R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

29 de Julho de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Brasil/Notícias

Icone de Brasil Brasil

 

publicado em 03/08/2010 às 12h54:

Campanha de Dilma arrecada mais dinheiro
do que José Serra e Marina Silva juntos

Petista já arrecadou R$ 11,6 milhões, tucano e verde juntos R$ 8,25 milhões

Renan Ramalho, do R7, em Brasília

Publicidade

Em menos de um mês de campanha, a equipe da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, já conseguiu arrecadar mais que seus principais adversários juntos, José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV). Na primeira prestação de contas a ser entregue nesta terça-feira (3) à Justiça Eleitoral, o comitê do PT vai declarar doações no valor de R$ 11,6 milhões.

Adversário mais próximo de Dilma, o tucano José Serra conseguiu doações no valor de R$ 3,6 milhões, menos de um terço da petista. Marina Silva, a terceira colocada nas pesquisas, superou Serra nas doações, e já conseguiu R$ 4,65 milhões para sua campanha presidencial. Desse valor, pelo menos R$ 1 milhão foi doado pelo vice de sua chapa, o empresário Guilherme Leal, o candidato mais rico do país, com fortuna declarada de R$ 1,2 bilhão.

No total, os três principais candidatos arrecadaram R$ 19,85 milhões. Isso representa 4,6% dos R$ 427 milhões de gastos previstos por eles em toda a campanha, que dura no máximo mais três meses, em caso de segundo turno.

Os números apresentados hoje ao TSE mostram também o sucesso das equipes de cada campanha responsáveis por bater à porta de empresários. Os petistas já conseguiram captar 7,3% do que prevêem gastar: R$ 157 milhões. Já a campanha de Serra, que teve o orçamento mais salgado, de R$ 180 milhões, conseguiu doações de apenas 2% desse valor. Marina, cujo valor da campanha foi avaliado em R$ 90 milhões, já conseguiu 5,1% desse montante.

Apenas a campanha de Serra confirmou ao R7 quanto já gastou até agora: R$ 2,7 milhões, mas não detalhou no que o dinheiro foi aplicado.

Todas as declarações serão entregues ainda hoje por todos os candidatos. Nelas, não constam os gastos nem doadores. Essa informação só é declarada ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) 30 dias após a eleição.


Veja Relacionados:  sucessão presidencial, eleições 2010, campanhas eleitorais, arrecadação
sucessão presidencial  eleições 2010  campanhas eleitorais  arrecadação 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping