Carnaval 2011
R7 Carnaval 2011
Publicidade

Carnaval no TwitterSiga o R7

Twitter

SHOPPING


 

Notícias

Rio de Janeiro  
Publicado em 09/03/2011 às 17h58

Beija Flor ganha 12º título do Carnaval com homenagem a Roberto Carlos

Com enredo sobre o rei, escola confirma rótulo de "papa-títulos"

Do R7

 

A Beija-Flor é a grande campeã do Carnaval 2011. Com o enredo A simplicidade de um rei, sobre a vida de Roberto Carlos, a escola de Nilópolis confirma o rótulo de “papa-título” e conquista o seu sexto Carnaval nos últimos dez anos (2003, 2004, 2005, 2007 e 2008). Em segundo lugar ficou a Unidos da Tijuca, seguido da Mangueira, em 3º, e da Vila, em 4º. Com uma reação surpreendente, o Salgueiro que perdeu um ponto por atraso acabou em 5º. Na sexta colocação, a Imperatriz fecha o grupo que desfila no sábado das campeãs, dia 12. Confira a classificação final.

Veja as fotos do desfile da campeã

Quadra em Nilópolis está lotada. Veja fotos

Saiba como foi o desfile a azul e branco

Cante o samba-enredo da escola

O que você achou do título da Beija-Flor?

Veja imagens de Roberto Carlos no desfile

Com um desfile tecnicamente perfeito, marca registrada da agremiação, a azul e branco contou com todo o carisma do rei, que veio no último carro alegórico e levou a Marquês de Sapucaí ao delírio. Ao final do desfile, Roberto Carlos disse que chorou e sorriu na avenida. 

Quadra
Cerca de 5.000 pessoas já comemoram o título na quadra da Beija-Flor, em Nilópolis

Com um samba bonito e fácil de cantar, a letra trazia trechos das músicas de Roberto Carlos, inclusive no refrão, que fazia referência ao sucesso Como é grande o meu amor por você.

Outro ponto alto do desfile da Beija-Flor foi a comissão de frente. Um grupo de bailarinos, entre eles a atriz Cláudia Raia e o jovem Thain Marques, de apenas 11 anos, que representava a infância de Roberto Carlos, interagia com o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Claudinho e Selminha Sorriso, causando um lindo feito visual.

Logo após a apuração, o intérprete da escola, Neguinho da Beija-Flor, comemorou muito o título e se disse feliz por conseguir dar o título ao rei.

Foi uma alegria contar a história do rei na avenida e mais alegria ainda foi dar esse campeonato para Roberto Carlos. Agora é ir para Nilópolis e comemorar o campeonato.

Com quatro notas dez e um 9,8 para a comissão de frente, o coreógrafo Carlinhos de Jesus falou da emoção de comandar os bailarinos da Beija-Flor pela primeira vez.

- Estou muito feliz com essa estreia na escola e já com o campeonato. Obrigada meu rei (se referindo a Roberto Carlos). Eu vivi muitas emoções.

Carnavalescos acertam nos detalhes

A comissão de Carnaval da Beija- Flor, formada pelos carnavalescos Alexandre Lousada, Victor Santos, Fran Sérgio, Ubiratan Silva e Laíla, distribuiu a história do rei entre oito carros alegóricos e 47 alas no enredo A simplicidade de um rei.

Com mais de oito quedas d’água, o carro abre-alas mostrou a infância do cantor ainda na pequena cidade de Cachoeira de Itapemirim, no Espírito Santo. Cerca de dez mil litros de água garantiram o espetáculo na alegoria, que foi puxado por uma carruagem comandada pelo rei ainda menino.

Além disso, o desfile lembrou a Jovem Guarda, os sucessos da música e a religiosidade de Roberto Carlos. Os pais do Cantor não foram esquecidos. Uma máquina de costura gigante e relógios vão homenagear a mãe e o pai do cantor, que eram costureira e relojoeiro.

Relembre o desfile da campeã: