R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

18 de Abril de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Cidades/Notícias

Icone de Cidades Cidades

publicado em 03/11/2009 às 17h10:

Ganhador da Mega-Sena de 2005 foi morto enquanto tomava cerveja num bar

Ex-lavrador foi morto com tiros na cabeça; companheira é apontada como mandante do crime

Do R7

Em 2005 o ex-lavrador René Senna ganhou R$ 51,8 milhões da Mega-Sena. Ele foi morto com tiros na cabeça enquanto tomava cerveja num bar localizado no número 1.000 da Estrada de Lavras, no bairro de mesmo nome, na cidade de Rio Bonito, interior do Rio. Dos quatro tiros, um atingiu a nuca dele e outro a cabeça.

A denúncia do Ministério Público do Rio dava conta que a mandante do crime foi a viúva dele, a cabeleireira Adriana Ferreira Almeida. Ela ficou sabendo que ele pretendia terminar o relacionamento com ela, pois sabia das traições da mulher, e estava de olho no testamento preparado por ele, no qual receberia 50% da fortuna do milionário.

A Promotoria afirma que a morte de René Sena foi tramada com a ajuda de uma amiga, a professora de educação física Janaína Silva de Oliveira, e outras quatro pessoas, todos integrantes da segurança de Sena. Eram eles o funcionário público Ednei Gonçalves Pereira; o cabo da Polícia Militar Marco Antônio Vicente; o sargento Ronaldo Amaral de Oliveira e o ex-PM Anderson Silva de Souza.

Anderson Silva de Souza era o chefe de segurança do milionário. Ele era casado com Janaína, por sua vez melhor amiga de Adriana. Souza fugiu na garupa de uma motocicleta dirigida por Ednei Gonçalves.

Em 9 de julho deste ano o Tribunal do Júri de Rio Bonito condenou Souza e Pereira a 18 anos de prisão, cada um. Eles cumprem pena em regime fechado. Eles foram condenados por 15 anos de prisão por crime pelo homicídio com três agravantes: mediante promessa de recompensa, motivo torpe –para que a viúva ficasse com parte do dinheiro dele- e de um modo que não permitiu a defesa de René, uma vez que ele não tinha as duas pernas amputadas por complicações causadas pelo diabetes. Eles também foram condenados, também por maioria de votos, a três anos de prisão pelo crime de furto, uma vez que, após matarem René, pegaram uma bolsinha da vítima, com uma arma e um valor não declarado.

Os outros quatro acusados, incluíndo Adriana, ainda não foram a júri. Ainda não há uma data para isso ocorrer, segundo o Tribunal de Justiça do Rio. A reportagem do R7 tenta falar com os advogados dos acusados, mas ainda não conseguiu contato.

 

 
Veja Relacionados:  René Sena, Mega-Sena, prêmio, morto, R$ 51,8 milhões
René Sena  Mega-Sena  prêmio  morto  R$ 51  8 milhões 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 299,00
Fogão Fogão Mania Vi R$ 580,41
Monitor Monitor Wal-Mart R$ 348,00
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 449,00