R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

31 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Brasil/Notícias

Icone de Brasil Brasil

publicado em 19/12/2010 às 05h59:

Equipe de Dilma marca dois ensaios
para garantir “perfeição” na posse

Simulação, que ocorre neste domingo e no próximo, fará trajeto da presidente eleita

Mariana Londres, do R7, em Brasília

Publicidade

O grupo de trabalho que organiza a posse da presidente eleita, Dilma Rousseff, composto por integrantes da equipe de transição, dos ministérios das Relações Exteriores, da Defesa, e do Planalto, fechou, na última sexta-feira (17), as datas dos dois ensaios antes da cerimônia: este domingo (19) e o próximo (26).

A posse está marcada para o dia 1º, em Brasília, e cada detalhe é importante para que nada dê errado. A simulação tem o cuidado de reproduzir o percurso de Dilma e do vice, Michel Temer, e ocorre no mesmo horário da cerimônia oficial. O desfile no Rolls Royce presidencial, que abre o evento, só deve entrar no segundo ensaio.

A posse

Às 14h do dia 1º, Dilma embarcará no Rolls Royce em frente à Catedral de Brasília, e desfilará em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios até o Congresso Nacional. Se chover, o carro será fechado e o trajeto, alterado.

Ainda não se sabe quem acompanhará Dilma no carro aberto, mas a presidente eleita tem a prerrogativa de escolher. Como não é casada, ela pode optar pela filha ou pela mãe, mas também há a hipótese de ir sozinha.

Temer seguirá o desfile em outro carro, que vai logo atrás do da presidente eleita. Chegando ao Congresso, os dois serão recebidos na rampa de mármore pelo presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).

De lá, seguirão para o plenário da Câmara dos Deputados, onde assinarão o termo de posse. Antes disso, farão o juramento de “manter, defender e cumprir a Constituição Federal, observar leis, promover o bem geral do povo brasileiro, sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil”.


Dilma fará, então, o primeiro discurso como presidente, que será acompanhando pelos políticos no plenário e transmitido ao vivo pelas emissoras de TV.

Em seguida, Dilma e vice acompanharão a execução do Hino Nacional pela banda de Fuzileiros Navais, no gramado do Congresso. Em seguida, tiros de canhão encerrarão essa etapa. Ela voltará para o Rolls Royce e seguirá até o Palácio do Planalto.

Entrega da faixa

Lá, Dilma e Temer serão recebidos, no alto da rampa, às 16h30, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a primeira-dama Marisa Letícia, o vice José de Alencar e sua mulher. No parlatório, que fica na área externa do Palácio, voltado para a Praça dos Três Poderes, Lula transmitirá a faixa presidencial.

Já com a faixa, Dilma receberá os cumprimentos dos chefes de Estado e autoridades presentes dentro do Palácio do Planalto, no salão Leste. Às 17h, voltará ao parlatório, de onde fará o primeiro discurso à população.

Em seguida, Dilma empossará seus 37 ministros no interior do Planalto.

Terminada mais uma etapa, a presidente eleita irá para o Itamaraty, onde, a partir das 18h30, participará de um coquetel para autoridades e missões estrangeiras.

Foi confirmada a presença de 14 chefes de Estado e governo, entre eles a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

 


Veja Relacionados:  posse, transição, dilma rousseff
posse  transição  dilma rousseff 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping