Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Carros/Notícias

NOTÍCIAS  

Publicado em 21/12/2011 às 05h30

Dezembro e janeiro são os melhores
meses para comprar carro. Aproveite

Promoções, liquidação de estoque e entrada de novos modelos ajudam a baixar preços

Revenda carros HGJupiterimages

Promoções e brindes agitam concessionárias em dezembro, enquanto janeiro
é o mês dos descontos para carros fabricados no ano anterior

Confira Também
Lucas Bessel, do R7

O sonho do carro novo (ou semi-novo) pode ficar mais perto em dezembro e janeiro. Isso porque esses meses são, segundo os especialistas, os melhores do ano para comprar carro.

É na época das festas de dezembro que muitas concessionárias aceleram o passo para bater metas. Por isso, os vendedores costumam oferecer vantagens como IPVA pago, tanque cheio ou gratuidade em itens que seriam oferecidos como opcionais.

De acordo com o sócio fundador do site Estoque Carro, Vinícius Melo, a forte concorrência também tende a beneficiar o consumidor.

- Em dezembro, o grande lance é aproveitar as promoções de desova do estoque que as montadoras fazem para bater as metas do ano. Tem até loja dando R$ 4.000 em combustível por aí.

Mas, se você não tem tanta pressa assim e pode esperar mais alguns dias para comprar o carro, janeiro talvez seja uma opção ainda melhor, especialmente se você tem grana guardada.

É no primeiro mês do ano que as concessionárias fazem promoções para "mandar embora" carros zero quilômetro fabricados no ano anterior, segundo afirma Melo.

- Em janeiro começarão a chegar os modelos 2012/2012, que têm preço um pouco maior.

Por isso, a chance de ganhar desconto em um carro fabricado em 2011 (mas de modelo 2012) é grande.

Segundo vendedores consultados pelo R7 - que preferem não se identificar -, os descontos nesses modelos 2011/2012 podem alcançar R$ 5.000, dependendo do carro.

Além disso, janeiro é um mês menos aquecido para a indústria. Com as dívidas que se acumulam no início do ano, muitos consumidores pisam no freio no que diz respeito a grandes aquisições. É nesse momento que aquele comprador que tem grana no bolso pode se beneficiar e chorar um belo abatimento.