Cidades

22/12/2012 às 06h56 (Atualizado em 22/12/2012 às 09h49)

Jovem com 80% do corpo queimado tem apoio de comissão de direitos humanos

Grupo da Câmara dos Deputados quer que PF também investigue crime contra Johnatan, cometido em Águas Lindas, Goiás

Jornal da Record

O jovem que recebeu três tiros e teve 80% do corpo queimado em Goiás ganhou apoio da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

A vice-presidente Erika Kokay foi à cidade de Águas Lindas para cobrar mais agilidade nas investigações sobre os crimes contra Johnatan, de 17 anos. A comissão de direitos humanos quer também que a Polícia Federal entre no caso.

Os três homens são procurados há seis meses, mas autoridades locais têm apenas pistas.

Jovem de 17 anos sobrevive à tentativa de homicídio e tortura em Goiás

Damásio Dantas, 30 anos, é apontado pela Policia Civil como o responsável por dar três tiros no garoto. Em seguida, o rapaz teve 80% de seu corpo queimado. Johnatan já passou por mais de 20 cirurgias, mas ainda sete dores. Agora deve fazer parte do Programa de Proteção a Vítimas e Testemunhas Ameaçadas.

Leia mais notícias de Cidades no R7

O delegado Fernando Gama culpa a falta de estrutura pela demora na investigação.

— A gente agora tá tentando localizar essas pessoas para prender.

Assista à reportagem:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!