Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Cidades

4/2/2013 às 17h45 (Atualizado em 4/2/2013 às 17h45)

Menino que teve 80% do corpo queimado é transferido e continua na UTI

Pai foi queimar teia de aranha e chamas atingiram colchão

Do R7, com Rede Record

Reprodução Rede Record

O menino de um ano e meio que teve 80% do corpo queimado após um acidente doméstico em Baliza, cidade de Goiás, foi transferido para o Hospital de Queimaduras de Goiânia e está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O pai da criança foi queimar uma teia de aranha no teto da casa e as faíscas atingiram o colchão em que a criança dormia. O fogo se alastrou e o menino teve 80% do corpo atingido.

Ele chegou a ser levado para o hospital Infantil de Goiânia, mas foi transferido no fim da segunda-feira (4). Ele aguardou na fila de espera para uma vaga na UTI.  O hospital informou que o estado de saúde dele é gravíssimo.

Leia mais notícias de Cidades

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Saudade

Foto inédita do Google de jovem morta na tragédia em Santa Maria emociona pai

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Deixaram saudade

Acidentes aéreos tiraram a vida de personalidades do País; relembre

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Filhos da tragédia

Saiba como estão as crianças que ficaram sem os pais após crimes bárbaros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fim de casamento

Ex é suspeito de ter esganado jovem achada morta em motel de Pernambuco

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Cidades

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Caso Bernardo

RS: madrasta é suspeita de aplicar injeção letal em garoto encontrado morto em saco

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!