Cidades

7/9/2013 às 20h34 (Atualizado em 8/9/2013 às 09h54)

Com baixa adesão, protestos de 7 de Setembro são marcados por confusões em diversas cidades

Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo registraram os principais confrontos com a Polícia Militar

Do R7

Os protestos marcados para acontecer neste feriado de Sete de Setembro tiveram adesão mais baixa do que os organizadores esperavam. Uma página no Facebook convidava a população para o que chamaram de “Maior Protesto da História do Brasil". O volume de  pessoas mobilizadas, no entanto, ficou bem abaixo do que o dos atos que aconteceram no mês de junho em todo o País. 

Mesmo assim, os grupos que saíram às ruas conseguiram fazer barulho. Diversas cidades registraram confrontos entre manifestantes e policiais, atos de vandalismo e detenções de ativistas.  

No Rio de Janeiro (RJ), centenas de manifestantes tentaram invadir o desfile cívico pela manhã e foram contidos por policiais militares, que lançaram bombas de gás lacrimogêneo, usaram spray de pimenta e dispararam balas de borracha.

Leia mais notícias no R7 Cidades

Mais tarde, um grupo tentou chegar ao Palácio Guanabara, sede do governo do Rio, na zona sul, e novos confrontos foram registrados.  De acordo com a Polícia Militar, na região de  Laranjeiras, 50 pessoas foram detidas. No total, 77 foram presos durante manifestações na capital fluminense.

Em Brasília (DF), 47 pessoas foram presas em função dos protestos que aconteceram neste sábado, de acordo com a PMDF (Polícia Militar do DF). Diversos confrontos foram registrados na cidade. Um deles aconteceu nas proximidades do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, onde ocorreu o jogo amistoso entre Brasil e Austrália.

Em São Paulo (SP), os confrontos foram registrados na região central da cidade, próximo à praça da Sé. A moto de um policial militar foi depredada por manifestantes e o agente chegou a atirar contra o chão. Bombas de gás lacrimogêneo foram atiradas.

A avenida Paulista teve pontos de bloqueio por quase todo o dia. O momento mais tenso aconteceu no início da noite, quando um grupo entrou em confronto com a polícia e mais de 20 pessoas foram detidas de uma só vez.

Em Belo Horizonte (MG), pelo menos três pessoas ficaram feridas durante a manifestação que marcou o dia 7 de Setembro. Dois estudantes, um de direito e outro de jornalismo, teriam sido feridos por policiais ao registrarem a ação dos militares. Um repórter do jornal O Tempo também foi vítima de agressão enquanto cobria o evento com um celular. Pelo menos 21 pessoas foram presas.

Em Salvador (BA), houve tumulto no centro à tarde, durante a manifestação Operação Sete de Setembro, convocada pelas redes sociais. Dois ônibus foram apedrejados e um foi incendiado, dois pontos de ônibus foram danificados.  Banheiros químicos também foram quebrados pelos manifestantes, alguns deles com os rostos cobertos. Houve reação da polícia, com lançamento de bombas de efeito moral e de gás lacrimogênio.

Em Recife (PE), um total de 11 detenções foi realizado. Uma pela manhã, depois do desfile militar, e dez à tarde, na saída de uma passeata. A polícia, além de deter estudantes, usou bomba de efeito moral, balas de borracha e spray de pimenta, o que revoltou os manifestantes. Um grupo mostrou indignação com o governador Eduardo Campos, e gritou: " Polícia terrorista, Eduardo fascista".

Assista ao vídeo:

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Pacto de morte coletivo

Pais dizem que filhas não demonstraram variação no comportamento

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Jovem, rica e bela

Saiba quem é a mulher que largou tudo para ficar com Roger Abdelmassih

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Palmas (TO)

Suspeito de estuprar e matar mulher ri ao ser preso e debocha: “Saio em 3 meses”

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Crime bárbaro

Mãe conta como matou a filha de 7 anos para ritual no PR; ossada é encontrada

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Cidades

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Braço amputado

Tigre ataca menino de 11 anos em zoo do Paraná ; pai responderá por lesão

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!