Brasil

23/7/2013 às 18h57 (Atualizado em 23/7/2013 às 19h21)

“Eu acho que o Obama está nos ouvindo aqui. Um abraço, negão”, diz Lula sobre espionagem americana

Ex-presidente fez piada com as denúncias de que os EUA têm sistema de vigilância no Brasil

Carolina Martins, do R7, em Brasília

Lula se encontrou com Obama em julho de 2009 e lhe entregou de presente uma camiseta da seleção brasileira autografada Wilson Pedrosa/09.07.2009/Estadão Conteúdo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva brincou, nesta terça-feira (23), com a suspeita de que os Estados Unidos têm um esquema de vigilância telefônica e digital para obter dados sigilosos de pessoas e empresas brasileiras. No início do mês, documentos vazados pelo ex-agente da CIA (Agência de Inteligência Americana) Edward Snowden mostraram que o Brasil também foi alvo da espionagem dos Estados Unidos.  

Ao relembrar a primeira conferência de países da América Latina e do Caribe, realizada sem a presença de países ricos, como Estados Unidos e Canadá, Lula questionou o interesse do presidente americano, Barack Obama, em assuntos brasileiros.  

— Agora quer até ficar escutando nosso telefone? Eu acho que o Obama está nos ouvindo aqui. Um abraço, negão!  

Visita e encontro do papa com Dilma viram piada na internet

Leia mais notícias de Brasil e Político

Lula sobre ministérios: 'Não tem que diminuir nem aumentar'

As declarações foram dadas durante uma palestra no Festival da Mulher Afro Latino Americana e Caribenha, em Brasília. O ex-presidente foi recebido ao som de “Lula, guerreiro do povo brasileiro” e ganhou homenagem de um grupo afro da capital federal.  

Durante mais de uma hora de discurso, Lula fez questão de lembrar medidas adotadas no governo dele para reduzir a pobreza e a miséria no País.   

Ele declarou que, como presidente, parou de encarar o pobre como um problema estatístico e começou a pensar na parcela da população menos favorecida como “como parte essencial da solução”, estimulando o consumo e facilitando o crédito.  

Lula também se posicionou politicamente sobre as críticas ao grande número de ministérios do governo Dilma Rousseff, defendeu o programa Mais Médicos e a reforma política por meio do plebiscito.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Justiça

Chocolate, livro, chinelo: veja casos "insignificantes" que acabaram no STF

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Aviação

Academia da Força Aérea abre as portas e o R7 foi conferir o poder aéreo das FAB

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Duro na queda!

Novos blindados do Exército resistem a explosões e atingem alvo a 2.000 metros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Relacionamento

Amor na política: conheça os casais que se formam nos bastidores da vida pública

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Brasil

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!