Frigorífico citado na Carne Fraca diz que não foi notificado sobre suspensão de importações

União Europeia, China e Coreia do Sul teriam negado compra de carne

Do R7

Em comunicado enviado no início da tarde desta segunda-feira (20), a BRF disse que não foi informada sobre a suspensão da importação de carne da companhia por outros países.

— Diferentemente do que vem sendo noticiado, a BRF informa que não recebeu nenhuma notificação oficial das autoridades brasileiras ou estrangeiras a respeito da suspensão de suas fábricas por países com os quais mantém relações comerciais, incluindo Coreia do Sul e União Europeia.

China e Coreia do Sul teriam informado ao Ministério da Agricultura a suspensão da importação de carnes brasileiras, em consequência do escândalo provocado pela Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal na sexta-feira (17). No caso da China, os embarques programados para lá foram suspensos por uma semana.

Já a Coreia do Sul bloqueou apenas os embarques da BRF, especificamente. As informações foram confirmadas na manhã desta segunda pelo Ministério da Agricultura.

Além disso, um porta-voz da Comissão Europeia afirmou à agência de notícias Reuters que as autoridades daquele continente monitoram as empresas envolvidas na Operação Carne Fraca com objetivo de suspender as importações de produtos brasileiros.

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!