R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

29 de Julho de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Brasil/Notícias

Icone de Brasil Brasil

publicado em 30/04/2012 às 20h10:

Chanceler brasileiro diz confiar em
investigação da Bolívia sobre maus-tratos

Contudo, Brasil deslocou um pelotão de 30 militares para a fronteira

BBC Brasil

 

BBC

Publicidade

O chanceler Antonio Patriota afirmou nesta segunda-feira que a Bolívia se comprometeu a investigar supostas ameaças e agressões praticadas por bolivianos contra brasileiros na região da fronteira.

— Por enquanto eu não tenho nenhuma razão de duvidar da mais plena disposição boliviana em apurar exatamente o que aconteceu.

Contudo, um pelotão de 30 militares de uma unidade do Exército de Brasiléia foi deslocado para a fronteira na última quinta-feira e permanece no local.

Segundo denúncias, as agressões vêm sendo praticadas nos últimos dias contra brasileiros que vivem em uma faixa de até 50 km do lado boliviano da fronteira. Entre os crimes estariam incêndio de casas e roubo de gado.

A retirada dos brasileiros da região já havia sido estabelecida em tratado para ocorrer até o fim do ano. Contudo, o Exército boliviano teria reduzido o prazo para 25 de maio.

O Exército brasileiro abriu uma sindicância para apurar a suposta entrada de uma patrulha do Exército boliviano em território brasileiro. A invasão teria ocorrido em Capixaba (77 km de Rio Branco), em 25 de abril.

Preocupação

Na sexta-feira (27), o encarregado de negócios da Embaixada do Brasil em La Paz, Eduardo Sabóia, foi recebido na Chancelaria boliviana, e o secretário-geral das Relações Exteriores, Ruy Nogueira, conversou com o vice-ministro de Relações Exteriores boliviano.

O governo do Acre manifesta preocupação recorrente com a segurança aos brasileiros na fronteira com a Bolívia.

De acordo com a Agência Brasil o problema é antigo e foi detectado há cerca de quarto anos.

Uma das origens da crise é uma lei da Bolívia que estabelece que estrangeiros não podem ser proprietários de terras na faixa de 50 km ao longo da fronteira.

 
Veja Relacionados:  américa latina, top, bolívia, fronteira, patriota
américa latina  top  bolívia  fronteira  patriota 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping