calisto, de 17 anos, foi morto com dois tiros em junho deste ano.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
14
agosto
às 15h43

Um dos bandidos que poderia assumir o lugar do traficante Playboy foi morto em uma troca de tiros com a polícia nesta quinta-feira (13). Jean Piloto, conhecido como "Já morreu", atuava no controle do tráfico na comunidade da Quitanda, em Costa Barros, zona norte do Rio. Ele era considerado por Playboy o número um em ações de roubo, por isso o  sobrenome "piloto" .

A gente sabe que bandido brota a todo momento. Primeiro foi o Playboy, agora o Piloto. Ainda sim, um terceiro traficante vai assumir o comandado da facação criminosa a que os criminosos mortos pertenciam. Mas mesmo assim, tenho que parabenizar a polícia do Rio pelo trabalho de combater o tráfico no complexo da Pedreira e do Chapadão. Ah, e o "Já morreu" foi tarde!
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
13
agosto
às 15h48

A mãe do traficante Playboy fez um desabafo em uma rede social. Ela pede a Deus para que acalme o seu coração e a ajude a criar os netos. No texto, a mulher ainda agradeceu aos moradores do Complexo da Pedreira, em Costa Barros, zona norte do Rio, onde Playboy atuava.  O traficante foi criado em Laranjeiras, na zona sul do Rio. Mas a vida de classe média não o impediu de entrar para uma quadrilha aos 15 anos.

A gente pode entender a dor da mãe que perde o filho. Infelizmente, desde que o playboy optou pelo mundo do crime, essa mãe já poderia esperar o pior. E foi o que aconteceu.
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
10
agosto
às 20h03

Veja essa história: uma mulher pulou de ônibus em movimento na Rodovia Presidente Dutra para fugir de um assalto. Quatro bandidos armados entraram no veículo e anunciaram o roubo. A mulher ficou assustada e saltou do ônibus para fugir dos criminosos. A polícia conseguiu prender três dos bandidos.

A violência é o nosso maior problema. A gente corre o risco desde o momento em que colocamos o pé fora de casa. E numa atitude desesperada, essa mulher pulou do ônibus para se safar do assalto. Ninguém aguenta mais a insegurança no Rio. Pelo menos a mulher passa bem.
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
07
agosto
às 15h08

Um homem armado com uma faca invadiu uma agência bancária na tarde desta quinta-feira (6), no Méier, zona norte do Rio. Testemunhas contaram que o suspeito teria se revoltado com o atendimento e ameaçou matar a gerente. O homem também quebrou objetos do local, como computadores.

Veja só. Aonde vamos parar? Temos que reconhecer que muitas vezes o atendimento em agências bancárias ou órgãos do governo não são os ideais, mas sair quebrando tudo ou ameaçando as pessoas também não é o correto. Vamos ter mais calma e mais amor também!
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks