Cidades

3/2/2013 às 20h17 (Atualizado em 3/2/2013 às 21h47)

Falsos professores de caratê davam socos e chutes em alunos em Belém

Curso irregular de artes marciais emitia certificado falso

Do R7, com Domingo Espetacular

Dois irmãos que davam um curso irregular de caratê em Belém (PA) foram denunciados à polícia e ao Ministério Público do Pará.

Imagens mostram os falsos professores, identificados como John e Johnyvaldo Santa Rosa, dando socos e chutes nos alunos. Em um dos vídeos, pelo menos 40 crianças assistem à luta de um aluno que, após levar um chute na cabeça, é puxado e atingido de novo pelo professor. O instrutor ainda pisa na cabeça do jovem.

Os irmãos, que trabalhavam como professores de artes marciais há pelo menos quatro anos, não possuíam habilitação para dar aulas. Eles foram desligados da Federação Paraense de Artes Marciais em maio de 2012.

Segundo o diretor da federação, Antônio Brito, foram detectadas irregularidades nas inscrições dos alunos em uma competição no interior do Pará.

Leia mais notícias de Cidades

As carteirinhas e certificados de mudança de faixa eram emitidos em nome da Liga Esportiva Paraense de Artes Marciais, da qual a escola não fazia parte. Como era usado o CNPJ de outra federação para emitir os documentos, os professores são acusados de estelionato e ainda podem responder pelo crime de tortura.

As aulas, suspensas após as denúncias, eram dadas em locais como um centro comunitário na periferia na capital, a mensalidades entre R$ 10 e R$ 20.

Os irmãos Santa Rosa não comentaram a denúncia. Em nota, os advogados deles disseram que os professores são graduados e possuem faixa preta.

Leia mais notícias na nova home do R7

Veja a reportagem do Domingo Espetacular:

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Caso Bernardo

RS: madrasta é suspeita de aplicar injeção letal em garoto encontrado morto em saco

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perdeu os seios

Mulher é arrastada por 800 metros após briga de trânsito em Santa Catarina

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Doença rara

Veja o antes e o depois do tratamento de menina coberta por pelos em Goiás

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Santa Catarina

Pai e filha gays já torraram R$ 50 mil para se casar no mesmo dia. Veja preparativos

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Cidades

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Fórmula caseira

Óleo de coco e canela: bronzeamento queima 80% do corpo de jovem

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!