Cidades

8/2/2013 às 11h39

Estudante diz ter sofrido agressão de alunos portugueses da UFG por ser gay 

Eles invadiram banheiro que rapaz tomava banho e deram diversos socos

Do R7, com Rede Record

Campus da UFG em que estudante foi agredido por alunos portugueses que fazem intercâmbio Reprodução Rede Record

Um estudante de Ciências Contábeis da UFG (Universidade Federal de Goiás), de 21 anos, diz ter apanhado de quatro alunos portugueses que fazem intercâmbio na faculdade, no último sábado (2), em Goiânia (GO). O jovem acredita que a agressão tenha sido motivada pelo fato de ele ser gay.

Segundo o estudante, ele estava tomando banho dentro de uma república do CEU (Casa do Estudante Universitário), mantida pela própria UFG, quando os quatro estrangeiros entraram no local gritando que ali não seria local para ‘mulherzinha tomar banho’. Quando ele saiu do box, os alunos o agrediram com socos e chutes.

— Eles falavam o tempo todo que ali não era banheiro de mulherzinha. Tenho certeza que me bateram porque sou gay.

O vidro do box quebrou e o jovem ainda sofreu um corte. Ele registrou um boletim de ocorrência e informou que pretende processar os alunos. O estudante passou por exame de corpo delito na quinta-feira (7).

A universidade informou que os estrangeiros devem retornar a Portugal no dia 17 de fevereiro, mas que devem responder mesmo assim pela agressão. A direção disse ainda que abriu um processo administrativo para apurar o caso e evitar que outro caso ocorra.

Leia mais notícias de Cidades

Os estudantes da universidade fizeram uma manifestação na quinta-feira para pedir a expulsão dos alunos. O suspeitos da agressão não quiseram falar com a imprensa.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!