Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Carros/Notícias

NOTÍCIAS  

Publicado em 18/12/2012 às 01h30

Sem peças no mercado de acessórios, donos do Hyundai HB20 ficam sem som

Demora no desenvolvimento de adaptadores provoca irritação dos proprietários

PainelDivulgação

Som da discórdia: ausência do aparelho original provoca muita dor de cabeça em dono do HB20


 
Rodrigo Ribeiro, do R7

O Hyundai HB20 foi uma das sensações do mercado automotivo em 2012. O hatch ganhou a atenção da imprensa e do público, que logo fez uma (longa) fila de espera para ter um na garagem. Com peças e uma rede de concessionária completamente nova , porém, o HB20 apresentou alguns problemas crônicos que surgiram logo após o início das vendas, sendo o maior deles um problema sonoro.

Oferecido como item de série apenas nas versões Comfort Style e Premium, o sistema de som original da Hyundai contempla leitor de CD, entrada auxiliar e USB e comandos embutidos no volante. Nos outros modelos o equipamento é oferecido como um opcional de R$ 995. O valor é superior ao pago por um sistema de som de qualidade instalado em uma loja de acessórios, o que motivou diversos proprietários do HB20 de abrirem mão do equipamento.

Esse foi o caso da advogada Patrícia Scardelhi, de Bragança Paulista (SP), proprietária de um Comfort Style 1.6.

— Optei pela versão sem som para instalar um aparelho de minha preferência em uma loja fora. Porém só depois de comprar o carro que descobri que não iria conseguir fazer isso.

Nas lojas procuradas por Patrícia a resposta era sempre a mesma: não há adaptadores e cabos que permitem a colocação correta de um sistema de som alternativo no HB20.

A insatisfação de Patrícia é compartilhada pelo analista de sistemas Arnaldo Moro, dono de um HB20 Comfort

— Ainda custo a acreditar que com toda tecnologia e engenharia aplicada neste excelente veículo, ninguém sequer pensou no tamanho de uma simples abertura para um som automotivo compatível!

Leia mais: Demora na entrega no HB20 gera onda de desistentes

Questionada por R7 Carros, a Hyundai Motor Brasil (HMB) afirma que “a rede de concessionárias Hyundai já conta com kits de áudio para essa adaptação ao gosto do cliente”.

A marca também respondeu às dúvidas sobre as diferenças de acabamento das versões com e sem som, cujas peças do console central não são compatíveis. “As diferenças devem-se a questões técnicas ligadas ao design das versões com e sem som original e ao processo de produção do veículo. Isso não impossibilita a instalação de sistemas de som alternativos”

Leia mais: sem peças no mercado paralelo, donos do Hyundai HB20 ficam sem som no carro

A falta de equipamentos e acessórios se dá pela chegada recente do HB20 ao mercado e começou a ser sanada apenas neste mês, como a própria HMB explica, afirmando que "a rede de concessionárias Hyundai já conta com kits de áudio para essa adaptação ao gosto do cliente."

Contudo R7 Carros questionou dez concessionárias em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte e nenhuma dela soube informar da existência e preço dos componentes. Os adaptadores eram oferecidos apenas em lojas de som tradicionais, com preços variando de R$ 325 a R$ 550 (sem incluir o rádio).

Leia mais: Demora, esperança e descaso marcam as primeiras vendas do Hyundai HB20

Um lojista de São Paulo, que preferiu não se identificar, afirmou que há peças no mercado, mas ainda sem homologação oficial da Hyundai.

— Há algumas peças também feitas a toque de caixa, mas que não se adaptam tão bem: nelas o aparelho de sim fica quase um dedo para fora do painel

O problema deve ser sanado nos próximos meses, com o desenvolvimento e criação de acessórios e sistemas voltados exclusivamente para o HB20. Nesse período também devem surgir equipamentos que sanam uma das maiores ausências do modelo, mesmo em suas versões mais caras: o bluetooth para celular. Mas para quem sequer pode ouvir uma música dentro do carro, não poder atender o celular enquanto dirige se torna um mero detalhe...