R7 - Notícias

Buscar no site
Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Rio e cidades/Notícias

Icone de Rio e cidades Rio e cidades

publicado em 28/10/2009 às 18h43:

Polícia investiga uso de táxis piratas no tráfico de drogas e armas no Rio

Veículos recolhidos pertencem à cooperativa Rio Elite, que já foi de Escadinha

Do R7

A Polícia Civil do Rio investiga o uso de táxis falsos no tráfico de drogas e transporte de armas. Nesta terça-feira (27), a 33ª Delegacia de Polícia (Realengo) recolheu seis táxis piratas da cooperativa Rio Elite, que já pertenceu ao famoso traficante morto José Carlos dos Reis Encina, o Escadinha, que na década de 80 era chefe do tráfico no morro do Juramento, na zona norte da cidade.


Os falsos táxis encontrados são pintados na cor padrão do tipo de transporte, têm placas vermelhas e cópias de selos de vistoria da Secretaria Municipal de Transportes. Eles faziam ponto no estacionamento do supermercado Mundial, em Irajá, na zona norte.


A polícia chegou nos veículos por meio de uma denúncia anônima que apontava que traficantes da Vila Vintém, em Padre Miguel, na zona oeste, usavam os táxis piratas.


O delegado da 33ª DP Pedro Paulo Pinho disse que a Rio Elite tem uma frota de 28 carros. Ele também investiga se outras cooperativas regularizadas misturam táxis piratas no meio da frota para fazer tráfico.


Pinho também investiga se a cooperativa que já foi de Escadinha é usada por traficantes para a lavagem de dinheiro da venda de drogas.


Os policiais procuram agora um homem apontado pelos falsos taxistas como o responsável por recolher R$ 80 por semana de cada táxi. O delegado também quer saber se a cooperativa ainda está no nome de alguém da família de Escadinha. O supermercado onde os táxis piratas estavam também será averiguado. 


 
Veja Relacionados:  táxis, pirata, escadinha, tráfico, cooperativa
táxis  pirata  escadinha  tráfico  cooperativa 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 


 

 


Shopping
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009 Rádio e Televisão Record S/A