Brasil

22/8/2013 às 00h11

Mensalão: ministros retomam julgamento com análise dos recursos de Valério e Delúbio

Na última quarta-feira foram negados todos os recursos dos quatro réus julgados pelo STF

Kamilla Dourado, Do R7, em Brasília

Ministros retomam julgamento pelos recursos do operador do mensalão Antônio Cruz/ ABr

Nesta quinta-feira (22), os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) começam a apreciar os recursos daquele que é considerado o operador do esquema do mensalão, Marcos Valério, e do ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares.   

No recurso apresentado pela defesa de Valério, condenado a 40 anos de prisão, os advogados alegam que o publicitário deveria ter sua pena reduzida, já que colaborou com as investigações.

A mesma estratégia foi utilizada na semana passada pelo ex-deputado Roberto Jefferson e rejeitada pelos ministros do Supremo.   

Leia mais notícias no R7

Já Delúbio apresentou recurso em que pede a redução de pena pelo crime de corrupção passiva com base em mudanças na legislação. O antigo tesoureiro do PT quer se enqadrado numa lei mais branda que vigorava até novembro de 2003, por entender que o crime pelo qual foi condenado ocorreu nessa época.

Esse foi o mesmo recurso tentato pelo ex-deputado Bispo Rodrigues e que gerou polêmica e discussão entre os ministros Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski, relator e revisor do caso, respectivamente.

Por oito votos a três, os ministros rejeitaram o recurso, o que também deve acontecer no caso de Delúbio.    

Na última quarta-feira (21) foram mantidas as condenações dos ex-dirigentes do Banco Rural, Kátia Rabelo e Vinícius Samarane, do ex vice-presidente da instituição José Roberto Salgado e do ex-deputado Bispo Rodrigues.   

Discussão superada 

Os ministros do STF retomaram o julgamento do mensalão relembrando a discussão acirrada que culminou no encerramento dos trabalhos na semana passada.  O ministro Joaquim Barbosa alegou ser sua prerrogativa, enquanto presidente da Corte, tomar todas as medidas para que a Justiça ocorra "sem delongas".  

Logo após, a palavra foi repassada ao ministro Ricardo Lewandowski, que disse que o episódio da semana passada já foi superado.  

— Quero deixar esse episódio de lado, considerado ultrapassado, porque este tribunal, pela sua história, é maior do que cada um de seus membros individualmente considerados e do que a somatória de seus integrantes. Barbosa e Lewandowski, entraram em debate enquanto discutiam sobre a data do crime cometido pelo ex-deputado Bispo Rodrigues.  

O revisor do processo ainda agradeceu o apoio que recebeu de associações de magistrados e de setores da imprensa.   O ministro Celso de Mello pediu a palavra e disse que ninguém pode cercear o direito de voto de nenhum membro do Supremo.  

— Voto vencido é o voto da coragem. É o voto de quem não teme ficar só. O episódio que se manifestou é mais do que um mero acidente. Ele supera a esfera pessoal dos seus ilustres protagonistas para se projetar numa esfera institucional e constitui séria reflexão pelos juízes.  

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Justiça

Chocolate, livro, chinelo: veja casos "insignificantes" que acabaram no STF

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Aviação

Academia da Força Aérea abre as portas e o R7 foi conferir o poder aéreo das FAB

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Duro na queda!

Novos blindados do Exército resistem a explosões e atingem alvo a 2.000 metros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Relacionamento

Amor na política: conheça os casais que se formam nos bastidores da vida pública

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Brasil

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!