R7 - Notícias

Buscar no site
Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Rio e cidades/Notícias

Icone de Rio e cidades Rio e cidades

publicado em 24/11/2009 às 09h27:

Chuva bloqueia sete rodovias no Rio Grande do Sul

A última interdição foi feita nesta manhã, na BR-386, no município de Iraí

Do R7

O Rio Grande do Sul tem sete rodovias interditadas por causa das chuvas que atingem o Estado desde a semana passada. O último bloqueio ocorreu no início da manhã desta terça-feira (24), quando um deslizamento de terra interrompeu a BR-386 no km 7, em Iraí. A BR-116 está fechada em dois pontos no km 202, em Picada Café. O desvio é feito pela VRS-865. As informações são do portal Zero Hora.

Em relação às rodovias estaduais, com a ruptura de um bueiro e de um aterro na VRS-832, a via precisou ser bloqueada no entroncamento da ERS-168. O local está sinalizado e a rodovia opera com meia pista. Se as condições climáticas forem favoráveis, a conclusão da reforma deverá terminas na próxima quarta-feira (25).

No km 17 da ERS-550, no trecho entre Pirapó e Dezesseis de Novembro, próximo ao entroncamento da ERS-550, houve uma ruptura do aterro da ponte. O trecho também está interditado e os serviços de recuperação estão sendo realizados. 

Ainda segundo o Zero Hora, a ERS-566 também foi interditada na última segunda-feira (23) por causa das chuvas. O bloqueio ocorreu no km 32 da ponte sobre o rio Inhanduí até o rio Ibicuí, em Mariano Pinto.

Na ERS-149, a pista está parcialmente bloqueada próximo ao km 11, no encontro com a BRS-290, em Vila Nova do Sul. Para os motoristas que precisam passar pelo local, o desvio está sendo feito pela RS-392 e pela BR-290. A ERS-630 continua interditada desde a última sexta-feira (20) no km 12, sobre o Paço do Pedroso, e no km 6, sobre o rio Vacacaí. O desvio é feito no próximo local por vias municipais. A ponte sobre o Arroio Sutil na ERS-350, na chegada para Dom Feliciano, está liberada.

Falta de luz

Cerca de 14,5 mil moradores continuam sem luz no RS por causa das chuvas. Nesta terça-feira, a companhia elétrica AES Sul desligou a energia de, pelo menos, 4,8 mil casas por medida de segurança, em função das cheias dos rios. As informações são do site Correio do Povo.

A CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica) registra, ainda, 1,5 mil pontos com falta de luz. Os problemas isolados estão nas cidades litorâneas de Santo Antônio da Patrulha, Balneário Pinhal, Palmares do Sul, Terra de Areia, Torres e Tramandaí e nas redes da área rural de, Alvorada e Viamão.

Estado de emergência
De acordo com o último boletim da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, divulgado na segunda-feira (23), 36 municípios estão em situação de emergência por causa das chuvas. Ao menos uma cidade – Rosário do Sul – está em estado de calamidade pública, e outros nove estão sem água por causa dos temporais. Cerca de 4 milhões de pessoas já foram afetadas pelas chuvas e 8 morreram.
As cheias dos rios Santa Maria, Uruguai e Santo Cristo, provocaram o deslocamento das comunidades da região ribeirinha de Rosário do Sul, Uruguaiana, Quaraí e Santa Rosa. O governo do Estado distribui telhas, colchões, cobertores e cestas básicas para os municípios do litoral norte, uma das regiões mais afetadas.

Cerca de 1.100 pessoas estão desabrigadas e outras 8.504 estão desalojadas. Aproximadamente 14.700 imóveis foram danificados e 48 casas foram totalmente destruídas. Em Rosário do Sul, cidade que está em estado de calamidade pública, 2.000 pessoas estão desalojadas, 288 desabrigadas e 600 casas foram alagadas pelo aumento do nível do rio Santa Maria.

 

 

Veja Relacionados:  bloqueio,rodovias,RS,chuva
bloqueio  rodovias  RS  chuva 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 


 

 


Shopping
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 299,00
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 449,00
Fogão Fogão Mania Vi R$ 580,41
Monitor Monitor Wal-Mart R$ 348,00
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009 Rádio e Televisão Record S/A