Corpo de bebê esquecido em carro é enterrado no RS 

Pai ficou em estado de choque, mas foi liberado para sepultamento  

Bebê ficou cerca de cinco horas trancada dentro do carro do pai, na quinta-feira (17)
Bebê ficou cerca de cinco horas trancada dentro do carro do pai, na quinta-feira (17) Felipe Dorneles / Especial / CP

O corpo do bebê de 11 meses que morreu após ter sido esquecida dentro de um carro, em Santa Rosa (RS), foi sepultado no fim da tarde desta sexta-feira (18). A menina foi velada na Igreja Matriz de Santa Rosa e enterrada em Giruá.

O pai da menina, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Santa Rosa, delegado José Soares de Bastos, deixou a filha por mais de cinco horas no veículo. Ele saiu para trabalhar e teria que deixar a criança em uma creche, mas foi direto para a delegacia. Ele só percebeu o que aconteceu no fim da tarde, quando recebeu uma ligação da mulher perguntando pelo bebê.

Leia mais notícias de Cidades

O homem voltou até o carro e retirou a criança. Ela foi levada até o hospital, onde foram feitas tentativas de reanimação, mas acabou não resistindo.

O delegado ficou internado em estado de choque após o ocorrido, mas foi liberado para acompanhar o enterro. A Polícia Civil já abriu um inquérito para apurar o caso e deve ouvir depoimentos de testemunhas na segunda-feira (21).