Menina que ressuscitou após ser dada como morta luta para sobreviver

Médicos disseram que recuperação será lenta; ela respira com ajuda de aparelhos

Reprodução/Rede Record

A bebê recém-nascida que voltou a respirar duas horas após ser dada como morta em um hospital de Londrina, no Paraná, luta para continuar viva. Segundo o último boletim médico, ela respira com a ajuda de aparelhos e passou por exames para avaliação.

O estado de saúde da menina é considerado crítico e os médicos informaram que a recuperação dela será lenta.

Dois médicos atestaram o falecimento e encaminharam o corpo para a capela da unidade. O cadáver já estava limpo e trocado para ser colocado no caixão. A dona da funerária preparava o velório e notou que a garota mexeu uma das pernas e voltou a respirar.

A menina, que recebeu o nome de Vitória, está internada em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ela nasceu com 2,6 kg e a mãe teve uma gravidez normal.

Leia mais notícias de Cidades

A direção do hospital informou que não houve erro médico no caso, mas vai apurar  os procedimentos realizados novamente.