Cidades

9/2/2013 às 08h45

Comportamento do motorista aumenta índice de acidentes nas estradas do Ceará

Trecho da BR-116 no Estado registra, em média, uma morte a cada seis dias

Do Jornal da Record

O Estado do Ceará concentra algumas das rodovias mais perigosas do País. O motivo nao são curvas fechadas nem falta de conservação. Os maiores responsaveis, segundo a Polícia Rodoviária Federal, sao os motoristas.

De acordo com o policial rodoviário Marcio Moura, entrevistado pela reportagem do Jornal da Record, o comportamento do motorista cearense tem influenciado no índice de acidentes registrado no Estado.

— A característica do motorista cearense é que ele é muito afoito. Isso tem refletido nos números, principalmente em acidentes violentos. Excesso de velocidade ainda é muito comum no Estado do Ceará.

A BR-116 tem mais de 4.000 mil quilômetros de extensão. Passa por dez estados. E nesta rodovia o cuidado tem que ser redobrado, principalmente no começo, nos primeiros 10 kms na saída de Fortaleza, no Ceará. É o trecho que mais matou no ano passado. Em média, há uma morte a cada seis dias.

Quatro radares foram instalados no trecho. E em seis meses, reduziram os acidentes em 15%. Mas alguns tipos de imprudência são comuns. A reportagem do Jornal da Record flagrou, por exemplo, um motociclista carregando três botijões de gás na garupa.

Leia mais notícias de Cidades

Veja os trechos mais arriscados da cidade

A estadual 060 registra números preocupantes de acidentes. Ela liga Fortaleza ao sul do Estado. Nela, morreram 65 pessoas no ano passado, o que representa uma média de uma morte por semana.

A Estadual 040 tem apenas 140 km de extensão. O asfalto parece um tapete. Mesmo assim, é umas das mais fatais do Ceará. O motivo: este é o caminho das praias do litoral leste, e nos fins de semana, os motoristas exageram na bebida. Em 2012, 45 pessoas morreram na rodovia.

Assista ao vídeo:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!