R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Brasil/Notícias

Icone de Brasil Brasil

publicado em 17/02/2012 às 17h00:

Lula recebe alta após terminar tratamento
contra o câncer, mas médicos vetam Carnaval

Segundo hospital, ex-presidente deve descansar em casa durante o fim de semana

Do R7


Publicidade

Após 33 sessões de radioterapia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concluiu nesta sexta-feira (17) o tratamento contra o câncer de laringe e deixou o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

De acordo com o hospital, onde ele estava internado desde sábado passado (11), Lula deve aproveitar o fim de semana para descansar em seu apartamento, que fica em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, “onde receberá assistência fonoaudiológica e fisioterápica”.

Em um boletim médico divulgado às 16h45, o Sírio-Libanês informou, além disso, que o ex-presidente fará exames de reavaliação do tratamento oncológico entre quatro e seis semanas.

De carro, Lula deixou o hospital às 16h50 por uma porta lateral e não conversou com a imprensa.

Ainda segundo o Sírio, os médicos recomendaram a ele que “não participe do desfile carnavalesco”. Desta forma, o ex-presidente provavelmente não estará presente no desfile da Gaviões da Fiel, escola de samba da torcida do Corinthians que o homenageia neste ano. A Gaviões cruzará o Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, na madrugada de domingo (19).

Veja imagens da luta de Lula contra o câncer

Leia mais notícias no R7

Antes de completar as 33 sessões de radioterapia, última etapa do tratamento para combater o câncer, Lula havia feito quimioterapia.


Ele foi internado no sábado após se queixar de fadiga. Por causa da radioterapia, que consiste na aplicação de radiação no local do tumor, o ex-presidente teve uma inflamação na mucosa da laringe e do esôfago. Por isso, vinha tendo dificuldade para se alimentar.

Lula, que tem 66 anos, descobriu que estava com câncer no fim de outubro. Quando foi diagnosticado, o tumor tinha entre dois e três centímetros de diâmetro e estava em nível intermediário. Já naquele momento, os médicos afirmaram que as chances de cura eram boas.

O ex-presidente iniciou imediatamente a quimioterapia. Foram três ciclos até o fim do ano. Em janeiro, começou a fazer sessões diárias de radioterapia, sempre entre segunda e sexta-feira.

O último exame detalhado realizado por Lula, em dezembro, antes de iniciar a radioterapia, apontou que o tumor havia sido reduzido em 75%.

Leia a íntegra do boletim divulgado pelo Sírio-Libanês:

“O ex-presidente da República, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, concluiu hoje, conforme planejado, o tratamento radio-quimioterápico.

Teve alta hospitalar e realizará o processo de recuperação em sua residência, onde receberá assistência fonoaudiológica e fisioterápica. Exames de reavaliação do tratamento oncológico deverão ocorrer entre quatro e seis semanas.

Os médicos recomendaram ao paciente que permaneça em repouso neste final de semana e não participe do desfile carnavalesco.

O paciente continuará sendo assistido pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, João Luís Fernandes da Silva e Cláudia Cozer.”

 

Veja as respostas do quiz

Veja Relacionados:  lula, câncer
lula  câncer 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping