12
novembro
às 13h36

Gente, vocês lembram do bebê de 10 meses que morreu ao ser esquecido por horas dentro de um carro, em Volta Redonda, na região sul fluminense? Para quem desconhece o caso, o pai deveria ter levado a criança para a creche, mas a menina dormiu, ele saiu do veículo e deixou a filha.

Clóvis Perrut Mantilla escreveu uma carta emocionada em seu perfil no Facebook, no último sábado (10). Veja o texto escrito pelo pai:

“Senhor, se possível, me leva para junto de ti e devolve a minha anjinha de volta para essa terra. Mas se essa não for a sua vontade, eu sei que não posso falar mais com ela, só o senhor pode me ouvir. Então, por favor, leia isso para ela: meu anjinho, minha Manuzinha, você é o meu coração e ele morreu por minha culpa, mas eu nunca quis te causar nenhum mal. Enquanto eu levava seu corpinho ao hospital, eu pedi ao papai do céu para me levar no seu lugar. Mas ele te escolheu, porque você será um anjo mais belo e puro e esse mundo terrível não é digno de você. Espere o papai aí. Em breve estaremos juntos. Só não sei o dia, mas eu, a mamãe e o Juan iremos nos reencontrar com você no céu. Os dez meses e dez dias que você esteve conosco foram os mais belos, felizes e maravilhosos de nossas vidas. Sempre vou te amar, meu anjinho. Até daqui a pouco. Papai”.

carta450 Pai que esqueceu filha em carro escreve carta emocionada na internet

Clovis escreveu o texto ao lado da foto da mulher e da filha. Foto: reprodução internet

Clóvis foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ele pagou fiança de R$ 12.644 na Delegacia de Volta Redonda (93ª DP) e responde pelo crime em liberdade.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com