Cidades

6/5/2013 às 22h23 (Atualizado em 6/5/2013 às 22h24)

Internação do Maníaco da Cruz no maior hospital de Campo Grande assusta população

Local foi a única opção, já que clínicas e outros hospitais não quiseram receber o rapaz

Do Jornal da Record

Dhionatan (foto) matou três pessoas quando tinha 16 anos. Após ficar internado em uma instituição para menores, Justiça determinou ida dele a um hospital Reprodução/Rede Record

O jovem de 21 anos conhecido como Maníaco Da Cruz está isolado e com escolta policial em um hospital em Campo Grande (MS). Desde que Dhionatan Celestrino foi preso, no Paraguai, continua o impasse de onde o assassino em série vai permanecer. Nenhuma clínica psiquiátrica aceitou receber o rapaz, após a determinação judicial. O medo da população é de que ele volte às ruas.

O maníaco está isolado em uma enfermaria da Santa Casa de Campo Grande, por decisão da Justiça. Foi a solução encontrada, depois de uma busca por mais de 20 clínicas e hospitais dentro e fora do Estado, de acordo com o secretário de Segurança Pública, Wantuir Jacini.

— Nos Estados fora eles não aceitavam a internação dele.

Quando tinha 16 anos, Dhionatam matou três pessoas na cidade de Rio Brilhante, interior de Mato Grosso do Sul, sempre deixando os corpos em forma de crucificação. Ele cumpriu mais de quatro anos de medidas socioeducativas, mas fugiu da unidade de internação no começo de março. Há uma semana, foi recapturado na cidade de Horqueta, no Paraguai. No quarto dele, em uma pensão, foram encontrados cadernos com anotações macabras. Em uma delas, o maníaco escreve: "morte aos cristãos".

Um laudo médico comprovou no ano passado que o Maníaco da Cruz tem esquizofrenia. Uma nova avaliação de médicos e psicólogos deve definir qual será o tratamento adequado para o rapaz. 

Leia mais notícias de Cidades

Foragido no Paraguai, Maníaco da Cruz estudava e queria arrumar uma namorada  

Assista ao vídeo:

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!