Cidades

18/1/2013 às 12h01 (Atualizado em 18/1/2013 às 12h01)

Gerente de joalheria é sequestrada e torturada no RS

Para despistar a polícia, os criminosos usaram uma falsa bomba

Do R7, com Balanço Geral

Ladrões sequestram gerente e colocam falsa bomba em joalheria do Rio Grande do Sul Reprodução/Rede Record

Gerente de joalheria foi sequestrada e torturada por uma quadrilha no Rio Grande do Sul. Para despistar a polícia, os criminosos usaram uma falsa bomba.

O shopping ficou fechado por mais de três horas. Os funcionários tentavam se recuperar do susto.

— Disseram que era um treinamento, que era pra todo mundo sair correndo. Mas todo mundo percebeu que não era um treinamento. Ficamos isolados na parte de cima do shopping e, em seguida, mandaram a gente sair. O susto foi grande.

Leia mais notícias de Cidades

Os donos não revelaram o prejuízo com o roubo das joias, mas, segundo o delegado Juliano Ferreira, os ladrões levaram muitos produtos.

— Levaram bastante coisa da loja, muitas joias, um prejuízo bastante grande.

O pacote deixado pelos bandidos dentro da joalheria foi retirado pelo Grupo de Ações Táticas da Brigada Militar. O objeto era uma falsa bomba, feita para distrair a polícia enquanto os assaltantes fugiram do shopping.

A quadrilha chamou a atenção pela forma organizada com que planejou o sequestro e o assalto. A subgerente da joalheria e o namorado permaneceram por doze horas em poder dos bandidos. Eles foram sequestrados na casa dela e levados a um cativeiro em carros separados.

Assista ao vídeo:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!