Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Carros/Notícias

NOTÍCIAS  

Publicado em 04/01/2012 às 10h08

Ford mostra o novo EcoSport,
um carro do Brasil para o mundo

Modelo desenvolvido na Bahia será vendido em mercados emergentes

Ford EcoSport 1 GDivulgação

Linhas modernas estão alinhadas com a identidade global de design da Ford, especialmente na frente


Confira Também
Lucas Bessel, do R7, em Brasília*

A Ford mostrou nesta quarta-feira (4), em Brasília (DF), as formas da próxima geração do EcoSport, SUV compacto que liderava o segmento no Brasil até a chegada do Renault Duster, no fim do ano passado. 

Opine: o que você achou do novo EcoSport?

Veja 30 lançamentos que vão agitar 2012

Ao contrário do antigo modelo, o novo Ford EcoSport é um veículo global, que será vendido principalmente em mercados emergentes, como a Índia, onde o carro foi apresentado simultaneamente no Salão de Nova Déli.

O projeto é brasileiro, desenvolvido pelos engenheiros da Ford em Camaçari (BA). Esta é a primeira vez que um carro concebido pela Ford na América Latina será vendido globalmente, segundo a montadora.

A empresa não deu detalhes sobre motorização, data exata de lançamento (possivelmente nos próximos quatro meses) ou preços (provavelmente na faixa dos R$ 50 mil). O que se pôde ver foi que o EcoSport é um carro de design moderno, com frente agressiva e linha de cintura ascendente, que, em alguns momentos, lembra o estilo do Range Rover Evoque. 

A estratégia de mostrar o carro antes do efetivo lançamento faz sentido diante do sucesso do Renault Duster. Com essa "antecipação de expectativas", a Ford espera que os consumidores que consideram comprar o SUV francês retardem a decisão final até a chegada de seu novo modelo.

EcoSport 2 G

Característico estepe na parte de fora permanece na nova geração do EcoSport (Divulgação)

As formas do novo EcoSport, especialmente na frente, também remontam ao carro-conceito Evos, mostrado no Salão de Frankfurt, em setembro de 2011. O que a Ford revelou em Brasília é um protótipo, e por isso é bastante provável que o carro perca alguns dos elementos apresentados, como os faróis de LED.

Baseado na plataforma do New Fiesta, o carro também deve apresentar dimensões similares às do irmão "hatch", especialmente no que diz respeito a entre-eixos e espaço interno.

Invertendo o processo

Segundo o presidente da Ford América Latina, Marcos de Oliveira, o novo EcoSport "inverte a tendência da invasão de produtos estrangeiros" no Brasil.

- Estamos invertendo o processo. Agora, é um carro do Brasil que vai para o mundo.

O ministro da Ciência e Desenvolvimento, Aloizio Mercadante, também compareceu ao evento de lançamento e salientou a "característica baiana" do carro.

- Este carro vai levar a lambada, o Olodum e o axé para o mundo.

Pode até ser, mas o fato é que, mesmo sendo um projeto global, o EcoSport passará por adaptações em cada um dos mercados. Na Índia, por exemplo, é quase certo que o modelo será equipado com o novíssimo e econômico motor 1.0 Ecoboost da Ford.

No Brasil, o mais provável é que o veículo ganhe motorização flex 1.6 Sigma - mesma do New Fiesta -, além de um bloco 2.0 nas versões mais caras. Modelos com tração integral e câmbio automático também devem ser disponibilizados.

Outro mistério que permanece é em relação ao interior do carro. O modelo exposto no Brasil era apenas uma "maquete" para mostrar as formas exteriores, e não trazia qualquer elemento final na parte de dentro.

Desde 2003, o Ford EcoSport vendeu cerca de 750 mil unidades, quase todas no Brasil. O modelo é considerado um dos mais bem-sucedidos e rentáveis da história da Ford nacional.

EcoSport 3 G

Linha ascendente da cintura é uma das formas marcantes do novo carro (Divulgação)

Opine: o que você achou do novo EcoSport?

Você conhece os tipos de carros? Faça o quiz e descubra.

 

Veja as respostas corretas

*O jornalista viajou a convite da Ford do Brasil.