R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Cidades/Notícias

Icone de Cidades Cidades

publicado em 09/04/2012 às 16h53:

Homem flagrado pela TV atirando
está foragido, diz delegado

Após deixar o hospital, a vítima conversou com a equipe da Record e contou o que aconteceu

Do R7

Publicidade

O homem que foi flagrado em uma tentativa de assassinato na frente de um bar em João Pessoa (PB) está foragido. Em conversa com o R7 nesta segunda-feira (9), o delegado que investiga o caso, Marcos Paulo Vilela, disse que ele foi identificado como Ariclenes Silva da Costa. 

–- Descobrimos que ele não está nem mais na Paraíba, mas não podemos divulgar para não atrapalhar nas investigações. Outras pessoas que estavam no momento já prestaram depoimento, mas, como as imagens mostram, não há dúvida do crime.

Leia mais notícias no R7 

O cinegrafista registrou o exato momento em que um rapaz que agonizava na calçada, vítima de três tiros, foi novamente atingido por um tiro à queima roupa na cabeça. A vítima foi socorrida e sobreviveu.

Crack e pobreza alimentam crime em Maceió, capital do homicídio no Brasil

O motivo do crime teria sido uma briga em agosto de 2011. Após deixar o hospital, Rodrigo Ferreira da Silva, de 20 anos, conversou com a equipe da Record e contou o que realmente aconteceu.

— Começou há oito meses com uma discussão numa festa de um amigo nosso. De lá para cá nunca houve mais nada. Há uns três meses, o mesmo garoto que eu briguei estava nesse mesmo bar e ele chegou e eu evitei. Quando foi dia 18, ele chegou com mais cinco.

Segundo Silva, antes dos tiros ele foi violentamente espancado. 

— Foi coisa rápida. Quando saí do banheiro, me deram uma capacetada na cabeça. Mandaram me ajoelhar, chutaram meu rosto. 

Depois de levar três tiros, Silva tentou fugir, mas não conseguiu ir longe. Ele voltou para frente do bar poucos minutos depois e se deitou. 

— Fiquei deitado esperando por socorro porque falaram que a ambulância estava na esquina. Só que eu não conseguia levantar. Estava sem força. 

Foi nesse momento que aconteceu a cena do flagrante. 

— Depois ele [atirador] voltou e eu só ouvi na hora que ele disse: "Você vai morrer" e disparou.

O tiro acertou a boca do jovem. A bala ainda está alojada perto da orelha. Os outros tiros foram no peito, nas costas e no braço, mas nenhum órgão vital foi atingido.

Silva sabe que é um sobrevivente e diz estar feliz por poder voltar a ficar com a família. 

Assista ao vídeo:

 

 

 

 

 

 


Veja Relacionados:  assassinato, Paraíba
assassinato  Paraíba 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping