Cidades

12/11/2012 às 12h48 (Atualizado em 12/11/2012 às 17h35)

Famílias velam corpos trocados na Paraíba

Juiz deve fazer liberação nesta segunda; hospital culpa parente por erro

Do R7, com Rede Record

Famílias velaram corpos trocados e aguardam nova liberação nesta segunda-feira (12) Reprodução/Rede Record

Duas famílias que vivem no interior da Paraíba velaram corpos trocados de parentes durante o fim de semana. Os corpos de Luiz Gonzaga Fonseca, de 69 anos, e Francisco Roque da Costa, 76 anos, tiveram que voltar para o Gemol (Gerência de Medicina e Odontologia) e devem ser liberados novamente nesta segunda-feira (12).

 

A família do aposentado de 69 anos informou que notou que algo estava errado assim que o caixão chegou, mas que mesmo assim velaram o corpo durante toda a noite, na cidade de Pedras de Fogo. O idoso morreu na sexta-feira (9), no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Ele estava internado desde o dia 22 de outubro após uma queda.

Leia mais notícias de Cidades

Na manhã de sábado (10), a direção do hospital ligou para a família informando do possível erro e recolheu o corpo para análise. Eles velaram o corpo de Francisco Roque da Costa, 76 anos.

 

O hospital informou que a mulher de Luiz Gonzaga assinou a liberação e pode ter se confundido no momento do reconhecimento. O corpo do outro idoso deverá ser sepultado em Araruna.

A unidade de saúde registrou um boletim de ocorrência, por isso somente um juiz poderá liberar os corpos. O fórum de João Pessoa é responsável pela decisão.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Pacto de morte coletivo

Pais dizem que filhas não demonstraram variação no comportamento

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Goiânia

Familiares de vítimas de serial killer ficam frente-a- frente com suspeito

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Palmas (TO)

Suspeito de estuprar e matar mulher ri ao ser preso e debocha: “Saio em 3 meses”

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Crime bárbaro

Mãe conta como matou a filha de 7 anos para ritual no PR; ossada é encontrada

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Cidades

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Braço amputado

Tigre ataca menino de 11 anos em zoo do Paraná ; pai responderá por lesão

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!